Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Autódromo do Caxias Auto Esporte Clube em 1974

27 de setembro de 2014 2
Foto: reprodução

Campanha para construção de autódromo internacional estampou vários anúncios em jornais da época. Foto: reprodução

O automobilismo seduziu os jovens de Caxias em diversas categorias ao longo das décadas. Há 40 anos, muitas disputas com carros de passeio eram realizadas nas ruas da cidade. Já para competições profissionais, os adeptos utilizavam o autódromo de Tarumã.

Conforme o Jornal de Caxias, o esporte nos anos 1970 estava representado pelos seguintes pilotos: Nestor Folle, Linoir Casarotto e César Ramos (Dodge 1800), Milton Mioranza, Gelson Palavro, Victor Hugo Preussler, João Vargas, Delmar Luiz Perizzollo (Volks), Celso Susin e Adair Ceconello (Corcel).

Em abril de 1974, o Caxias Auto Esporte Clube lançou uma campanha para construção de um autódromo internacional (foto acima). A área prevista localizava-se passando o bairro Desvio Rizzo, entre Caxias e Farroupilha. O projeto, bastante ambicioso para a época, foi moldado nos critérios e exigências da Federação Internacional de Automobilismo, mas acabou não se concretizando.

Foto: reprodução

Registro de prova na Rua Moreira César em 1974. Foto: reprodução

Quilômetro de Arrancada na Moreira César

Em 1974, as provas dos Quilômetros de Arrancada eram realizadas nas ruas de Caxias do Sul. Um dos trechos preferidos situava-se na Rua Moreira César, entre as empresas Gethal e De Antoni, no bairro São José (foto ao centro).

Em junho daquele ano, o Caxias Auto Esporte Clube promoveu a 3ª edição. A organização da prova contou com a colaboração da Ciretran e Brigada Militar na segurança do trânsito de veículos e assistentes.

Foto: reprodução

Fusca fazia a divulgação pelas ruas. Na foto acima, na Sinimbu, próximo a Catedral Diocesana. Foto: reprodução

Divulgação com Fusca

O 3º Quilômetro de Arrancada recebeu forte divulgação na imprensa local. Um fusca também auxiliava na propaganda, sensibilizando o público para assistir às disputas (foto acima). A empresa Alpina do Brasil, fabricante de motocicletas, patrocinava a premiação – na época, os vencedores de cada categoria participaram do sorteio de uma motocicleta Itália 1.

Foto: reprodução

A carteira de piloto de Delmar Perizzollo. Foto: reprodução

Em 1976

Nascido em Passo Fundo, Delmar Luiz Perizzollo colaborou, mas não teve a satisfação de ver realizada a construção de um autódromo caxiense. Nada que abalasse seu entusiasmo pelo automobilismo.

Na década de 1970, Perizzollo competia nas categoria de alta velocidade. Na época, participava de competições nos autódromos de Tarumã, Guaporé e Cascavel.

Na foto acima, percebe-se a carteira de piloto, expedida em 1976.

Foto: acervo pessoal, divulgação

Perizzollo e seu Mini em 1982, no Uruguai. Foto: acervo pessoal, divulgação

Competições no Exterior

Há 25 anos, Perizzollo migrou para categorias de regularidade. Entre seus ralis memoráveis destaca-se a participação na Expedition England/Brasil/Chile, cujo itinerário foi traçado em países da América do Sul, passando pela Terra do Fogo, na Argentina. Nesse evento, realizado em 2005, os pilotos utilizaram o esportivo inglês Austin Healey.

Além disso, Perizzolo é fundador da Sociedade Caxiense de Carros Antigos e presidente do Clube Mini do RS.
Apaixonado pelos carros ingleses, Perizzollo domina o tema com profundo conhecimento de pesquisador e mantém assinaturas de revistas da Inglaterra. Acima, o piloto competindo com seu Mini no Uruguai, em 1992.

As informações desta coluna são uma colaboração do fotógrafo Roni Rigon.

Comentários (2)

  • Adauto Celso Sambaquy diz: 27 de setembro de 2014

    Delmar Perizzollo é filho de meu colega Delvino Perizzollo, já falecido. Trabalhamos juntos no Banco do Brasil, agência centro de Caxias.
    Conheci Delmar ainda garotão. Moravam no bairro de Lourdes.
    Bons tempos.

  • Ismael diz: 27 de setembro de 2014

    Rodrigo Lopes, aproveitando o embalo da reportagem sobre o automobilismo caxiense, sugiro num oportunidade futura, realizar a pesquisa e divulgação também em relação ao kartódromo de Caxias do Sul, que ficava localizado onde hoje são os campos de treino do Juventude.

Envie seu Comentário