Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os 75 anos do Colégio Clemente Pinto

28 de agosto de 2014 5
Confraternização do grupo de professores e funcionários em dezembro de 1974. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Confraternização do grupo de professores e funcionários em dezembro de 1974. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Confraternização do grupo de professores e funcionários em dezembro de 1974. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Confraternização do grupo de professores e funcionários em dezembro de 1974. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Um almoço festivo neste domingo, dia 31, marca os 75 anos de fundação da Escola Estadual de Ensino Fundamental Clemente Pinto. O encontro, na Igreja Jesus de Nazaré (próxima ao colégio), promete momentos de nostalgia entre alunos, ex-alunos, professores de hoje e de ontem, diretores e funcionários.

E já dá para ir matando a saudade a partir das imagens desta página. Nas fotos acima, por exemplo, vemos uma confraternização de professores há 40 anos, em dezembro de 1974.

Entre outras, identificamos Noely Barazzetti, Valkiria Kelsch, Neusa Parise, Marlene Pereira, Yone Zanettini, Marilene Tronca, Laura Ludke, Noely Flach, Salete Tessari, Antonieta Luchesi, Cremilda Corte, Marisa Schumacher, Rosa Nascimento, Neuza Facchin de Oliveira, Beatriz Estivalet, Mafalda Tessari Salvadori, Nelsi Debortolli, Lourdes Silva, Eni Molina, Ione Mosele Moro, Eli Afonso, Vanda Tronca, Alda Simões, Lauro Müller, Lorita Afonso, Neusa Tronca, Simone Knobb, Nilsa Cercatto e Lorena da Rosa.

Em 2014 também houve um encontro de 40 anos dos alunos da TURMA DE 1974. Leia mais clicando AQUI.

Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Desfile cívico de 1970 pela Rua Sinimbu. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Grupo de alunos presta homenagem ao Dia das Mães, em 1968. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Desfile de Sete de Setembro em 1964, pela Av. Júlio de Castilhos. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

A diretora Carmencita Mantese Martins e a aluna Juçara Tonet Dini em uma apresentação do Clube Cívico, em 1968. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

Desfile cívico de 1963, pela Av. Júlio de Castilhos, trouxe os alunos caracterizados como os colonizadores do Monumento ao Imigrante. Foto: acervo do Colégio Clemente Pinto, divulgação

A origem

A atual Escola Estadual de Ensino Fundamental Clemente Pinto foi fundada em 1º de agosto de 1939 pelo então prefeito Dante Marcucci.

Inicialmente, funcionou como um pequeno grupo escolar pertencente ao município, em uma casa de dois pavimentos de propriedade do sr. Pedro Tessari, na esquina das ruas Tronca e Marechal Floriano, onde hoje situa-se a loja Conexão Urbana. A estrutura compreendia quatro salas de aula na parte inferior, além de biblioteca e cozinha, na superior.

Nos anos 1960, o então Grupo Escolar Municipal Clemente Pinto mudou-se para um novo prédio, construído na esquina das ruas Euclides da Cunha e Sarmento Leite, a duas quadras dali. Posteriormente assumido pelo Estado, o colégio passou a atender por Escola Estadual de 1° Grau Clemente Pinto.

Desde os primórdios, porém, o Clemente alfabetizou várias gerações de moradores do antigo bairro Lusitano e sua comunidade de descendentes de imigrantes portugueses.

Leia mais sobre o colégio clicando AQUI.

Foto: Rodrigo Lopes

O patrono, Alfredo Clemente Pinto, eternizado em uma tela pintada em 1961 pela artista plástica Valdira Danckwardt. Quadro decora a recepção da escola até hoje. Foto: Rodrigo Lopes

O patrono

Natural de Porto Alegre, o educador e escritor Alfredo Clemente Pinto (1854-1938) dedicou cerca de 40 anos de sua vida ao magistério. Na entrada do colégio, Clemente está eternizado em uma tela pintada pela artista plástica Valdira Danckwardt em 1961.

O acervo

As imagens deste post foram gentilmente cedidas pela coordenadora pedagógica Rosemere Carvalho e pela diretora Débora Belenzier, a partir do acervo mantido na escola.

Homenagem na Câmara

No próximo dia 4 de setembro ocorre uma homenagem especial na Câmara de Vereadores, alusiva ao aniversário. A proposta foi do vereador Felipe Gremelmaier  (PMDB), ex-aluno do colégio.                                                                                                                     

Comentários (5)

  • Jaqueline Ferreira diz: 28 de agosto de 2014

    Obrigada Rodrigo por compartilhar a história de nossa escola de infância com estas fotos lindas. Parabéns a todos que estudaram e trabalharam no Grupo Escolar Clemente Pinto.

  • Juçara Tonet Dini diz: 28 de agosto de 2014

    Obrigada, queridos, do nosso sempre Clemente Pinto…cujas paredes, escadas, janelas, corredores, auditório, salas de aula, lembram nossa linda infância…os desfiles, as apresentações, a Carmencita, a Salete, a Neusa, e todos os professores maravilhosos!!!
    Fiquei muito emocionada em perceber na página do Pioneiro!
    Beijos a todos,

  • Ivan Zeni dos Santos diz: 29 de agosto de 2014

    O Colégio Clemente Pinto foi instituído no centro do antigo Bairro Lusitano (bairro Juventus) e concentrou uma importante comunidade de origem portuguesa. O Clemente Pinto foi um forte fator do desenvolvimento dessa parte da nossa cidade.

  • Eliane Tonet diz: 29 de agosto de 2014

    Sensacional !!!
    Resgatar a história é valorizar o que somos…fazemos parte dela!
    Na foto pude reconhecer a ti e a diretora Carmencita.
    Mesmo com esta idade já eras chegada num microfone…o que prova que o caminho certo era mesmo este que escolheste! Muito bom!
    Adoramos!

  • ADEMIR LUIS DAMBROS diz: 20 de fevereiro de 2015

    Sao fotos nostalgicas das minhas professoras elas que me alfabetizaram a profe rosa do jardim a profe laura do primeiro ano tem tambem a profe lorita a marlene e tantas outras que passaram na minha vida .

Envie seu Comentário