Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

140 anos de imigração: Nova Roma do Sul em 1907

27 de abril de 2015 0

Primórdios: celebração em homenagem a Santo Antônio defronte à primeira capela da localidade. Foto: prefeitura municipal de Nova Roma do Sul, divulgação

Em 2015, quando se comemoram os 140 anos de imigração italiana na região, a coluna volta-se para episódios que marcaram o surgimento de diversas localidades pelo interior. A imagem acima remete aos primórdios da colonização da área onde hoje situa-se o município de Nova Roma do Sul. Trata-se da celebração de Santo Antônio em 1907, na primeira igrejinha do lugar.

A colonização de Nova Roma havia se iniciado alguns anos antes, por volta de 1880, com a chegada de imigrantes poloneses, suecos, russos e, logicamente, italianos. Em 1890, por exemplo, chegaram 40 famílias de origem sueca e, em 1892, em torno de 200 famílias de poloneses.

A maioria dos suecos e poloneses, tempos depois, acabou migrando para novas áreas de colonização, o que contribuiu para a predominância “gringa”. Hoje, cerca de 80% da população de mais de 3,3 mil pessoas é de origem italiana.

Nos primeiros anos, houve várias disputas dos colonizadores para definir a sede da futura paróquia. Em 1899, o padre Alessandro Pelegrini decidiu que a sede do curato seria, mais ou menos, no centro da colônia, surgindo assim a Vila de Nova Roma. Em 1914, começou a construção do atual templo.

A vila se tornou paróquia em 1922 e, em 1923, ganhou o status de distrito de Antônio Prado. A emancipação deu-se em novembro de 1987.

Envie seu Comentário