Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Para recordar de Estácio Zambelli

12 de dezembro de 2014 1

Estácio Zambelli. Foto: acervo pessoal família Zambelli, divulgação

A trajetória dos ZAMBELLI está eternizada em três livros de autoria da professora e historiadora Irma Bufon Zambelli, nora de Estácio Zambelli (1896-1967) – um dos cinco filhos do primeiro casamento do patriarca Tarquinio Zambelli, com a italiana Rosa Pizzon. Da segunda união, com Carmen Troian Zambelli, nasceram Angelo, Edmundo e Homero.

Em meados dos anos 1940, após diversos cursos de aperfeiçoamento na Europa, Estácio abriu seu próprio atelier, na Rua Pinheiro Machado, dedicando-se à estatuária sacra em madeira e gesso. Entre suas obras destacam-se as esculturas de Maria Bambina, de Santa Inês e do Cristo Crucificado, todas na Catedral Diocesana.

Ele foi responsável ainda pela decoração escultórica na fachada do antigo Cine Central, e pela Via Sacra em relevo e as imagens do altar da Igreja de Nossa Senhora de Lourdes.

Paralelamente a isso, mantinha um negócio de importação e comércio de uma variedade de itens, desde motocicletas até utensílios domésticos.

Estácio Zambelli (ao centro) e sua clássica motocicleta Zehnder em meados dos anos 1930. Foto: acervo pessoal de Alberto Rech, divulgação

O Cine Central em 1983 com suas clássicas esculturas, obra de Estácio Zambelli. Foto: Luis Carlos Leite, banco de dados/Pioneiro

Esculturas de Estácio Zambelli são um dos destaques arquitetônicos do prédio do antigo Cine Central, defronte à Praça Dante Alighieri. Foto: Roni Rigon

Estácio e a pintura

Estácio Zambelli também dedicou-se esporadicamente à pintura. Na foto abaixo vemos dona Irma com o auto-retrato pintado pelo sogro em 1926, quando ele tinha 30 anos. Esposa de Célio Paulo Zambelli (filho de Estácio), mãe de Tatiane e Fabiano e avó de Natalia, dona Irma mantém o quadro no acervo particular da família até hoje.

Um dos tantos símbolos que eternizam essa trajetória secular…

Leia mais sobre a história do Atelier Zambelli clicando AQUI.

Quatro gerações: Estácio Zambelli (no quadro), a nora Irma Buffon Zambelli, os netos Tatiane e Fabiano e a bisneta Natalia (filha de Tatiane). Foto: Rodrigo Lopes

Comentários (1)

  • Paula Vasconcelos diz: 14 de dezembro de 2014

    Nunca tinha ouvido falar, porque sou mineira (MG), mas achei apaixonante. Escultor eternizado Sr. Estácio Zambelli. Vou pesquisar mais sobre esse artista da minha era. Mergulhei no tempo e me vi ali naquela época, confesso que chorei.

Envie seu Comentário