Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

140 anos de imigração: encontro da família Cavalli

29 de outubro de 2015 1

Encontro reuniu centenas de descendentes em São Gotardo. Foto: acervo família Cavalli, divulgação

O Salão Paroquial de São Gotardo, em Flores da Cunha, recebeu no último domingo, dia 25, o primeiro encontro da família Cavalli. Com a presença de centenas de descendentes, a festividade incluiu missa celebrada pelo Frei Alvaro Moré, seguida de almoço de confraternização.

Tudo para recordar de uma trajetória iniciada por volta de setembro de 1877, quando os primeiros representantes dos Cavalli aportaram no Brasil. Oriundos da localidade de Valstagna, província de Vicenza, Itália, Antonio Maria Cavalli e a esposa Maria Lazzarotto, juntamente com o casal Giovanni Maria Cavalli e Rosa Smaniotto, estabeleceram-se na localidade de São Gotardo, antiga Nova Trento, hoje Flores da Cunha.

Clique nas imagens para ampliar.

Os imigrantes italianos Antonio Maria Cavalli e Maria Lazzarotto. Foto: acervo família Cavalli, divulgação

Os descendentes

Conforme informações disponibilizadas pela família, Giovanni Maria Cavalli teve sete filhos – o primogênito Pedro Cavalli I casou-se com Luiza Primo, com quem teve mais 14, todos já falecidos.

Já Antonio Maria Cavalli, irmão de Giovanni, também teve sete filhos: seis mulheres e um homem, o caçula Pedro Cavalli II, que casou com Maria Pellin. Dessa união nasceram outros 13 descendentes: oito homens e cinco mulheres, das quais ainda vivem Amélia Cavalli Casagrande e Maria Julheta Cavalli.

O casal Giovanni Maria Cavalli e Rosa Smaniotto. Foto: acervo família Cavalli, divulgação

O casal Giovanni Maria Cavalli e Rosa Smaniotto. Foto: acervo família Cavalli, divulgação

Tradição

As terras destinadas aos dois irmãos Cavalli que chegaram à Serra em 1877 ainda pertencem aos seus descenden-tes. Vários deles, inclusive, ainda moram lá.

Encontro da família Casali movimenta Antônio Prado.

Encontro da família Fontana em Flores da Cunha.

Imigração alemã: encontro da família Knob/Knopp.

Comentários (1)

  • Edilia Dartora diz: 11 de abril de 2016

    Boa Noite! A avó de meu esposo era Felicita Cavalli, filha de Bortolo Cavalli. Faço a genealogia da família. Preciso de dados.

Envie seu Comentário