Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Encontro da família Fontana em Flores da Cunha

22 de outubro de 2015 3

A família de Giovanni e Giovanna Fontana em meados da década de 1930. Foto: acervo família Fontana, divulgação

Município que abriga uma das principais concentraçõesda família Fontana no Brasil, Flores da Cunha sedia neste domingo (25) o 7º Encontro da Família Fontana.

No período de 1877 a 1898 deram entrada no Brasil aproximadamente 700 imigrantes de sobrenome Fontana, a grande maioria estabelecida no Rio Grande do Sul. Na Serra, uma das principais ramificações da família é descendente de Giovanni Battista Fontana e Francesca Cemin – eles eram oriundos de Siror, Trento, à época território pertencente ao império austro-húngaro.

O casal aportou no Brasil em 1877 e estabeleceu-se no Travessão Garibaldi, Colônia Nova Trento, hoje Flores da Cunha. Battista, 49 anos, e Francesca, 41, vieram com os nove filhos: Virginia, 22 anos; Domenico, 19; os gêmeos Battista e Battista Segundo, 18; Antonio, 16; Lucia, 13; Pietro, 10; Michele, seis; e Giacomo, quatro.

Na imagem acima, a família de Giovanni (João) Fontana e Giovanna (Joana) Boff por volta de 1930, em Antonio Prado. O casal aparece com seus 12 filhos: Rosa, Alberto, Clementina, Augusto, Amirabile, Zelinda, Marieta, Albina, Olga, Graciema, Maurício (entre os pais) e Gentila (no colo).

Giovanni era filho de Antonio Fontana, um dos imigrantes que chegaram a Serra em 1877.

Clique nas imagens para ampliar.

Pietro Fontana e Catherina Motz, imigrantes também oriundos da Itália em 1877. Foto: acervo família Fontana, divulgação

Programação

O encontro deste domingo inclui café da manhã no salão paroquial da cidade, seguido de missa em ação de graças, celebrada pelo padre Ricardo Fontana na Igreja Matriz, e almoço típico.

A comissão organizadora é composta pelos casais Sergio e Nelsa Fontana, Luiz e Geni Fontana, Francisco e Maria de Lourdes Fontana, Julio César Fontana e Ana Amelia Mioranza, Sadi e Lurdes Casagrande, Evandro e Sabrina Ribeiro Fontana, Breno e Estela Fontana, Artemio e Marli Mascarello, Leomar e Evair Fontana, e Cladis e Laurindo Costa.

Reservas de ingressos somente até esta quinta (dia 22), pelos fones (54) 3292.2379 ou (54) 9929.4200, com Leomar ou Evair Fontana.

Encontro da família Menegat movimenta Nova Pádua.

Imigração alemã: encontro da família Knob/Knopp

140 anos de imigração italiana: encontro da família Modena

O nome

Conforme informações disponibilizadas pela família, o sobrenome Fontana (fonte) é encontrado em várias regiões da Itália, sobretudo no norte do país, nas regiões da província de Trento, do Vêneto e da Lombardia.

Desde 2004, seis encontros familiares já foram realizados no Rio Grande do Sul, com o objetivo de promover a integração entre as diversas gerações. A reuniões ocorreram nos municípios de Garibaldi, Progresso, Boqueirão do Leão e Treze de Maio.

A sétima edição, neste domingo, é pautada no tema Família: A Fonte da Vida, numa tradução do italiano Famiglia: La Fontana della Vita.

Comentários (3)

  • Luciene dos Santos Rosa Gontijo diz: 28 de janeiro de 2016

    Olá! Apesar de não possuir o sobrenome Fontana, sou descendente de Antonio Fontana Que Chegou no Porto do Estado do Espirito Santo em 1876. Ele era da Família Fontana de Trento ( Trentino-Alto Ádige). Quando meu Tataravô faleceu não sabia de outros de sua família aqui no Brasil, pois veio primeiro e não conseguiu contato com familiares após aportar no Brasil. Creio que somos da mesma descendência dos Fontana’s. Nós estamos tentando contato com outros para identificar nossos parentes. Espero que vcs sejam alguns deles. Esperamos Contato. Ass: Os Descendentes de Antônio Fontana.

  • Dalva Maria Soares Fernandes diz: 15 de julho de 2016

    Também veio da Itália e desembarcou no Espirito Santo o avô da minha.Pedro Fontana.
    Hoje as pessoas moram em Cachoeiro de Itapemirim ES.
    Um abraço,
    Dalva

  • david batista fontana diz: 4 de setembro de 2016

    Gostaria muito de informação ate porque eu e minha familia assinamos o sobrenome batista fontana . eu meus temos esse sobrenome então querendo descobrir se meu avo ou bisavo deixaram algum parente aqui no brasil ou na italia somos humildade e não temos condições de viaja pra ver isso .meu avo falava muito da cidade de piemonte e dessa região com que faço para mim descobri isso . por favor fico grato

Envie seu Comentário