Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 5 julho 2010

Avô "sexygenário"

05 de julho de 2010 2

A Antonela completou cinco meses no último dia três de julho, junto com as seis décadas do vovô Hugo, o “Sexygenário”. Alguns amigos mais brincalhões chegam a chamá-la de “seu Hugo”. Não tem problema se puxar a aparência e inteligência… Como a Fabi sempre me lembra que o blog é pessoal, aproveito a oportunidade para fazer uma simplória homenagem ao velho pai e novo avô.

Ele completa sessenta anos no auge da forma física e mental.

As vezes, é difícil compreender o seu raciocínio complexo… É como usar um fusca (a turma dos apaixonados por fusca que me perdoe) para perseguir um carro de formula 1.

Trocou a física pela filosofia.

Adora relembrar “causos” de uma juventude heróica e memorável ao lado dos irmãos em São Luiz Gonzaga.

Um “vozeirão” único.

Contestador por natureza, respeitador por opção.

Aceita e respeita toda a forma de diversidade, seja sexual, musical ou etílica.

Ao invés de falar das pessoas, discute ideias.

Ao ouvir o vovô, a pequena se derrete em sorrisos. Nos próximos anos ela puxará o coro: “parabéns para você, muitos anos de vida, muitas felicidades vovô Hugo”.

Nova integrante no blog

05 de julho de 2010 3

O blog ganha mais uma colaboradora a partir desta segunda-feira. Ela mesma se apresenta no post que segue.

Leonardo. Prazer, meu nome é Livia Meimes, tenho 30 anos, sou jornalista da Zero Hora. Mas há cinco meses e quatro semanas nada mais importa do que essa figurinha aqui da foto.

Nem quem eu sou e nem o que eu faço. Tá, importa sim. Mas é tudo pensando no pecurrucho. O Leonardo, “virado em bochechas”, como já disseram, nasceu dia 11 de janeiro bem pitoquinho, com dois quilos e meio, e não parou mais de crescer. Prestes a completar seis meses, já pesa sobre os nossos ombros, com seus quase dez quilos e bom humor incontestáveis.

Toda mãe é orgulhosa da sua cria e falar das coisas boas é fácil demais. Mas nem tudo são flores quando a gente se vê em situações angustiantes, como passar horas longe, lidar com uma virose, ou um choro desesperado que a gente não tem nem ideia do que seja. Por isso quero dividir aqui, neste espaço, tanto as coisas boas quanto as não tão boas, digamos assim. Porque não existem mais coisas muito ruins quan do se tem uma criaturinha dessas pra vida toda.

Dúvidas, angústias, dicas práticas, questionamentos, pontos de vista serão bem-vindos aqui, e tem que estar na pauta do dia de todas as mães. Caso contrário, a aventura d a maternidade seria barbada.

E, para isso, nada melhor que as novas tecnologias de comunicação.

Até mais.

Cardápio para grávidas

05 de julho de 2010 0

O Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) está promovendo, até 19 de julho, um curso voltado às gestantes atendidas no local, para as futuras mamães da comunidade acadêmica da Universidade Federal de Santa Maria e para as que fazem pré-natal nos postos de saúde de Santa Maria. Os encontros, que podem ser acompanhados também pelo pai, por familiares e amigos, têm temas que abrangem toda a gestação, desde hábitos e cuidados saudáveis com a higiene bucal, postura corporal até o preparo para o parto. A amamentação, os cuidados com os recém-nascidos e com a mãe no pós-parto também estão sendo tratados.  
A pedido da coluna e do blog Meu Filho, a nutricionista Juliana Ebling Brondani, uma das profissionais do curso de gestantes, elaborou algumas dicas para as gestantes quanto à alimentação. Confira:

Os alimentos indicados
Os mais naturais possíveis, nutritivos e ricos em vitaminas, minerais, carboidratos e proteínas (cereais integrais, frutas, verduras, legumes, carnes magras, leite e derivados magros, feijão, lentilha entre outros)

O que o prato não deve ter
Frituras, alimentos industrializados e gordurosos, balas e doces em geral, refrigerantes e bebidas alcoólicas. Além disso, é preciso cuidar o excesso de sal, açúcar e óleo adicionados aos pratos

O número ideal de refeições
Entre 6 a 7 refeições ao dia (desjejum, colação, almoço, 1 a 2 pequenos lanches à tarde, jantar e ceia) cuidando os horários (de 3 em 3 horas)

Uso de chás
Os mais indicados são os de camomila e de erva-doce (preparados bem fracos) e ingeridos esporadicamente (não todos os dias)

Azia, enjoo e náuseas
Para evitar e/ou reduzir alguns desconfortos, a indicação é fracionar mais as refeições em 7 a 8 por dia, em horários regulares (de 2 em 2 horas) e em menor quantidade
Deve-se mastigar bem os alimentos, e evitar preparações gordurosas, frituras, doces em geral e alimentos picantes, além dos que contêm a cafeína, como café, chá preto, mate, refrigerantes
Para náuseas, incluem-se a ingestão de biscoitos salgados (tipo cream-cracker), torradas ou cereais integrais antes de se levantar da cama

Constipação

É fundamental manter uma boa hidratação, ingerindo entre 7 a 8 copos de água ou mais por dia e alimentos ricos em fibras, como cereais integrais, aveia e farelo de trigo, feijão, lentilha, hortaliças, frutas (com a casca, quando possível), além de frutas secas (ameixa, por exemplo) nos lanches (Fabiana Sparremberger)

Coluna Em Nome do Filho, publicada no Diário de Santa Maria nesta segunda-feira, dia 5. Por Fabiana Sparremberger

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...