Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Carrinhos de lomba 'fervem' a Dezoito em 1950

06 de abril de 2015 1

A postos: os competidores na esquina da Dezoito com a Marquês do Herval, com os colégios Nossa Senhora do Carmo e São José ao fundo. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Hoje seria uma cena surreal, mas em 12 de março de 1950 a Rua Os Dezoito do Forte foi tomada por carrinhos de lomba. A corrida, que integrava a programação da Festa da Uva daquele ano, reuniu mais de 30 “veículos” e deu a largada para que esse tipo de competição virasse uma febre naquela década.

Organizada pelo Departamento de Esportes da Rádio Caxias, sob a direção de Nestor Gollo, a atração teve cinco largadas para menores e uma para maiores.

Rua Os Dezoito do Forte com Marquês do Herval: os jovens competidores e os antigos casarões de madeira que dominavam o trecho da Marquês até a Sinimbu. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Conforme reportagem do Pioneiro de 13 de março de 1950, sagraram-se campeões, entre os menores, Vanius Corbelini, René Tonet, Eduardo Boscato, Ari Marcon e Ivo Varisco. Ao disputar a última prova com o quarteto, René Tonet, 10 anos e representante da Sociedade Esportiva Incas Lake, levou a melhor.

Ao descer pela lomba da Usina, alcançou a “incrível velocidade” de 64 Km/h. Já entre os maiores, o primeiro lugar ficou com Pedro Olavo Hoffmann.

Clique nas imagens para ampliar.

Lomba da usina: um legítimo táca-le pau morro abaixo, com ambas as calçadas da Os Dezoito do Forte tomadas de espectadores. Ao fundo, a novíssima Igreja de São Pelegrino. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

A trupe de competidores

Além dos citados acima, participaram da prova garotos como Nelson Sebben, Valter Mandelli, Lindi Tomazi, Irajá Machado Carvalho, Osni de Oliveira, Jones Muratore, Hermes Martini, Orlando Joaquim dos Reis, Romeu Corlatti, Ivo Reuse, Vili de Melo, Atanagildo Leides, Cleo Antunes Pereira, Paulo Frezza, Eugenio Mondin, Decio Classmann, Milton Canuto, João Gomes da Rocha, Francisco Frezza, Primo Vigna, Hélio Corbelini, João dos Santos e Otávio dos Santos.

O morro da usina

A lomba da Rua Os Dezoito da Forte levava o nome de Morro da Usina devido a uma estação de energia elétrica localizada ao lado do Colégio São José, na esquina com a Visconde de Pelotas.

Reconhece algum deles? A garotada a postos em 1950, numa Rua Os Dezoito do Forte ainda tomada de paralelepípedos. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Participe da coluna

Você participou da corrida ou torceu por algum dos meninos? Tem lembranças dessas provas de carrinhos de lomba pelas ruas do Centro nos anos 1950? Entre em contato com a coluna.

Comentários (1)

  • INACIO SANTINI diz: 6 de abril de 2015

    E pensar que a gurizada de hoje não tem nem a oportunidade de sonhar com uma diversão dessas realmente e uma pena.
    Mais uma bela reportagem parabéns Rodrigo

Envie seu Comentário