Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

140 anos de imigração italiana: família Mosena

29 de julho de 2015 1

Michele, a esposa e parte dos 10 filhos defronte à casa da família em 1912. O italiano era reconhecido por suas habilidades em construção, ferraria e serraria. Foto: acervo de família, divulgação

A história da família Mosena no Brasil tem início com a chegada do italiano Michele Mosena (lê-se Miquele), nascido no município de Forno di Zoldo, província de Belluno, ao norte da Itália – mais especificamente na região dos Alpes Dolomíticos, na fronteira austríaca.

Mosena chegou ao Brasil em 1882, com a mulher, Maria Calchera, o primogênito, Pellegrino, e sua irmã Maria, já casada com Giovanni Pezzuol. Por aqui, estabeleceu-se com a família no lote rural número 9, na antiga Boa Vista, atual distrito de Arcoverde, em Carlos Barbosa.

No Brasil, Michele e Maria tiveram mais nove filhos: Marta Giovanna, Angelo, Theresa Angela Antonia, Luigi, Giacomo, Nino, Pietro, Margherita e Maria. Como é comum na trajetória das famílias italianas que imigraram para o Estado, os filhos de Michele e Maria, netos e bisnetos, conforme foram formando novas famílias, emigraram para diversas localidades do Rio Grande do Sul, além de se fixar em outros Estados.

Esses deslocamentos de famílias de origem italiana, em conjunto com outras, de diversas origens, ajudaram a criar e desenvolver novas cidades e regiões, principalmente nas novas fronteiras agrícolas brasileiras.

Para celebrar a história e preservar a memória, os descendentes promoveram em 18 e 19 de julho o IV Encontro da Família Mosena, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A festa foi organizado pelos descendentes de Nino Mosena, filhos de Gradazzo Mosena, falecido no ano passado - em Caxias, a confraternização ocorreu em 6 de novembro de 2011, na CIC.

No facebook Família Mosena/Mozena estão alguns registros antigos e recentes da família.

Colaboração

Informações deste post foram publicadas originalmente na coluna Almanaque Gaúcho, do colega Ricardo Chaves, no jornal Zero Hora.

Comentários (1)

  • Marcos Antonio Casagrande diz: 30 de julho de 2015

    Site com algumas informações da Família Casagrande

Envie seu Comentário