Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 20 janeiro 2010

Passa tempo...

20 de janeiro de 2010 2

Queria dormir e me acordar daqui a um mês. Fico em casa em repouso e o tempo não passa. Parece ironia. Ao mesmo tempo que espero que os dias voem, torço para que a Antonela não venha antes do tempo…

São 32 semanas de gestação, ela ainda não tem 2 quilos e, portanto, se viesse agora (antes do tempo) ficaria numa CTI de hospital. O pulmão ainda não está totalmente formado e ainda precisa de um certo tempo para nascer forte e saudável.

Para segurá-la tomo rigorosamente a medicação… As vezes ficou preocupada quando a barriga endurece um pouco mais ou a cólica aperta… Nessas horas, torço para que o tempo leve rapidamente a dor embora e deixe novamente a pança mole.

Quando vou me queixar, lembro da companheira de quarto no hospital. A moça de Cacequi estava há quarenta dias naquele quarto minúsculo, quente e barulhento. Ela estava tão inchada que parecia que ia explodir ao menor toque.

Passou o Natal e o Ano Novo naquela “cela”. O tempo todo deitada naquele desconfortável leito, podendo levantar somente para ir ao banheiro.

Mesmo assim estava radiante com o pequeno Bernardo no berço ao lado da cama. Ele havia nascido a dois dias. Pesou quase 3 quilos e mediu 45 centímetros. Iriam para casa no outro dia, só esperavam pela diminuição do inchado…

- Valeu a pena… Passaria por tudo de novo – comentou sorrindo a mãe do sortudo Bernardo que sugava com voracidade cada gota do leite materno.

O contador inteligente

20 de janeiro de 2010 1

O novo brinquedo do Bruno tem revelado boas surpresas para os pais. Entre as 80 atividades e jogos que o “contador” (como o guri ainda o denomina) oferece, os preferidos do guri são os que envolvem as letrinhas. Em um deles, a palavra aparece com as letras misturadas, e a tarefa é colocá-las no lugar certo. Por exemplo, acmaoc (macaco). Já brinquei muito com ele, dei as dicas que julguei importantes no desenrolar da tarefa, e passei a observar como ele assimilou o aprendizado.
E tenho tido boas surpresas, principalmente nas palavrinhas menores, que ele já consegue formar sozinho, com sucesso. Como a escolinha já trabalhou o alfabeto inteiro com os pequenos, não é raro nos surpreendermos com o Bruno dando forma às primeiras palavras. Depois de ele conseguir escrever o nome sozinho, foi tudo muito rápido. E tem sido um enorme prazer poder acompanhar todo o seu desenvolvimento, vibrar com cada conquista e incentivar novas descobertas, inclusive as acompanhadas por sucessivos erros. Mesmo quando a palavra não sai nos conformes, e o guri se frustra bastante com isso, é uma oportunidade para aprendermos. A exercitarmos a paciência, a tolerância e a perseverança. Inúmeras são as lições propiciadas pelas brincadeiras, a colheita do aprendizado depende só dos alunos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...