Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 14 abril 2011

Meu Filho, Meu Tesouro (71)

14 de abril de 2011 0

Olá, meninas do blog. Esta é a foto do meu pequeno Enzo que completará 2 anos no dia 25 de maio, ao lado da prima Luiza de 8 meses. Meu filho é extremamente carinhoso. Dá para ver pelo carinho com a Luiza, o Enzo é destas criaturinhas especiais que está sempre alegre, distribuindo sorrisos e beijinhos. A maior alegria das nossas vidas.

Bjss,
Jaqueline Rodrigues

Depois da Maternidade (DM)

14 de abril de 2011 5

Vivo dizendo que a minha vida é dividida em Antes da Maternidade (AM) e Depois da Maternidade (DM). E que a segunda fase é infinitamente mais feliz e colorida do que a primeira. E isso é na vida pessoal e também na profissional. Minhas principais conquistas e alegrias na carreira de jornalista vieram depois da chegada do Bruno. Acho que a maternidade me fez uma pessoa melhor, e como consequência, uma profissional melhor. Por isso é que tenho dificuldades de entender como uma empresa decide, por exemplo, deixar de promover uma colaboradora porque ela se tornou mãe, como uma leitora do blog narrou aqui há algum tempo. A gente cresce tanto, mas tanto com a maternidade, que o caminho natural devia nos levar, sim, a uma promoção.

Claro que há exceções, mas acredito que as mulheres que viram mães têm chances muito maiores de crescer na profissão. Ficamos mais pacientes, menos estressadas (claro que mais cansadas também). Damos a um problema a dimensão que ele tem e não transformamos uma formiguinha em elefante. Ficamos mais focadas nos objetivos, conseguimos delegar mais, julgamos menos e tentamos ajudar mais. Conseguimos organizar a vida de uma forma mais eficiente… Falo por mim, mas tenho certeza que, com muitas de vocês, também foi assim.

Pois quero compartilhar com vocês uma dessas alegrias DM. Na segunda-feira, fui premiada com o 4º Prêmio Diário de Santa Maria de Jornalismo na categoria Melhor Sacada 2010. E, claro, a maternidade foi o tema do trabalho vencedor. Fui premiada pela ideia de colocar em todas as páginas do jornal, no Dia das Mães do ano passado, filhos de todas as idades, profissões e classes sociais respondendo a seguinte pergunta: Por Que a Minha Mãe é a Melhor do Mundo? (veja na capa abaixo, bem à direita).

E mãe que é mãe dedica cada conquista ao filho. Este aí abaixo é pra ti, meu filho!

Claudio Vaz

O dilema de Priscila

14 de abril de 2011 3

Olá! Meu nome é Priscila e estou enfrentando um dilema com a minha filha.

Ela fará 4 anos em maio e, desde 1 ano e 9 meses, frequenta a escolinha. Há cerca de um mês, decidi colocar ela no inglês, a turma era pequena, mas ela não conhecia nem a professora nem os outros dois colegas. Acredito que ela tenha ficado insegura, pois nos 10 minutos em que ela ficou sozinha, ela chorou e tivemos que ficar lá com ela.

Nas duas aulas seguintes, o choro se repetiu, e ela não quis ir mais. Eu não insisti. Na mesma época, ela começou a fazer balé (tudo paralelo à escolinha). Ela adora, mas, para ficar nas aulas, alguém (tia, mãe, pai, avó…) tem que ficar por perto, onde ela possa enxergar. Há cerca de uma semana, ela começou a chorar e dizer que não queria mais ir na escolinha ou que ela só ia se alguém ficasse lá.

Estou preocupada, porque ela nunca foi assim. Sempre adorou a escola, os professores e os colegas. Nem nos aniversários ela quer ir sem que alguém esteja junto.

A minha dúvida é: se isso é normal, uma fase ou se eu preciso realmente me preocupar. O que fazer?

Desde já agradeço,
Priscila Martini

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...