Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Meu filho está fora da faixa etária beneficiada...

25 de abril de 2011 1

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começa hoje beneficiando gestantes e crianças entre os seis meses de idade e menores de dois anos. Seu filho não está incluído na campanha? O que fazer? Especialistas têm opiniões diferentes.

Para a pediatra e homeopata Rosangela Marramarco Lovato, é preciso analisar caso a caso.

– Não questiono as indicações do Ministério da Saúde até porque trabalho na rede pública e seria uma irresponsável se fosse contrária à campanha. Porém, não recomendo a vacinação indiscriminada.

Rosangela afirma que a dose é indicada para crianças com histórico de problemas respiratórios, por exemplo. Antes de optar pela vacinação é preciso fazer uma análise individual dos riscos e benefícios para cada paciente.

Já para o pediatra Wilson Juchem, se a família tem condições financeiras, deve optar pela vacinação. A prevenção é indicada principalmente para crianças que tem rinite, bronquite, asma ou que tiveram algum tipo de complicação decorrente de uma gripe, como pneumonia e meningite.

– O ideal seria vacinar todas as pessoas com mais de seis meses de idade. A campanha não atinge a população inteira por causa dos custos. Em toda a história da Medicina não existe nada que tenha tido resultados mais eficientes eliminando ou prevenindo determinadas doenças do que as vacinas.

A responsável pelo programa de imunizações da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde, a enfermeira Maria Inês Segatto Hartmann é responsável pela realização da campanha em 31 municípios da região. Maria Inês lamenta que a vacina não esteja disponível para todas as pessoas, independentemente da idade.

– Não há quase efeitos colaterais. Algumas pessoas têm dor no local de aplicação, e há casos raros de um ou dois dias de febre. A vacina é feita com vírus mortos, e não produz gripe.

Nas clínicas de vacinação de Santa Maria, a vacina está sendo vendida por R$ 50. Crianças com menos de 9 anos devem tomar duas doses num intervalo de 30 dias. Acima desta idade ou se a criança já fez alguma vacina para gripe, a indicação é a dose única.

Na rede pública, se houver sobra de doses após o período da campanha que vai até 13 de maio, poderá ser fornecida vacina de graça em casos de indicação médica. (Ticiana Fontana)

O ALVO DA CAMPANHA

31 municípios da região

9.363 Crianças de 6 meses a menos de 2 anos

4.684 Gestantes


AS CLÍNICAS PARTICULARES Multivacin

(Rua Pinheiro Machado, 2.350, no Edifício Central de Clínicas. Telefone: 3222-6686)

- Dose infantil – R$ 50 (em falta, deve chegar no começo de maio)

- Dose Adulta – R$ 50

Vivacin

(Travessa Cassel, 25, bairro Nossa Senhora de Lourdes. Telefone: 3221-1323)

- Dose infantil – R$ 50

- Dose adulta – R$ 50

*** Coluna Em Nome do Filho publicada toda segunda-feira no jornal Diário de Santa Maria, de responsabilidade de Fabiana Sparremberger e Ticiana Fontana. O texto de hoje é de Ticiana Fontana.

Comentários (1)

  • claudia nara benites monteiro diz: 25 de abril de 2011

    É BRASIL MESMO O GOVERNO QUER ASSASSINAR MESMO OS DESPROVIDOS DE TUDO PORQUE NÃO VACINAR TODOS ISSO É DESCRIMINAÇÃO HUMANA.

Envie seu Comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...