Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Memórias do interior da Serra Gaúcha

21 de novembro de 2014 0
Foto: Naiára Martini, divulgação

Equipe coleta depoimento de Decio Tasca no antigo casarão da família, que também abriga um museu, em Monte Belo do Sul. Foto: Naiára Martini, divulgação

Dois roteiros obrigatórios para quem busca mesclar gastronomia e história, o Vale dos Vinhedos e os Caminhos de Pedra em breve estarão registrados em produções audiovisuais. Desde o início da primavera, o colorido da região é um dos destaques do documentário Memórias do Vale dos Vinhedos, previsto para estar finalizado em dezembro.

Bastante informais, reproduzindo uma conversa entre amigos, os depoimentos destacam histórias de vida de famílias tradicionais do lugar. Entre eles, os Tasca e os Toniolo. No início de novembro, por exemplo, Décio Tasca recebeu a equipe do filme no Museu Diva Maria Tasca Minúsculi, junto ao antigo casarão da família (foto acima), na Linha Santo Isidoro, em Monte Belo do Sul.

Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

O acervo

Além de uma aula de história sobre a imigração italiana, Tasca destacou as peças que compõem o espaço, a maioria pertencente às várias gerações da família. Em meio a utensílios de cozinha, ferramentas e outros objetos do cotidiano dos primeiros imigrantes, chama a atenção um baú que acompanhou os pioneiros durante a travessia da Itália para o Brasil, em 1882.

Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

Decio Tasca e o avô Ernesto Toniolo (no quadro). Foto: Nereu de Almeida, banco de dados/Pioneiro

Entre as imagens, o destaque vai para o avô de Décio, Ernesto Toniolo, captado em 1967, durante a primeira edição da Fenavinho (foto acima). Outras trazem os casamentos dos 10 filhos, frutos da união de seu Ernesto e dona Joana Gabardo Toniolo. São eles: Benevenuto, Amélia, Arlindo, Teodolinda, Onorina, Amélio, Aquelino, Irma Victória (mãe de seu Décio), Emílio e Maria.

Já na Casa do Filó, em Bento Gonçalves, cercado de réplicas de antigas casas dos imigrantes e fotos das famílias, o empresário Moysés Michelon falou sobre a tradição e a importância do filó para os descendentes de imigrantes como um elemento de aproximação.

Além de Moysés e Décio, o doc já teve contribuição de Lourdes Maria Marcatto e Ana Elisabeth Marcatto Barbieri. Novas entrevistas serão gravadas nas próximas semanas.

O filme

O documentário deve ser apresentado para toda a comunidade do Vale dos Vinhedos e também exibido de forma itinerante.
Será ainda disponibilizado para escolas municipais, entidades envolvidas com o patrimônio histórico, Fundação Casa das Artes e Biblioteca Pública Castro Alves.

A iniciativa da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) tem o apoio da Secretaria de Cultura de Bento Gonçalves, por meio do Fundo Municipal de Cultura.

Visitas

A casa da Famiglia Tasca pode ser visitada de segunda a sexta, das 12h às 18h. Sábados e feriados, das 10h às 18h. Domingos, das 10h às 17h. Mais informações pelo fone (54) 3453.2210.

Foto: Roteiro Caminhos de Pedra, divulgação

Foto: Roteiro Caminhos de Pedra, divulgação

O talian

Nos Caminhos de Pedra, a produção do documentário O Tempo e o Vêneto – Ricordati di non Dimenticare atualmente coleta depoimentos de moradores da região, descendentes dos imigrantes que partiram do Vêneto a partir de 1875.

Trata-se de mais uma iniciativa que busca reforçar a preservação do dialeto talian – nesta semana, a chamada língua dos nonos foi oficialmente reconhecida como referência cultural brasileira pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A narrativa enfatiza a origem da língua, as influências que ela recebeu ainda na Europa, a migração para a Serra, as novas influências de dialetos locais e do português, até chegar ao talian falado atualmente.

O lançamento é para março de 2015.

Envie seu Comentário