Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Monumento ao Imigrante pelo Studio Tomazoni Caxias

15 de junho de 2015 0

A chegada dos primeiros convidados para a inauguração do Monumento ao Imigrante em 28 de fevereiro de 1954. Foto: Studio Tomazoni Caxias, Memorial da Rádio Caxias, divulgação

Em tempos de comemoração dos 140 anos de imigração italiana na Serra, não há como não mencioná-lo. A inauguração do Monumento Nacional ao Imigrante, em 28 de fevereiro de 1954, mobilizou praticamente todos os fotógrafos e estúdios atuantes em Caxias na época.

Ulysses Geremia, Ary Pastori, Hildo Boff, além de dezenas de fotógrafos amadores, trataram de eternizar a estátua que se transformaria em um dos principais símbolos, senão o principal, de Caxias desde então. Cabe salientar, no entanto, que ela homenageia não apenas os colonizadores italianos, mas todas as etnias que colaboraram para o progresso da região e do país – o nome, inclusive, é Monumento Nacional ao Imigrante.

As duas imagens deste post foram captadas pelo Studio Tomazoni Caxias, por onde passaram nomes como Clemente Tomazoni, Waldemar Lazzarotto, Vasco Rech e João Rech.

As fotos integram o Memorial da Rádio Caxias, que em 2016 celebra seus 70 anos. Leia mais sobre o antigo auditório da rádio clicando AQUI.

Clique nas imagens para ampliar.

O prefeito e o radialista: Euclides Triches (cumprimentando o homem de costas) e Nestor Rizzo, um dos idealizadores da Rádio Caxias (de perfil, ao centro). Foto: Studio Tomazoni Caxias, Memorial da Rádio Caxias, divulgação

Envie seu Comentário