Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Encontro da família Guidali: uma vidraçaria que marcou época

11 de dezembro de 2015 0

O casarão de madeira dos Guidalli em 1965: vidraçaria funcionava no térreo, enquanto que a família morava no segundo andar. Foto: Hildo Boff, acervo pessoal de Ricardo Boff, divulgação

O encontro da família Guidali neste sábado (12) serve para recordarmos de um dos clássicos endereços comerciais do Centro de Caxias.

Fundada em 1924 pelo empresário Dante Guidalli e o sócio Marcelo Bravatti, a Vidraçaria e Funilaria Guidalli marcou época na Rua Sinimbu, 1.680, ao lado do Eberle, até por volta de 1980 – com a morte de Dante, em 1964, o negócio passou a ser tocado pelo irmão Germano Zulmiro.

Trinta anos depois da inauguração, o espaço que comercializava vidros, espelhos e molduras já era tradicional na cidade. Tanto que em maio de 1954 integrou a lista dos estabelecimentos mais lembrados pelos caxienses na categoria “vidraçarias”. Foi quando o jornal Diário do Nordeste, a Rádio Caxias e a Continental Press promoveram um badalado concurso para escolher os “Vencedores da Grande Pesquisa de Preferência Popular”.

Além da Vidraçaria Guidali, entraram nessa lista estabelecimentos em atividade até hoje, como a Casa Magnabosco, a Ótica Martinato e a Fábrica de Produtos Químicos Veronese.

Na imagem acima, o antigo casarão de madeira dos Guidali captado durante um desfile da Festa da Uva de 1965, quando saíram no carro alegórico da Fras-le as filhas de Francisco Stedile e Amabile Zanandrea Stedile: Dolaimes Stedile Angeli (no alto) e Véra Stedile Zattera (sentada à esquerda). Ao fundo, a Metalúrgica Abramo Eberle.

Clique nas imagens para ampliar.

Vidraçaria Guidalli e os preferidos dos caxienses em 1954.

Dante Octávio Guidalli, fundador da vidraçaria em 1924. Foto: acervo de família, divulgação

Dante Octávio Guidalli, fundador da vidraçaria em 1924. Foto: acervo de família, divulgação

Três gerações: Zila Guidalli, a mãe Angelina Venzon Guidalli (esposa de Dante) e a avó Clementina Cassol Guidalli, com o bisneto Gilberto no colo. Foto: acervo de família, divulgação

Os irmãos

Dante Octávio Guidalli (com dois “L”) foi casado com Angelina Venzon Guidalli, com quem teve os filhos João Venzon Guidalli, Zóla Guidalli De Carli e Zila Guidalli Streher.

Já o irmão Germano Zulmiro uniu-se a Zelinda Cleonice Galon Guidali, com quem teve os filhos Sergio Edson Galon Guidali, Silvia Joana Galon Guidali, Sandra Maria Guidali Weil e Solange Teresinha Guidali Amaral.

Família Guidali: doces de dar água na boca e um casarão no bairro São Pelegrino.

O jovem Germano Zulmiro Guidalli em finais dos anos 1930. Foto: acervo de família, divulgação

O jovem Germano Zulmiro Guidalli, irmão de Dante, em finais dos anos 1930. Foto: acervo de família, divulgação

Em 1952: Germano Zulmiro, a esposa Zelinda e os filhos Sergio, Silvia (à frente) e Sandra (no colo). Foto: acervo de família, divulgação

Em 1951

Nota publicada no jornal Diário do Nordeste de julho de 1951 destaca mudanças na sociedade da Vidraçaria Guidalli (então chamada de Vidraçaria e Funilaria Central), quando Dante Guidalli passou a ser o único proprietário do estabelecimento.

Clique na imagem para ler o texto original da época.

Foto: reprodução jornal Diário do Nordeste, acervo Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

Envie seu Comentário