Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sobre a negligência no berçário em Goiânia

07 de julho de 2012 2

Todos os posts de Camila Saccomori

Vocês estão acompanhando o trágico incidente ocorrido em um berçário em Goiânia no início da semana? Dois bebês caíram na piscina do local e se afogaram. Duas portas e um portão dão acesso à piscina. As funcionárias e os donos foram interrogados para descobrir o que aconteceu.

Não é preciso ser adivinho para saber que houve negligência de alguma forma. Não foram as crianças que abriram os portões e se jogaram na piscina, é óbvio.
Já ensaiei algumas vezes escrever um post sobre este tema, mas um mix de sentimentos ruins me invade (raiva, angústia, medo, pânico, tristeza) e eu não consigo. Travo. Algo assim mexe demais com a gente. Mexe demais com qualquer mãe que deixa seu tesouro aos cuidados de uma escola de educação infantil.

Tenho várias perguntas que não querem calar, mas a principal delas é: por que raios há uma piscina em um berçário? É algo que não entra na minha cabeça.

Comentários (2)

  • Grazi diz: 9 de julho de 2012

    Provavelmente porque, como em vários berçários, a estrutura não foi projetada para esse fim… Provavelmente era uma casa que alguém resolveu transformar em creche… (ouvi na TV que não tinha licença, não sei se a informação procede); enfim, ninguém estava preocupado com a segurança desses inocente…

  • Vanessa Pacheco Bastos diz: 9 de julho de 2012

    Oi Camila.
    Foi extamente este questionamento que fiz diante da TV quando vi a notícia: “porque um bercário teria uma piscina?” Realmente, algo que não me entra na cabeça…

Envie seu Comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...