Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

140 anos de imigração: encontro da família Casali

26 de outubro de 2015 2

Eugênio e Cecília Casali com os filhos em meados dos anos 1930. Foto: acervo de família, divulgação

O 1º Encontro da Família Casali promete reunir centenas de descendentes no próximo sábado, dia 31, na sede da AABB, em Antônio Prado. Tudo para celebrar uma trajetória iniciada em meados da década de 1890, quando os primeiros representantes da família aportaram no Brasil.

Oriundos da localidade de San Pietro di Barbozza, província de Treviso, na Itália, o pequeno Eugênio Casali, com poucos anos de vida, e os pais, Ferdinando Casali e Fabiola Morgantin, estabeleceram-se no interior de Antônio Prado, onde receberam um lote de terras na costa do Rio Leão, no Distrito de 2 de Julho.

Irmão de Bortolo Casali e Victoria Casali, provavelmente nascidos também na Itália, Eugênio casou duas vezes. Da união com a primeira esposa, Angela Basso Casali, nasceram 11 filhos. Do casamento com Cecília Fusinato Casali vieram outros 13, totalizando 24 descendentes – quatro deles ainda vivos: Virginia, Osvaldo e José, residentes em Caxias, e Rugero, morador de Antônio Prado.

Na imagem acima, Eugênio, a segunda esposa, Cecília, e os filhos dos dois casamentos. Na fila de trás, a partir da esquerda, estão Clelia, Antonia, Dosolina, Fabíola, Maria, Ana e Fedora. Na fila ao centro, Mario, Angela, Vitorio, Fernando, Angelo, Ernesto (de bigode), Virginia e Antonio. Junto aos pais, Alice, José (no colo da mãe), Osvaldo, Inês, Mansueto e o patriarca Eugênio. Ainda não eram nascidos os filhos Marino, Rugero, Cláudio e Rita, falecida com apenas 15 meses.

O patriarca Eugênio Casali faleceu em 21 de fevereiro de 1952, aos 68 anos.

Clique nas imagens para ampliar.

Máximo Casali com a esposa. Foto: acervo de família, divulgação

O irmão Luigi

Por volta de 1890 também desembarcou na Serra o imigrante Luigi Casali, irmão de Ferdinando. Casado com Maria Sartori Casali, ele acabou estabelecendo-se em Caxias do Sul. Na foto acima, um dos filhos de Luigi, Máximo Casali, com a esposa.

Abaixo, os filhos de Máximo: Olga, Odila, Lourdes, Ítalo, Alberto, Mário, João, Oscar e Aldo. Anita e Antonieta não aparecem na foto.

Os filhos de Maximo Casali na década de 1950. Foto: Ary Pastori, acervo de família, divulgação

Casamento em 1919

Abaixo, um registro do casamento de Victoria Casali (filha de Ferdinando) e Giusepe Marcolini em 1919. Na sequência, o mesmo casal com os filhos em janeiro de 1952. Da esquerda para direita, atrás, estão Maria, Zelaide Emilia, Lurdes Margarida, Odete Judithe, Gilberto José, Luis Antonio e Fernando. À frente, Ieda Líbera, os pais Victoria e Giuseppe e a filha Mirian Marcolini.

O casal teve um total de 11 filhos, mas dois faleceram bastante jovens.

O casamento de Victoria Casali e Giuseppe Marcolini em 1919. Foto: acervo de família, divulgação

O casamento de Victoria Casali e Giuseppe Marcolini em 1919. Foto: acervo de família, divulgação

A família de Victoria Casali e Giuseppe Marcolini em 1952. Foto: acervo de família, divulgação

O encontro

Mais detalhes sobre o encontro pelo e-mail casaliosmar@yahoo.com.br ou na comunidade Família Casali, do Facebook.

Parceria

Informações desta coluna são uma colaboração do leitor Osmar Casali, neto de Eugênio.

Comentários (2)

  • Afonso Cardoso diz: 3 de junho de 2016

    Bom dia, Casalis!
    Interessante, sou também um descendente Casali, minha avó materna, chegou ao Brasil em 1896, com 11 meses de idade, segundo ela, a família era da região de Parma, desembarcaram no Rio de Janeiro, sendo enviados posteriormente para a cidade de Goianá, aqui em Minas, fico pensando será que temos algum grau de parentesco?
    Seja lá como for, foi bom saber que há Casalis, também no sul!!
    Abraço a todos!!

  • Lucia Maria Casali diz: 6 de julho de 2016

    Boa Noite,
    Há algum tempo, fiz uma busca infrutífera por meus antepassados.
    Meu avô GIOVANNI Casali, nascido em Viadana, Mantova, chegou ao Brasil provavelmente em 1822, juntamente com seus pais GIUSEPPE CASALI e FILOMENA SACCANI, bem como seus irmãos TERCILA e ANTONIO, todos de Viadana, Manova. Estabeleceram-se na Colônia Silveira Martins, onde tiveram mais dois filhos; José e Luiz Antonio.
    Não sei se temos antepassados em comum, mas fico feliz em saber que existem mais pessoas com o nome CASALI.
    Parece-me ser uma família com muitos ramos.
    Sou feliz por ser uma CASALI.
    Abraço a todos.

Envie seu Comentário