Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Patrimônio histórico e memória em evidência

11 de agosto de 2015 0

Bairro São Pelegrino: o entroncamento da Av. Júlio com a Feijo Júnior e o início da Av. Rio Branco (ao fundo) no final dos anos 1940. À esquerda, a antiga igreja de São Pelegrino em madeira e o Colégio São Carlos. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami , divulgação

História, memória e preservação do patrimônio ganham destaque a partir de amanhã, com a abertura da Semana Municipal de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural e do Fórum Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural.

Até o dia 18, diversas atividades dialogam com os desafios da proteção às edificações e, principalmente, com sua revitalização e ocupação – um debate pra lá de pertinente em tempos em que o futuro da Maesa desenha-se meio nebuloso.

A partir de segunda (17), a programação volta-se basicamente para a trajetória de um dos bairros mais emblemáticos de Caxias: São Pelegrino. Uma caminhada temática, com saída da Praça João Pessoa, percorre locais que revelam nuances dessa identificação. O passado e o presente do lugar também encontram-se em Quem Te Viu, Quem Te Vê, livro que terá lançamento no Shopping San Pelegrino, às 20h.

Clique nas imagens para ampliar.

Rua Coronel Flores: o Moinho Progresso em 1948, ainda sem a construção frontal em alvenaria. Foto: Studio Geremia, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

O livro

Mesclando imagens antigas e atuais, a obra é enriquecida por depoimentos de personagens e moradores do bairro “desde sempre”. O capítulo Sujeitos da História destaca as lembranças de nomes como Affonso Pedro Schio e Ivete Schio Machado, Antíoco Sartor, Gerda Luber, João Zini Fasoli, João Maria Alves da Silveira, Mirlene Dal Poss Rossi, Regyna de Queiroz Gazzola, Rogério de Mello, Suzana Postali Fantinel, Vera Niederauer Rauber, Agostinho Jacoby Boeira e o padre Mário Pedrotti.

Antecipando esse deleite, o registro acima traz o antigo Moinho Progresso, na Rua Coronel Flores, entre a Sinimbu e a Os Dezoito do Forte, em 1948. À época, o negócio desfrutava da enorme aceitação popular da aveia em flocos Neve. Além disso, destacava o nome dos proprietários na fachada do casarão de madeira: Viúva Angelo Corsetti e Filhos.

Tombado pelo Patrimônio Histórico em 2003 e todo restaurado, o prédio de tijolos aparentes abriga atualmente escritórios, consultórios médicos e um mix de café, bazar e espaço para venda de roupas e exposições de arte.

Para recordar do bairro São Pelegrino.

São Pelegrino e o novo espaço da Casa de Memória.

O Moinho Progresso durante as obras de restauração em 2012. Foto: Daniela Xu, banco de dados/Pioneiro

Programe-se

Quarta (12)

10h às 12h: Desafios da Proteção ao Patrimônio Cultural Edificado
Participação: Luiz Antônio Bolcato Custódio, Arquiteto e Urbanista, Coordenador de Memória Cultural do Município de Porto Alegre

14h às 17h: Desafios do Restauro e da Revitalização em Bens Culturais
Participação: Ceres M. Maggi Storchi – Arquiteta e Urbanista das áreas de patrimônio histórico-cultural, museografia, memória e turismo cultural. Angela Maria Cappelletti – Arqueóloga especialista em sítios históricos urbanos.
Local: Anfiteatro da Câmara Municipal de Caxias do Sul

Sexta (14)
Visita à Capela de Santa Lúcia da 9ª Légua. Alunos e docentes da Escola Municipal Arnaldo Ballvé, autores do pedido de tombamento da Capela, retornam à edificação após o recente restauro. As arquitetas responsáveis abordam aspectos do projeto e da execução.
Horário: das 8h30min às 10h e das 15h às 16h30min

Segunda (17)
14h – Trilhas de São Pelegrino: percurso pelos locais que revelam a identidade do bairro. Saída da Praça João Pessoa, entre a Av. Júlio e a Rua Feijó Jr.

Obras de obras de nivelamento na Rua Silveira Martins, atual Av. Júlio de Castilhos, entre as Ruas Andrade Neves e Vereador Mário Pezzi, na antiga Colonia Caxias. Foto: Francesco Müscani e Giovanni Battista Serafini, acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, divulgação

18h30min - abertura da exposição Recordações: Imagens e Reminiscências da Imigração Italiana no Rio Grande do Sul (foto acima). Os primeiros documentos fotográficos de Caxias e de localidades vizinhas, originadas da imigração italiana, restaurados e revelados ao público. Entrada franca.
Local: Museu Municipal, Visconde de Pelotas, 586

20h - Lançamento do livro São Pelegrino: quem te viu, quem te vê, de autoria de Tânia Tonet, Charles Tonet e Ana Seerig.
Local: Shopping San Pelegrino

Terça (18)
14h às 17h: Visita orientada aos locais que exibem obras de Aldo Locatelli na cidade, com saída da Igreja do Santo Sepulcro e encerramento na Igreja São Pelegrino.

19h30min: Preservação e Projeto: o Restauro sob a Ótica do Contemporâneo
Palestrantes: arquitetos Samuel Kruchin e Cristiane Gonçalves. A palestra será antecedida por sessão de autógrafos do livro Kruchin: uma Poética da História, a partir das 17h30min.
Local: Teatro Pedro Parenti da Casa da Cultura

20h: Aldo Locatelli: 100 Anos de História e Legado. Entrega de Honraria Especial pela Câmara de Vereadores na Igreja de São Pelegrino.

Informações e inscrições: Divisão de Proteção ao Patrimônio Histórico e Cultural
Fone: 3901.1426

Envie seu Comentário