Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Maio: mês para recordar dos noivos

22 de maio de 2015 3
Foto: Foto Planalto, acervo de família, divulgação

50 anos atrás: Cecília Todeschini e Oly Beltrami casam em 22 de maio de 1965, na Catedral Diocesana. Foto: Foto Planalto, acervo de família, divulgação

A tradição de casar em maio nem sempre é seguida pelos noivos, mas como ainda estamos no corrente, abrimos espaço para a colaboração de vários leitores.Além das fotos enviadas, algumas histórias merecem ser recordadas.

Há exatos 50 anos, em 22 de maio de 1965, uma cerimônia tripla movimentou a Catedral Diocesana. Foi quando casaram os noivos Cecília Todeschini e Oly Beltrami; Enio Luiz Vial e Teresa Artico; e Idalino Novello e Vercidi Bertoni. Um relato de dona Cecília enviado à coluna pelo filho Miguel Beltrami nos remete àquele dia:

“Ao entrar na Catedral, conduzida pelo meu irmão Mateus Todeschini, pedi a ele para parar, pois não via o noivo no altar me esperando. Uma das noivas já havia entrado. Estava confusa, pois eram três casais que iam realizar o matrimônio, e o altar estava repleto de pessoas, madrinhas e padrinhos dos casais. No entanto, a preocupação foi amenizada pelo meu irmão, que falou que meu noivo estava lá. Depois de mim, entrou a terceira noiva. Realizou-se a cerimônia, e fomos o último casal a sair da igreja.”

Outra lembrança diz respeito ao buquê. As flores escolhidas, cravos, vieram de Porto Alegre, pois na época eles não foram encontrados em Caxias. A irmã de Cecília, Margarida, trouxe alguns exemplares e montou o buquê no dia do casamento. Já as roupas, os sapatos e a coroa são mantidos pelo casal até hoje.

Clique nas imagens para ampliar e ler o texto original.

Jornal O Mefeciano destacou o primeiro curso de noivas, em julho de 1964. Foto: acervo pessoal de Miguel Beltrami, divulgação

Jornal O Mefeciano destacou o primeiro curso de noivas, em julho de 1964. Foto: acervo pessoal de Miguel Beltrami, divulgação

 Curso de noivos em 1964

Em junho de 1964, Oly e Cecília participaram do primeiro curso de preparação para o casamento, promovido pelo Movimento Familiar Cristão.

Conforme relatado no antigo boletim O Mefeciano, as aulas eram realizadas na Católica Domus e abordavam temas como “A Psicologia dos Esposos – Um Casal que Combina, A Administração Financeira do Lar, Os Direitos e os Deveres dos Esposos, Harmonia no Plano Intelectual e Esperando a Criança”.

Jornal O Mefeciano destacou o primeiro curso de noivas, em julho de 1964. Foto: acervo pessoal de Miguel Beltrami, divulgação

Foto: acervo pessoal de Miguel Beltrami, divulgação

O certificado do curso de noivos, guardado pela família até hoje. Foto: acervo pessoal de Miguel Beltrami, divulgação

Os palestrantes

Entre os casais palestrantes figuravam Murillo e Elisabeth Frantz, Irma e Romeu Rossi, Agnelo e Eugênia Yucken, Edgar e Itália Pezzi, e Raul e Salete Tessari, além do padre Ernesto Brandalise.

Com redação de Murillo e Elisabeth, o jornalzinho tinha uma tiragem de 300 exemplares. Eles eram impressos na Gráfica do Abrigo de Menores e distribuídos gratuitamente à comunidade.

Confira o vídeo original do primeiro casamento filmado em Caxias, em 1958, clicando AQUI.

Noivos de várias épocas

Confira a seguir algumas fotos e histórias enviadas pelos leitores.

Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Darcy e Anita Rossato: casamento em 22 de maio de 1965. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Os Rossato

Esta sexta-feira também marca os exatos 50 anos de casamento de Darcy Rossato e Anita Frizzo Rossato, ocorrido em 22 de maio de 1965.

As bodas de ouro serão comemoradas com um almoço especial neste domingo, em Conceição da Linha Feijó, onde tudo começou.

Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Para a posteridade: Balduino Onzi e Luiza Radaelli em 1947. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Os Onzi

Balduino Onzi e Luiza Radaelli Onzi casaram na Capela dos Santos Anjos, em Farroupilha, em 27 de setembro de 1947. Após chegar a Caxias do Sul, Balduino trabalhou por sete anos na Metalúrgica Abramo Eberle e, em 1954, abriu seu próprio negócio.

O lendário Armazém Onzi, na esquina das ruas Euclides da Cunha e Sarmento leite, atendeu a uma fiel clientela por aproximadamente 50 anos, fazendo parte das lembranças de várias gerações de consumidores.

O casal teve cinco filhos (Maria Bernardete, Vera Angelina, Inês Justina, Renan Roque e Maristela), 10 netos e quatro bisnetos.

Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Em 1962: Erny Minella e Nelsa Pessin Minella. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Os Minella

O casamento de Erny Minella e Nelsa Pessin Minella foi realizado pelo padre Valdomiro Minella em 15 de dezembro de 1962.

Viúva de Omar Rovea, com quem teve a filha Ana Maria, Nelsa trabalhou no antigo Hotel Pessin, dedicando-se ainda à fabricação de doces caseiros. Já Erny atuou com o beneficiamento de madeiras – na extinta Madeireira Minella, em Vacaria -, na agricultura e na pecuária.

Eles tiveram cinco filhas: Jaqueline, Caroline, Rosimeri, Roberta e Raquel. Juntos, auxiliaram também na criação e educação da sobrinha Luciane Pessin.

Foto: Mauro De Blanco,  acervo de família, divulgação

Casamento em 1959: Reny Guizzo e Loire Helena Poloni. Foto: Mauro De Blanco, acervo de família, divulgação

Os Guizzo

Reny Guizzo e Loire Helena Poloni Guizzo (foto acima) casaram em 4 de julho de 1959 e tiveram dois filhos: Renan Fernando e Ivan Luiz.

Reny foi professor e vice-diretor do Senai, trabalhando na instituição por mais de 40 anos. Lecionou Marcenaria e Leitura e Interpretação de Desenho (LID). Era formado em engenharia Mecânica e Filosofia. Ao se aposentar, dedicou-se ao plantio de verduras, frutas e legumes. Ele faleceu 2012.

Quando jovem, Loire Helena trabalhou na fábrica de jóias Rosinato Calcagnotto. Dedicou-se ao lar e hoje continua zelando pelos filhos e netos.

Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Rosália e Alvis Fiedler: casamento em 1955 e bodas de diamante em julho. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Alvis e Rosália são abençoados pelo padre Enio Tarasconi em 23 de julho de 1955. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Catedral Diocesana em 1955: Alvis e Rosália são abençoados pelo padre Enio. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Os Fiedler

Em 23 de julho de 1955, Rosália Boniatti e Alvis Fiedler foram abençoados pelo padre Enio Tarrasconi na Catedral Diocesana.

Tiveram duas filhas, Ivete Maria e Vera Lúcia, e se preparam para comemorar as bodas de diamante, pelos 60 anos de união, daqui a dois meses.

Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Há 60 anos: Alvis, Rosália e um bolo de casamento para celebrar. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Os Kaplan

O casamento de  Ivo Kaplan e Ena Lautert Kaplan ocorreu em 31 de março de 1951, no município de Estrela, onde nasceram os três filhos: Régis, Anne Lise e Ingrid Simone. Em 1970, a família se mudou para Caxias do Sul, onde fundou a tradicional Doceria Stella.

Eles estiverem a frente do negócio até 1992. Já em 2003, dona Ena presenteou seus clientes com o livro Ena Kaplan Receitas, onde incluiu algumas das iguarias que por anos seduziram as famílias caxienses.

Avós de quatro netos, Juliano, Marina, Eduardo e Bruna, comemoraram 60 anos de casados em 2011.

Foto: Egon Lautert, acervo de família, divulgação

Doce lembrança de 1951: o casamento de Ivo e Ena Kaplan. Foto: Egon Lautert, acervo de família, divulgação

Álbum de família

Confira a seguir mais imagens enviadas por leitores.

Casamento de Tereza Moroni e Mario Adamatti, em 10 de julho de 1968, na Igreja Nossa Senhora de Lourdes. Cerimônia foi conduzida pelo padre Ivo Adamatti (irmão do noivo). Foto: Inês Muner, acervo de família, divulgação

Noivos Genoveva Barazzetti e João Adamatti, que casaram em 17 de julho de 1937, na Capela São Pedro da Terceira Légua. Foto: Sisto Muner, acervo de família, divulgação

Noivos Genoveva Barazzetti e João Adamatti, que casaram em 17 de julho de 1937, na Capela São Pedro da Terceira Légua. Foto: Sisto Muner, acervo de família, divulgação

Casamento de Agenor Lahm dos Reis e Ivonne Lucia Triches dos Reis, na Catedral Santa Teresa, no dia 25 de janeiro de 1947.  Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Agenor Lahm dos Reis e Ivonne Lucia Triches dos Reis: casamento na Catedral Diocesana  em 25 de janeiro de 1947. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Agnello Natalino Ricardo e Sirlei Bernardete Ruaro: casamento em 6 de maio de 1961, na Igreja Nossa Senhora de Lourdes. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Agnello Natalino Ricardo e Sirlei Bernardete Ruaro: casamento em 6 de maio de 1961, na Igreja Nossa Senhora de Lourdes. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Casamento em 18 de dezembro de 1964: Maria Helena Muratore e Osmar Silveira de Oliveira. Foto: Óptica Caxiense, divulgação

Em 18 de dezembro de 1964: a união de Maria Helena Muratore e Osmar Silveira de Oliveira na Catedral Diocesana. Foto: Óptica Caxiense, divulgação

Casamento de Fernando Taddeucci e Nilza Tomasi Frigeri em 23 de janeiro de 1965. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

Casamento de Fernando Taddeucci e Nilza Tomasi Frigeri em 23 de janeiro de 1965. Foto: Studio Geremia, acervo de família, divulgação

16 de maio de 1964: Antonio da Silva Coelho e Sirlei Corlatti Coelho. Foto: acervo de família, divulgação

Casamento em 16 de maio de 1964: Antonio da Silva Coelho e Sirlei Corlatti Coelho. Foto: acervo de família, divulgação

Alice de Bortoli Zanella e Idair Luiz Zanella: união em 4 de dezembro de 1976. Foto: Studio Tomazoni, acervo de família, divulgação

Alice de Bortoli Zanella e Idair Luiz Zanella: união em 4 de dezembro de 1976. Foto: Studio Tomazoni, acervo de família, divulgação

Participação

A coluna agradece a participação de todos os leitores que enviaram imagens.

Comentários (3)

  • Maria Helena Muratore diz: 22 de maio de 2015

    Rodrigo , que bela homenagem aos Noivos e Noivas !!!
    Nos sentimos muito felizes em participar deste documentário.
    Nosso abraço afetuoso.
    Osmar e Maria Helena

  • Ingrid diz: 22 de maio de 2015

    Rodrigo,
    Linda homenagem aos noivos de nossa história !!!
    Parabéns por este espaço muito bem lembrado, pra sempre.

  • Maristela Onzi Flores diz: 22 de maio de 2015

    Querido Rodrigo:
    A família Onzi agradece a oportunidade propiciada por sua coluna,
    de homenagearmos nossos queridos e saudosos pais!
    Ficará para a posteridade em nosso coração!
    Muito obrigada pelo carinho…
    Grande abraço

Envie seu Comentário