Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 15 agosto 2009

Candidatas a mamães

15 de agosto de 2009 0

Josiane, mãe da Valentina, dá suas dicas para as futuras mamães/Arquivo Pessoal
Não tá no gibi o que recebo de manifestações do tipo: “não sou mãe, mas leio o blog de vocês para já ir treinando”. Pois em nome dessas atentas futuras mamães, o Em Nome do Filho foi atrás de respostas. Afinal, o que as candidatas a mamães precisam saber antes de assumir essa que eu defendo ser a mais compensadora das missões?

As mamães aqui do Grupo RBS Santa Maria me ajudaram nessa tarefa… E aí vão…

AS 22 COISAS QUE AS CANDIDATAS A MAMÃES PRECISAM SABER…

1 - Que elas não serão mais prioridades em suas vidas. Nunca mais 

2 - Que não há nada mais compensador na vida do que acordar de manhã com um “Eu te amo, sabia, mamãe?” (Josiane Arruda, mãe da Valentina, 3 anos)

3 - Que elas não vão mais tomar banho descansadamente sem tempo para acabar. E nem dormir sem hora para acordar

4 - Que elas vão se transformar em pessoas mais tolerantes, pacientes (Giordani Vargas, mãe da Laura, de 9 anos, e gestante de 7 semanas)

5 - Que nenhum medo que elas têm vai ser maior do que o de perder o filho ( Lízia Cocco, mãe da Helena, 9 anos)

6 - Que elas vão descobrir o que, verdadeiramente, é o amor

7 - Que ficar uma noite inteira acordada não será mais tão divertido (Angela Reis, mãe da Priscilla, 21 anos)

8 - Que elas quase não vão mais ficar doentes. O bem-estar do pupilo nos faz, muitas vezes, subliminarmos dores

9 - Que elas nunca mais estarão sozinhas neste mundo. Sempre terão alguém ao seu lado, incondicionalmente (Anelise Machado, mãe do Pedro Gabriel, 6 anos)

10 - Que cada homenagem pelo dia das mães vai provocar uma emoção maior do que qualquer prêmio recebido

11 - Que elas vão se tornar pessoas mais generosas, e todo mundo vai virar meio filho delas (Giordani Vargas, mãe da Laura, de 9 anos, e gestante de 7 semanas)

12 - Que até uma coriza do filho será capaz de lhe roubar o ar (Lízia Cocco, mãe da Helena, 9 anos)

13 - Que, quando os filhos se machucam ou caem, sempre o marido vai dizer que a culpa é da mãe (Josiane Arruda, mãe da Valentina, 3 anos)

14 - Que elas precisam estar preparadas e seguras para enfrentar o que surgirá (a primeira dor de barriga, o primeiro tombo, as perguntas inesperadas) – (Anelise Machado, mãe do Pedro Gabriel, 6 anos)

15 - Que os maridos vão sentir ciúmes, e, às vezes, vai ficar difícil atender aos dois com a mesma dedicação

16 - Que elas serão mais compreensivas com suas mães. As palavras ditas por elas farão total sentido (Giordani Vargas, mãe da Laura, de 9 anos, e gestante de 7 semanas)

17 - Que sempre haverá alguém que dependerá delas dali para a frente. Para tudo (Anelise Machado, mãe do Pedro Gabriel, 6 anos)

18 - Que é preciso estar pronta para abdicar de si e estar atenta ao futuro da cara metade (Rosemar Thies, a Rose, mãe do Rafael, 24 anos)

19 - Que problemas no trabalho terão uma dimensão muito menor na sua vida e que serão tirados de letra

20 - Que o tempo vai passar ainda mais rápido. E que elas precisam aproveitar cada fase do filho. Num dia nem sabem falar, no outro, já estão no MSN, no Youtube… (Bianca Hampe, mãe da Maria Luiza, 6 anos)

21 - Que o filho cresce e precisa alçar voos, mesmo longe da nossa proteção. É preciso prepará-lo para um mundo muito diferente do nosso, feito de derrotas e vitórias (Rosemar Thies, a Rose, mãe do Rafael, 24 anos)

22 - Que elas podem já ter se arrependido de muita coisa na vida, mas que nunca irão se arrepender de ser mães (Anelise Machado, mãe do Pedro Gabriel, 6 anos)

Postado por Fabiana Sparremberger

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...