Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Família Dall'Agnol celebra as origens em encontro na Itália

22 de agosto de 2015 3

Integrantes de um dos ramos dos Dall’Agnol nas proximidades da Capela de São Giuseppe della Prima, em Veranópolis, por volta de 1915. Foto: acervo família Dall’Agnol, divulgação 

O ano em que se celebram os 140 anos da imigração italiana na região também coincide com o primeiro encontro internacional da família Dall’Agnol. Será em Fastro, na província de Belluno, de onde os pioneiros Dall’Agnol saíram, em três grandes grupos, a partir de 1877. A ampla programação estende-se por quatro dias, de 27 a 31 de agosto.

No Brasil, a Linha Gonçalves Dias, mais conhecida por Pedancino e localizada a 22 quilômetros de Nova Petrópolis, foi o destino do casal Giacomo Dall’Agnol e Celestina Menin. Conforme informações contidas no livro Dall’Agnol – De Fastro a Pedancino (1885-2009), do Frei Ivo Maria Lazzarotto, eles partiram de Fastro com o recém-nascido Giovanni Battista Dall’Agnol, de apenas seis meses, em 9 de dezembro de 1885.

Em Pedancino, Giacomo e Celestina tiveram outros cinco filhos: Ernesto, Maria, Fortunato, Fiorina e Vitório (falecido aos oito anos). Da união do primogênito Giovanni com Maria Echer em 1908 nasceram 12 filhos (Victório, Xisto, Ida, Adelino, Ernesta, Teolinda, Amábile, Pierina, Benedito, Leonísio, Ermindo e Cecília).

Número semelhante de filhos permeou os casamentos subsequentes. Ernesto casou com Judite Echer (tiveram 14 filhos); Maria Dall’Agnol uniu-se a Antonio Mazzurana (dois); Fortunato casou com Adélia Echer (12); e Fiorina, com Ernesto Antonioli (nove filhos).

Clique nas imagens para ampliar.

os pioneiros Giacomo Dall’Agnol e Celestina Menin com uma das netas, em meados dos anos 1910. Foto: acervo família Dall'Agnol, divulgação

Os pioneiros Giacomo Dall’Agnol e Celestina Menin com a neta Marcelina, filha de Ernesto Dall’Agnol, em meados dos anos 1910. Foto: acervo família Dall’Agnol, divulgação

Festa de Santo Antônio

Uma motivação religiosa norteia o encontro de 2015. A cada cinco anos, em 30 de agosto, é realizada em Fastro uma festa em homenagem ao padroeiro local, Santo Antonio.

Uma grande procissão passa por 13 estações, com uma representação ao vivo dos milagres do santo.

Os Dall’Agnol exibem o resultado da tradicional caça praticada nos anos 1920: um leão baio. Foto: acervo família Dall’Agnol, divulgação

História e histórias em livro

O encontro tem a coordenação de Egidio Dall’ Agnol, também autor do livro Genealogia Dall’Agnol (1615-2013). A obra é um detalhado trabalho com as referências geográficas e históricas de Fastro, relatos de viagem – saída e chegada dos imigrantes –, fotos e ramificações familiares. 

Na foto abaixo, o desenho a bico de pena de Marco de Paoli que ilustra a capa do livro. É a representação de uma das casas típicas de Fastro, localizadas nas encostas das montanhas, tendo a frente moradores com trajes típicos da época.

Bico de pena de Marco de Paoli faz referência à arquitetura e à indumentária dos moradores de Fastro. Foto: reprodução

Desde 1994

A família Dall’Agnol realiza encontros no Brasil desde 1994. Foram 12 edições até hoje: Paraí (1994), Nova Prata (1995), Veranópolis (1996), Passo Fundo (2002), Caxias (2004), Putinga (2006), Arvorezinha (2008), Marau (2010), Porto Alegre (2012) e Lagoa Vermelha (2014). Os dois únicos encontros fora da Estado ocorreram em Concórdia (SC), em 1998, e em Francisco Beltrão (PR), em 2000.

A delegação brasileira, dividida em dois grupos, será a maior a participar da reunião internacional na Itália. Os 95 integrantes embarcam para a Itália nos dia 25 e 26. De Caxias do Sul participam apenas Ivo e Maria de Lourdes Dall’Agnol.

Denominada 1º Encontro Mundial das Famílias Emigradas de Fastro, a confraternização reunirá ainda descendentes de sobrenome Grando, Brandalise, Dalle Mulle, Menin, De Bortolli, Strapazzon, Bassani e Saccaro, entre outros.

A família de Rosa Dall’Agnol. Foto: acervo de família, divulgação

Mais informações

Site:  www.dallagnol.org
E-mails: egidio@dallagnol.org e egidiodallagnol@gmail.com
Fones: (51) 3472.1733 ou 9283.8660.

Colaboração

Informações deste post são uma colaboração do leitor Ivo Dall’Agnol.

Comentários (3)

  • TADEU ADROALDO JACOBY BELLAN diz: 23 de agosto de 2015

    É, MUITO GOSTOSO, REVER FOTOS E DOCUMENTÁRIOS DE NOSSO ANTEPASADOS,
    EU TAMBÉM SIGO OS PASSOS DE MEUS PARENTES, OS BELLANS, OS FAVEROS,
    POR PARTE DE PAIS-ITALIANODS, BELAS HISTÓRIAS, QUE OS MESMOS TEM PARA NOS MOSTRAR.
    ABRAÇOS A TODOS OS ITALIANOS,

    TADEU

  • Mauri Menin diz: 31 de julho de 2016

    Ola boa tarde
    sou Bisneto de Maria Dall´Agnol e Celeste Menin, nascidos em Belluno e que vieram morar em Alfredo Chaves RS, procuro mais informações deles para conseguir algum documento da época ou a sua origem da Italia, saber se vieram de Fastro ou de outra Comune,

    se puderem me ajudar com alguma informação ficarei muito grato,

    obrigado
    Mauri

  • Egidio Dall’Agnol diz: 25 de agosto de 2016

    Parabens Rodrigo Lopes pelo excelente trabalho e pela precisão do resumo que apresentastes.
    Por favor peça para o Mauri Benin que me escreva para egidiodallagnol@gmail.com que eu posso ajuda-lo

Envie seu Comentário