Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os preferidos dos caxienses em 1954

28 de maio de 2015 0

Cerveja Pérola, ícone que permanece na lembrança dos consumidores até hoje. Na foto acima, o estande da marca na Festa da Uva de 1965. Foto: Óptica Caxiense, acervo pessoal de João Carlos Leonardelli, divulgação

Esquina da Pinheiro com a Marquês do Herval: o Real Hotel em meados dos anos 1950. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Malharia Salatino, um dos marcos da indústria têxtil em Caxias. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Vários produtos e estabelecimentos tradicionais de Caxias do Sul hoje já eram tops na predileção dos consumidores há mais de 60 anos. Em maio de 1954, por exemplo, o jornal Diário do Nordeste, a Rádio Caxias e a Continental Press promoveram um badalado concurso para escolher os “Vencedores da Grande Pesquisa de Preferência Popular”.

Na verdade, foi uma estratégia para “bombar” os estabelecimentos envolvidos e alavancar as vendas do jornal dirigido pelo empresário Amilcar Rossi. O resultado, publicado em 23 de maio daquele ano, confirmava vários nomes que já dominavam as parciais verificadas com os primeiros 200 votantes.

Recebidos os 429 cupons totais, coube à equipe da Continental Press e funcionários do jornal apurar madrugada adentro os 75 mais quistos pela opinião pública.

Clique nais imagens abaixo para ler os anúncios originais da época.

Os vencedores

Na categoria marca de café, o mais lembrado foi o lendário Café Albion, de J. Alves Ferreira & Cia Ltda, cujo endereço da torrefação e moagem marcou época na Rua Guia Lopes, 562.

Os resultados apontaram ainda a predileção dos caxienses pela champanha produzida na Cantina Mosele; pelas massas alimentícias Diana; pelo Geremia, na categoria ateliês fotográficos; e pelo clássico “Vimbão”, engarrafado pela antiga Vinícola Formolo.

Recorde do lendário Studio Geremia clicando AQUI.

Final dos anos 1940: o estúdio onde Ulysses Geremia eternizou milhares de pessoas, na Av. Júlio de Castilhos. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

O Edifício Geremia e a entrada do badalado Restaurante Quitandinha, na Júlio, entre a Visconde de Pelotas e a Dr. Montaury. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Atendimento impecável: o Restaurante Quitandinha em meados dos anos 1950. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

“Fazendas” e “armações”

Das atuantes até hoje, o Magnabosco – que celebra 100 anos em 2015 – foi o estabelecimento mais lembrado na categoria “Lojas de Fazendas”, enquanto a Martinato faturou a distinção em “Óticas”.

Os certificados aos vencedores foram entregues durante um coquetel de confraternização dia 30 de maio de 1954, nas dependências do antigo Real Hotel, o mais lembrado entre os da categoria “Hospedagem”. Logicamente, com muita gasosa e chope da Pérola, a mais lembrada entre as marcas de refrigerante e cerveja. Até hoje…

Confira imagens do interior da Loja Magnabosco nos anos 1950 clicando AQUI.

A inauguração da nova fábrica da Cervejaria Leonardelli, produtora da clássica Cerveja Pérola, em 1952. Na imagem, o diretor Guerino Costi (E, de terno branco) e o prefeito Euclides Triches. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

Alguns tops de 1954

Cinemas: Real
Casas de Rádios e Discos: Calcagnotto
Confeitarias: Paquetá
Fiambrerias: Rizzo
Camisarias: Casa Almeida
Joalherias e Relojoarias: Bragatti & Comandulli
Farmácias: D’Arrigo
Vidraçarias: Guidalli
Moinhos: Germani
Cutelarias: Eberle
Fábrica de Conservas: Peixe
Fábrica de Produtos Químicos: Veronese
Malharias: Salatino
Marca de Aperitivos: Marumby
Marca de Sabão: Atômico
Restaurante: Quitandinha
Acessórios automotivos: Auto Palácio
Ferragens: Caxiense
Tecelagens: Mariza

Participe da coluna

Você possui fotos da fábrica do Café Albion ou de antigas embalagens? Envie para o e-mail rodrigo.lopes@pioneiro.com.

Envie seu Comentário