Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "dia dos pais"

Emocionante Dia dos Pais...

14 de agosto de 2012 1

Todos os posts de Fabiana SparrembergerFiquei extremamente comovida com dois episódios que envolveram o Dia dos Pais. O primeiro foi na homenagem feita na escola do guri. Entre as atrações da manhã de sábado, estava um “treino” de artes marciais envolvendo pai e filho(a). Em dupla, eles faziam os movimentos indicados pelo professor que comandava a diversão de um palco do ginásio. Muito pai se esforçou e muito para fazer bonito diante do filho, e as risadas tomaram conta da atividade. A cumplicidade entre as duplas dava ideia do quanto aquele momento de confraternização estava sendo importante para eles: pais e filhos.

Depois, já no final, uma professora convidava que pais e filhos fizessem juntos o alongamento final. E isso compreendia, entre os movimentos, fazer uma massagem nas costas do pai e tocar em seu rosto. Olho no olho, muito amor era revelado. E o exercício acabava com um “eu te amo”. Eu achei tão lindo aquilo tudo, tão expressivo, tão amoroso… O filho tocando no rosto do pai com um carinho tão especial… Tem melhor presente?

Para terminar o domingo dos pais, uma reportagem no Fantástico trazia mais um pai especial de um filho também muito especial. Quem não viu, clique aqui e se emocione.

Ao ver meus olhos cheios de lágrimas, o pequeno consolou:

- Mãe, os meus olhos também ardem assim de vez em quando. Não se preocupa que logo passa…

A lição do pai do Uruguai

13 de agosto de 2012 1

Todos os posts de Ticiana Fontana

Aprendi com meu pai a gostar do Uruguai e de seu povo, que sempre me chamou a atenção pela educação e pelo jeito simples de viver. Em uma praça de Montevidéu, um pai sentou em um banco para cuidar da filha que brincava no local.

Ele dividia a atenção entre a criança e um velho uruguaio que puxava conversa animada, entre um mate e outro. Da boca desdentada do “tio”, saíam histórias maravilhosas a respeito do Brasil e do Rio Grande do Sul. O conhecimento do senhor castigado pelo tempo, fez o jovem pai envergonhar-se por conhecer tão pouco da história rio-grandense e ficou cada vez mais bem impressionado com aquele povo surpreendente.

No Dia dos Pais, comemorado ontem, veio-me à cabeça o discurso do presidente do Uruguai, José Mujica (abaixo), durante a Conferência das Noaões Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio + 20, em junho no Rio. Para ler e refletir:

Pais, está na hora de lutar por outra cultura

“Nós viemos ao planeta para sermos felizes, porque a vida é curta e rapidamente se vai. E nenhum bem vai mais do que a vida, isso é claro! Mas a vida vai se passando e, nós, trabalhando e trabalhando para consumir mais, e a sociedade de consumo é o motor, porque em última análise, se o consumido está paralisado, a economia para, e se você parar a economia, o fantasma da estagnação econômica aparece para cada um de nós. Mas este hiperconsumo, este que está agredindo o planeta. E eles têm de acelarar este hiperconsumo, fazendo coisas que durem pouco, porque é preciso vender muito. (…) Temos que trabalhar e temos que sustentar uma civilização que ‘usa e joga fora’, e por isso estamos num círculo vicioso. Estes são problemas de caráter político, que estão dizendo que está na hora de começar a lutar por uma outra cultura. Não se trata de retornar para os dias dos homens das cavernas ou ter um ‘monumento ao atraso’. Mas não podemos continuar indefinidamente sendo governados pelo mercado, e sim, temos de governar o mercado. Então eu digo, na minha humilde forma de pensar que o problema que temos é político. Os antigos pensadores – Epicúreo, Senéca, inclusive os Aymaras – definiam: Pobre não é quem tem pouco, mas sim o que necessita infinitamente muito, e deseja, e deseja, mais e mais. Isso é crucialmente de caráter cultural. Então, eu saúdo os esforços e acordos que são feitos. Eu vou segui-los, como governante. Sei que algumas coisas que eu estou dizendo ‘perturbam’. Mas devemos perceber que a crise da água e a agressão ao meio ambiente não são as causas. A causa é o modelo de civilização que nós construímos. E nós temos que rever o nosso modo de vida. Eu pertenço a um país pequeno e bem dotado de recursos naturais para viver. No meu país há pouco mais de 3,2 milhões de habitantes. Mas há cerca de 13 milhões de vacas, das melhores do mundo. E cerca de 8 milhões e 10 milhões de excelentes ovelhas. O meu país é um exportador de alimentos, laticínios, carne, uma planície onde 90% da terra é aproveitável. Meus amigos trabalhadores lutaram arduamente para conquistar direito às máximas 8 horas de trabalho. E agora eles estão conseguindo o direto às 6 horas. Mas aqueles que conseguiram 6 horas, agora precisam ter dois empregos, portanto trabalham mais do que antes. Porquê? Por que eles têm uma infinidade de despesas, a motocicleta que comprou, o automóvel e pagar contas, e contas. E quando você acordar, perceberá que é um velho reumático como eu, e se passou toda a vida. E um dia fará esta pergunta: este é o sentido da vida humana? Essas coisas que eu digo são elementares: o desenvolvimento não pode ir contra a felicidade. Tem que ser a favor da felicidade humana, do amor ao planeta Terra, às relações humanas, do amor aos filhos, de ter amigos, ter somente o necessário. Precisamente, porque este é o tesouro mais valioso que temos. Quando lutamos pelo meio ambiente, devemos lembrar que o primeiro elemento do meio ambiente se chama felicidade humana.”

 

Coluna Em Nome do Filho, publicada todas as segundas no Diário de Santa Maria

Pai, você merece!!!

11 de agosto de 2012 3



Lindas homenagens chegaram ao blog enviadas por filhos e esposas.

Parabéns aos pais, especialmente os que ganharam o lindo presente abaixo!

Um domingo cheio de emoção e carinho para todos!


Papai Eleandro
Feliz Dia dos Pais!!! Amo tu, “babai”…
Laura Grigolo, 1 ano (Santa Maria)

Papai Bruno

Quero, sim, homenagear o pai das nossas vidas, minha e do Pedro! Eu, não tenho meu pai vivo desde os 4 anos, mas lembro dele, da sua dedicação com 3 filhas meninas com diferença de dois anos cada uma. Lembro do seu cuidado e carinho. Cuidado e carinho que hoje posso ver o meu filho recebendo do pai dele, o Bruno. É um superpai, tipo de pai que ajuda com todas as tarefas. Desde o nascimento, ajudou com os banhos, trocas de fraldas e colocar p/ arrotar na madrugada…
Feliz Dia dos Pais e obrigada por ser este pai exemplar e amigo!!!
A homenagem para o pai Bruno Hostyn é do filho, Pedro, 2 anos, e da mãe, Greice (Porto Alegre)

Papai Pablo
Pablo! Todo dia é dia de homenagear um marido e pai tão maravilhoso.
Mas aproveitamos essa data para deixar público nosso agradecimento e amor.
Obrigada pela sua constante presença, carinho e cuidado conosco.
Seu abraço aconchegante é nosso refúgio e fortaleza.
Que Deus sempre conceda a paz em nosso lar.
Te amamos muito, muito, muito…pra sempre.
Feliz Dia dos Pais.
Homenagem da filha Maria Eduarda (Duda) – 3 anos – e da Fernanda
*Papai mora em Macaé/RJ

Papai Paulo Cesar
Para o papai Paulo Cesar Lemes Borba, obrigado por todo carinho e amor que me dedicou desde o meu nascimento. Te amo demais.
Abração do teu filho Arthur Tondo Borba

Papai Alexandre
Quem faz esta homenagem é Guilherme Guindani da Silva, 2 anos e meio, para o papai Alexandre Borges da Silva de Alvorada.
Papai, obrigado por acordar de madrugada para me pegar em meu berço quando a mamãe não me ouviu…
Obrigado por jogar 356891 vezes o mesmo jogo de videogame e não atingir objetivo nenhum pois eu só quero ver o carrinho cair na água.
Obrigado por acordar comigo às 6h30min da manhã de sábado e ir jogar bola na sacada.
Obrigado por brincar de carrinho, de motoca e de tudo o que eu quiser.
Obrigado por trocar a minha fralda, mesmo que não seja uma tarefa agradável.
Obrigado por vibrar pela melhora de minha saúde e por cada grão de arroz que eu comi do prato.
Obrigado por simplesmente me deixar seguir seus passos e segurar a minha mãozinha.
Daqui a pouco, eu não serei mais tão “grudado” em você, mas saiba sempre eu eu te amo!!!
Beijos do Guilherme.  
Quem escreve é a mamãe Catia

Papai Vinicius

Que neste domingo tão especial e em todos os outros dias dos pais, você seja revestido das bençãos de Deus. Temos orgulho por sermos seus filhos.
Te amamos !
Feliz Dia dos Pais.
Beijos, com muito amor, da Isabela e do Davi Lima Druzian,4 meses.
A homenagem é para o papai Vinicius Soares Druzian (Santa Maria)

Papai Felipe
Papai, que no começo tinha medo, receio, dúvidas…
Papai, que sempre ergueu as mangas e se prontificou a ajudar, a aprender e a amar…
Papai, que dá banho, troca fralda, faz dormir e brinca de montão…
Papai, que ensina a jogar bola, a pintar, e que todos os dias assiste seu DVD favorito (que é o do Patati, Patatá)…
Papai, que acorda às noite, faz mamadeira, leva e busca na escolinha e, em agradecimento, ganha beijos estralados…
Hoje, digo que temos em casa um grande homem, marido, amigo e um excelente pai, que está sempre
pronto a aprender e a ensinar, és nossa paixão…
E o resultado de tanto empenho?
Um filho totalmente apaixonado e encantado pelo pai…
Parabéns papai Felipe. És nosso herói e o amamos muito!
Feliz Dias dos Pais !!!!
“Um pai tem a sabedoria de um mestre e a sinceridade de um amigo”
Filho: Enzo Gabriel S. Antunes, de 1 ano e 11 meses.
Quem está fazendo a homenagem é a mamãe Vanessa  (São Leopoldo/RS)

Papai Jaime

Pai!
A distância nos separa fisicamente, mas estamos sempre por “perto” de coração e em oração.
Feliz Dia dos Pais. Que Deus te abençoe sempre.
Um abraço bem apertado, das filhas que te amam.
Tita, Lu, Paula e Nanda
Filhas: Patrícia, Luciana, Ana Paula e Fernanda
Pai: Jaime Guilherme Homrich – mora em Santa Maria

Papai Clovis
Pai, quero agradecer pela oportunidade de ter você. E que Deus lhe guarde, lhe proteja sempre, pois você é muito especial.
Nós te amamos!!!
Dayani Rodrigues, 24 anos, e Willian Rodrigues, 23 anos
Homenagem para o papai Clovis Rodrigues (Santa Maria)

Papai Yuri
Pai, fico feliz quando você está próximo. Adoro nossas brincadeiras.
Você tem um jeito especial para lidar comigo. Você é meu superpaizão.
Homenagem da filha: Isabella, 1 ano e 9 meses
Cidade: Porto Alegre

Papai Ronaldo
Pai, obrigada por tanto amor e dedicação.
Sua vida nos enche de ensinamentos.
E seu carinho como avô é surpreendente!
Homenagem dos filhos: Vanessa,35; Stella, 30, e Rodrigo, 25
Cidade: Porto Alegre

Papai Ary
Querido papai, obrigado por transformar a minha vida em felicidade, em trazer amor todos os dias só para mim, em cuidar de mim e da minha saúde como um guerreiro e principalmente por me amar com o amor mais puro e verdadeiro do mundo todos os dias.
Por isso, tu és tão importante, pai, e eu te amo.
Com carinho do teu filho Thomaz Contessa Moreira Pinto, 3 anos.
O texto foi escrito por Ana Paula Contessa Moreira Pinto
Homenagem para o papai Ary Moreira Pinto Júnior (Porto Alegre)

Papai Pimenta
“PAI, a força e importância dessa simples palavra abrange todo amor do mundo, pai é o porto seguro, o ponto para buscar forças e encontrar uma fonte inesgotável de amor.
Pai é amigo, é amor, mas é mais que isso: é Pai.” (Luis Alves)
Papai te amo muito, parabéns pelo seu dia.
De Cássia Dutra, 34 anos, para o papai Luis Alves, de Tramandaí

Papai Eduardo

Obrigado, por ser este pai maravilhoso, carinhoso, atencioso para nossa filha que muito te ama!!!
Feliz Dia dos Pais!!! Te amo!!!
Filha Laura 2 anos, mamãe Cássia 34 anos.
Cidade do Pai, Porto Alegre.

Papai Marco Antonio

Você não vira morcego como o Batman,
Nem atira teia como o Homem-Aranha,
Muito menos voa como o Super-Homem.
Mesmo assim,  
VOCÊ É O MEU HERÓI.
Para o pai de Pedro de Campos Kirch, 6 meses, de Gravataí
Homenagem enviada por sua esposa Luciane Rodrigues de Campos

Papai Giovani
Papai, embora eu ainda não entenda, pois só tenho 9 meses, sei que este será um dos dias mais importantes da sua vida, já que é seu primeiro Dia dos Pais.
Por isso, com a ajuda da mamãe, mandei esta mensagem para agradecer por tudo que você faz e ainda fará por mim. Agradecer pelas brincadeiras, por me ensinar a caminhar, pelos passeios, pelo colinho na hora que o cansaço bate…enfim…dizer que você é muito especial pra mim. E que se entre todos os pais do mundo eu pudesse escolher qualquer um, com certeza, escolheria você.
Te amo muito! Com carinho do seu filho Bernardo.
Quem manda a mensagem é a esposa Patrícia,
A mensagem é do filho Bernardo Zanini, 9 meses
A cidade em que moramos é Serafina Corrêa (RS)

Papai Jemerson
Pai…quando vieres me visitar, vamos fazer um castelo bem grande e jogar muita bola na praia…
Te amo muito!
Eric, 6 anos. O papai mora em Santa Maria.

Papai Leri
O papai Leri é muito carinhoso! Merece que todos os dias sejam dia dos pais!! Seu sorriso ilumina nossos dias!
Ele tem duas filhas, a Luciana (31 anos) e a Patrícia (37 anos), que gostariam de mandar um beijo bem grandão e um abraço bem apertado para o Batata, apelido carinhoso do papai!
Obrigada!

Papai Gilson

Papai, pedi para a mamãe escrever para o blog para dizer o quanto te amo!
Obrigado pelas mamadeiras, pão e o papá gostoso!
Te amo de montão!
Homenagem para o papai Gilson R. Oliveira. Do Henrique Z.R. Oliveira, 1 ano e 3 meses, de Porto Alegre

Hora de homenagear os pais

10 de agosto de 2012 3

Para homenagear os pais no seu dia, o blog propõe que vocês mandem um recado para os pais de suas vidas. Não muito longo, mas cheio de amor e repleto de reconhecimento.

No título, coloque “Para o papai (nome do pai)”. E não esqueça de informar o nome dos filhos e suas idades, quem está fazendo a homenagem e a cidade onde o pai mora.

Vamos reunir todas as homenagens e publicá-las no sábado.

Surpreenda seu pai ou o pai de seu filho mandando a sua homenagem (em texto) até as 18h desta sexta-feira.

Para o e-mail fabiana.sparremberger@diariosm.com.br

Aguardamos o carinho que os pais merecem!

Capriche na criatividade e emocione quem você muito ama!


A um pai que é mãe também...

08 de agosto de 2012 19

Recebemos um relato emocionado da Marcia Amaral Marchesan de uma história de muita força e coragem de um pai para lá de especial.Abaixo, o e-mail onde a Marcia homenageia dois guerreiros. “Meu irmão merece estahomenagem, e o Pedro, também”. E a gente, do blog, assina embaixo.

arquivo pessoal

Olá , Fabiana!

Sou assinante e leitora assídua da coluna Em Nome do Filho. Acho extremamente válidas as experiências e informações que vocês passam aos pais.

Ao ler a coluna recente sobre a gravidez planejada (que também foi publicada aqui no blog), me veio essa vontade de escrever e contar a vocês a história de uma gravidez planejada e tão esperada.

E também fazer uma homenagem a meu irmão que é um superpai.

No ano passado, ele e minha cunhada tiveram a notícia que tanto esperavam: iriam ter um bebê. Meu irmão já tinha um filho adulto, do primeiro casamento dele, de onde ficou viúvo. Minha cunhada, com 42 anos, teria seu primeiro bebê. Como já tinha engravidado há anos atrás e perdido, eles cercaram-se de muito cuidados com essa gravidez.

Todos o pré-natais, nutricionista, endocrinologista, enfim, sei que todos os cuidados que ela poderia tomar com sua saúde e a do bebê foram tomados.

No oitavo mês de gravidez, a Carmem sentia canseira, o que os médicos diziam ser normal e quem é mãe sabe que isso acontece…

Porém, de uma hora para outra ela teve um amarelão, coceiras no corpo e foi internada às pressas.

E aí começou um drama. Era preciso fazer uma cesária às pressas para tentar salvar a vida dela, pois seu fígado parara completamente e diminuíra de tamanho.

Pedro nasceu no dia 28 de fevereiro, às 13h30min. Sua mãe faleceu no dia 3 de março, sem sequer conhecê-lo. De uma doença até hoje inexplicável e silenciosa.

O sonho de ser mãe foi interrompido. E, mais uma vez, meu irmão estava viúvo, agora com 57 anos e um bebê maravilhoso para criar.

O luto foi dividido com a alegria da chegada do Pedro, dois extremos nas nossas vidas.

Entender e aceitar o que aconteceu é muito difícil.

Como pode um bebê ficar sem o seu elo mais forte?

Será que esse era o destino da Carmem, vir e deixar sua semente?

Só a fé e a esperança que o Pedro nos transmite para tentar entender os desígnios de Deus.

E Ele se mostra ao dar forças ao meu irmão para criar o Pedro. Ele, como era prematuro, ficou praticamente um mês internado. Depois, veio para minha casa até os três meses (tirei uma licença do trabalho), para ele ficar maiorzinho e, assim, ir morar com seu pai.

Hoje, moram os dois na casa. O Pedro passa o dia na escolinha para o pai trabalhar. E, à noite, retorna para junto da pai, que é um superpai, pois cuida sozinho do Pedro em casa.

A família está sempre por perto, auxiliando e orientando, mas é emocionante ver os dois juntos.

O Pedro cresce saudável e feliz.

E meu irmão vai superando a dor na tarefa de ser pai e mãe ao mesmo tempo.

Um belo presente

16 de agosto de 2011 1


Este Dia dos Pais foi um dia muito especial, pois passei o meu dia com as pessoas que mais amo na vida. Como era “o meu dia”, resolvi que tiraria o final de semana para me divertir com meus pequenos.

Quando convidei eles para sairmos, notei que as figurinhas lá de casa estavam planejando uma surpresa para mim. Tinham se trancado no quarto e me falaram que eu estava proibido de entrar. Sabia que alguma coisa eles estavam aprontando.

No domingo pela manhã, meus filhos me surpreenderam com beijos e abraços e com dois belos desenhos, que guardarei para sempre, junto com os tantos que a Melissa já fez e me presenteou, e agora com o primeiro feito pelo Davi, com a ajuda da irmã, que teve de driblar as tentativas do pequeno em riscar absolutamente todos os desenhos que ela tentava fazer.

Não tem coisa melhor na vida do quer receber um presente destes, feito com amor.

Para mim não importa o valor do presente, mas que seja feito de coração, como os que recebi dos meus filhos neste último domingo.


Melissa


Davi

Ser pai é...

14 de agosto de 2011 0

Este poema foi enviado pela leitora Patricia Menezes. Gostei muito e gostaria de dividi-lo com vocês.


Ser pai é…

Ser pai é mais do que somente cumprir um papel dentro da família e da sociedade.

Ser pai é acima de tudo ser o amigo de todas as horas… é estar sempre próximo, acessível, buscando sempre estar presente na vida do filho.

Ser pai é uma missão divina, que coloca o ser humano próximo de seu criador, pois assim como o Ser Supremo que nos guia, o pai deve ser o farol dentro da vida de seus filhos, encaminhando-os no difícil trilhar dessa existência.

Ser pai é aceitar as responsabilidades que ultrapassem o limite de suas forças, mas mesmo arquejado pelo peso que o sufoca se ergue empedernido e supera, sempre lutando e alcança a vitória.

Ser pai é além de educar estar constantemente ao lado de seus filhos, abdicando muitas vezes de responsabilidades para desfrutar um jogo de bola, brincar de carrinhos, empinar pipas, andar de mãos dadas…

Ser pai é vencer o cansaço de um dia de trabalho e com o coração em festa sentar com o filho para ver um desenho animado, uma prosinha maneira, ouví-lo falar de seus aprendizados de vida, tal como eu ouvi meu filho dizendo a muitos anos atrás, como: “Pai, a “tia” nos ensinou hoje que primeiro deve estar sempre a obrigação depois a diversão”.

Ser pai é vivenciar os gatinhar de seu filho, recordar-se de suas primeiras palavras e muitas vezes gargalhar quanto a palavra dita lhe causa um sobressalto, como : “Pai vamos na putaria”, quanto o seu desejo era dizer : ” Pai vamos na portaria “… sorrisos.

Ah… O tempo passa os primeiros passinhos transformam-se em largas passadas e o garoto que um dia era um pirralho hoje lhe ultrapassa a altura.

Sim a missão é pesada e difícil, mas a recompensa virá no êxito do filho amado, no despertar e ver o homem que você criou.

(Ailton Carlos)

Feliz Dia dos Pais!

12 de agosto de 2011 4

Um dia muito especial e emocionante para todos nós. Que Deus ilumine sempre o nosso caminho para que possamos educar, amar, brincar e estar sempre perto dos nossos filhos.

Parabéns seu Getulio, meu pai que me deixou há pouco tempo, deixando muita saudade, mas que mora no meu coração. Que me ensinou sempre a fazer o certo, e que estou repassando a meus filhos.

Parabéns a todos os pais.

Veja AQUI a linda homenagem que as mamães e seus filhotes enviaram para vocês, colegas papais.


As frases vencedoras

12 de agosto de 2011 3

 

Os filhos vencedores do concurso cultural Meu Pai, Meu Campeão, escolhidos ontem, são a estudante Graciele Freitas Portella, 18 anos, de Júlio de Castilhos, e o militar Tiago Alvez Ebling, 26, de Santa Maria. Eles responderam à pergunta Por que meu pai é um campeão?. Os pais irão ganhar uma camisa oficial do time do coração (Grêmio ou Inter) e um abrigo esportivo da Praxis Active Sports.

A frase de Graciele, cujo pai é o gremista José Francisco Pomina Portella, 55 anos, instalador de rede da Corsan, é: É um campeão porque em jogadas decisivas não decepciona a torcida. Faz de cada passe um exemplo a ser seguido e se torna sempre um grande vencedor.

O colorado e representante comercial Clacir Ebling, 51, receberá o prêmio graças à frase de Tiago: Meu pai, apesar de ser colorado, nos jogos do Grêmio torce sempre ao meu lado, é campeão, afinal, faz meu fanatismo ficar de lado e torcer pelo Internacional. Os prêmios serão entregues hoje na sede do Grupo RBS em Santa Maria. O concurso recebeu 172 frases.

O pai do Vinícius

12 de agosto de 2011 0

Nesse clima de dia dos pais vale um registro bem legal. A escolinha do nosso filho da Marcia Barazzetti pediu para que o papai escrevesse sobre o que havia emocionado mais ao ser pai…. Ela pediu para a gente colocar no blog.

Depoimento do Marcos Vinícius Soares papai do Vinícius de 1 ano e 4 meses

” -Foram tantas a proezas que o Vini fez que me emocionaram que é difícil dizer qual delas é a mais emocionante. Mas um feito que me marcou, foi quando pela primeira vez, ao acordar em uma das tantas madrugadas, ele estendeu os bracinhos para eu pegá-lo no colo. Aquilo não vai sair da minha memória.
Mas como eu disse, é difícil falar sobre um fato ou acontecimento; o primeiro sorriso, a primeira vez que disse paapaaaiii, os primeiros passos, a primeira febre, e por aí vai….
Tem momentos que percebo, que está no meu colo, um ser que precisa e vai precisar por muito tempo de mim.
Ser pai, sem dúvida não é para qualquer um, é para corajosos.
TI AMO FILHO ! “

O seu pai merece

11 de agosto de 2011 7

Pegue uma foto aí do paizão com o filhote e envie para a homenagem que o blog Meu Filho está preparando para o Dia dos Pais.

O Guga, que está organizando o trabalho, pede para avisar que a homenagem está ficando bonita, mas que quer mais gente participando…

Vamos lá, mamães, caprichem na homenagem. Dediquem um tempinho desta quinta-feira para mandar a foto, não esquecendo de informar o nome do pai e dos filhos.

Hoje é o último dia para participar.

O e-mail do Guga está esperando.



Balda de avô

10 de agosto de 2011 6

Você já deve de ter ouvido muitas vezes que, na casa dos avós, quase tudo pode, né? Eles colocam certas baldas nos netos, que a gente não teve quando era criança.

Com o Davi não é diferente. Na casa dos avós maternos Rosa e José, e na casa da vó Vera, o pequeno sabe que sempre tem uma baldinha especial para ele.

Na casa da vó Vera, sempre tem aquelas balinhas de goma que ele adora. Chegando lá, o pequeno já sabe aonde a vó guarda os quitutes preferidos dele, além de uma bendita tartaruga gigante que, um dia, “alguém” inventou de colocá-lo para passear nela. Cada vez que vamos lá, adivinha? Ele pede para ser puxado agarrado na tartaruga.

Já na casa dos avós maternos, tem sempre aquele papazinho que a vovó faz com seus legumes preferidos, o suquinho de frutas feito na hora e os biscoitinhos da vovó.

E lá tem o vovô, e aí é que a balda pega. Além de jogar bola e brincar com o pequeno, o que não fazia porque só teve filhas mulheres, o vovô Zeca, como nós o chamamos, gosta de colocar uma baldinhas no Davi.

Cada vez que vamos na casa dele, o Davi pede para o vovô ficar girando as espátulas do ventilador de teto. Não entendo qual a graça, mas só sei que ele adora. Ele também adora brincar com as caixas de leite e os pets de refrigerante vazios, sendo que, na casa do vô, tem uma caixa cheinha de brinquedos.

E olha só o que o vovô Zeca inventou agora para distrair o Davi – puxá-lo em um caminhãozinho. Depois, o vovô não venha me dizer que fui eu que inventei isso. E nem reclamar que está com dor nas costas de ter de puxar o neto… Só quero ver o dia em que o Davi não entrar mais no “seu veículo”…

Homenagens aos pais

09 de agosto de 2011 1

O blog está preparando uma galeria de fotos em homenagens ao papais…

Quem quiser ver  a sua fotinho publica pode mandar para os nossos e-mails até quinta-feira.

Não esqueçam de mandar o nome do pai e dos demais que aparecem na foto…

Por que meu pai é um campeão?

08 de agosto de 2011 1

Termina amanhã o prazo para as inscrições para o concurso cultural Meu Pai, Meu Campeão, promovido pelo Meu Filho e pelo Diário de Santa Maria.

Quem quiser dar um presente inesquecível para o pai (gremista ou colorado), deve responder à pergunta: “Por que meu pai é um campeão?” e concorrer a uma camisa oficial do time do coração do pai e um abrigo esportivo da Praxis Active Sports. Serão dois pais premiados: um gremista e um colorado.

Para participar, é preciso morar em uma das 36 cidades de cobertura do Diário de Santa Maria e responder a todos os dados solicitados no formulário. A inscrição precisa ser enviada para o blog até as 18h do dia 9 de agosto. A entrega da premiação será no dia 12 de agosto, na sede do Grupo RBS em Santa Maria.

É possível participar com várias frases, e elas precisam ter no máximo 160 caracteres. A comissão julgadora vai avaliar criatividade, originalidade e adequação ao tema proposto.

Confira abaixo o regulamento completo abaixo.

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL “MEU PAI, MEU CAMPEÃO”

1. Objeto e Prazo

1.1. O Concurso Cultural “Meu Pai, Meu Campeão” será promovido pela RBS _ Zero Hora Editora Jornalística S/A _ Diário de Santa Maria, inscrita no CNPJ sob o nº 92.821.701/0026-68 (Realizadora).
1.2. O Concurso será realizado em toda a região de cobertura do Diário de Santa Maria, compreendendo as 36 (trinta e seis) cidades do centro do estado do Rio Grande do Sul, quais sejam Agudo, Caçapava do Sul, Dilermando do Aguiar, Dona Francisca, Faxinal de Soturno, Formigueiro, Itaara, Itacurubi, Ivorá, Jaguari, Jari, Júlio de Castilhos, Lavras do Sul, Mata, Nova Esperança do Sul, Nova Palma, Paraíso do Sul, Pinhal Grande, Quevedos, Restinga Seca, Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santa Maria, Santana da Boa Vista, Santiago, São Gabriel, São João do Polêsine, São Martinho da Serra, São Pedro do Sul, São Sepé, São Vicente do Sul, Silveira Martins, Toropi, Tupanciretã, Unistalda e Vila Nova do Sul, no período compreendido entre as 8h do dia 4 de agosto às 18h do dia 9 de agosto de 2011, e consistirá na premiação de dois participantes que enviarem as melhores respostas à pergunta “Por que meu pai é um campeão?” com uma camisa oficial do time do coração do pai (Internacional de Porto Alegre ou Grêmio) e um abrigo esportivo da Praxis Active Sports. Serão dois pais premiados: um gremista e um colorado.


2. Das Condições de Participação

2.1. Para participar, todas as pessoas interessadas, no período compreendido entre as 8h do dia 4 de agosto às 18h do dia 9 de agosto de 2011, deverão informar os seguintes dados: nome completo, cidade onde mora, data de nascimento, telefone, RG, time do pai (Internacional ou Grêmio), e, quando menor de 18 (dezoito) anos, os mesmos dados do representante legal, além de enviar sua resposta de acordo com a pergunta disposta no item 1.2., sob pena de desclassificação.
2.1.1. As informações poderão ser recebidas das seguintes formas:
a) Através dos cupons publicados no jornal Diário de Santa Maria, no período compreendido entre 4 de agosto de 2011 a 9 agosto de 2011, entregues na loja da Praxis Active Sports, localizada na Rua Orlando Fração, 89, bairro Medianeira, Santa Maria, RS até as 16 horas; e/ou,
b) Enviadas pelo o blog Meu Filho, no endereço www.diariosm.com.br/meufilho.
2.2. As respostas deverão ter no máximo cento e sessenta (160) caracteres.
2.3. Os participantes poderão se inscrever quantas vezes desejarem, desde que com respostas distintas.
2.4. Não terão validade as respostas que não preencham as condições do Concurso estabelecidas neste Regulamento, ou que não estejam adequadas ao tema proposto.
2.5. Os participantes serão automaticamente desclassificados do Concurso em caso de fraude comprovada ou de envio de resposta que não seja de sua autoria, podendo ainda responder por crime de falsidade ideológica ou documental.
2.6. Os participantes serão excluídos automaticamente do Concurso, ainda, em caso de envio de respostas com teor grosseiro, ofensivo, discriminatório ou que violem qualquer lei municipal, estadual ou federal, ou, ainda, com teor comercial (propaganda de produtos e serviços que não sejam relacionados a Realizadora).
2.7. Em momento algum poderá a Realizadora ser responsabilizada por inscrições perdidas, atrasadas, enviadas erroneamente, incompletas, incorretas, inválidas ou imprecisas. A Realizadora não será responsável por problemas, falhas ou funcionamento técnico, de qualquer tipo, em redes de computadores, servidores ou provedores, equipamentos de computadores, hardware ou software, ou erro, interrupção, defeito, atraso ou falha em operações ou transmissões para o correto processamento de inscrições, incluindo, mas não se limitando, a transmissão imprecisa de inscrições ou falha da Realizadora em recebê-las, em razão de problemas técnicos, congestionamento na internet ou no site ligado ao Concurso, vírus, falha de programação (bugs) ou violação por terceiros (hackers).
2.8. As respostas inscritas que não apresentarem nenhuma das características que os impeçam de serem aceitas neste Concurso poderão ser exibidas em internet, mídia eletrônica e mídia impressa.

3. Do Julgamento Pela Comissão Julgadora
3.1. O julgamento da resposta mais criativa será feito no período compreendido entre as 9h do dia 10 de agosto às 19h do dia 11 de agosto, na sede da Realizadora, na Avenida Maurício Sirotsky Sobrinho, nº 25, bairro Patronato, Santa Maria/RS.
3.1.1. A Comissão será composta por 04 (quatro) membros da Realizadora.
3.2. Os parâmetros que serão utilizados pela Comissão Julgadora da melhor resposta são: criatividade, originalidade e adequação ao tema proposto.
3.3. A verificação do resultado do presente Concurso é de inteira responsabilidade dos participantes.
3.4. A resposta escolhida será divulgada no blog Meu Filho (www.diariosm.com.br/meu filho) no dia 12 de agosto de 2011 e no jornal impresso, na edição do mesmo dia.

4. Do Prêmio
4.1. Os dois autores das melhores respostas do Concurso receberão como prêmios uma camisa oficial do time do coração do pai e um abrigo esportivo da Praxis Active Sports. Será premiado um pai gremista com uma camisa oficial do time e um abrigo esportivo, e um pai colorado, com uma camisa oficial do time e um abrigo esportivo.
4.2. O prêmio é pessoal e intransferível e não poderá ser convertido em dinheiro, nem trocado por outro item.

5. Da Entrega Do Prêmio
5.1. A entrega do prêmio acontecerá no dia 12 de agosto de 2011, das 10h às 12h e das 14h às 18h, na Avenida Maurício Sirotsky Sobrinho, nº 25, Bairro Patronato, em Santa Maria/RS, mediante apresentação, pelo vencedor ou seu representante legal de documento oficial de identificação (RG ou CNH).
5.2. O custo com deslocamento será arcado exclusivamente pelo vencedor.
5.2.1. Caso o participante não resida na cidade de Santa Maria/RS, o custo com deslocamento será arcado pela Realizadora, a qual reembolsará integralmente e exclusivamente com as passagens de ônibus, mediante apresentação do respectivo comprovante.
5.3. A Realizadora não se responsabilizará pela autenticidade dos dados fornecidos pelo participante no ato da inscrição, ou pelo fornecimento de informações incorretas, imprecisas ou incompletas, que impossibilitem a entrega do prêmio.
5.4. O vencedor deverá atender a todas as condições e termos expressos neste Regulamento, para o recebimento do prêmio.
5.5. Na hipótese de não ser possível a entrega do prêmio ao vencedor do Concurso, por motivo de desclassificação do mesmo, nos termos deste Regulamento, ou por qualquer outro motivo devidamente justificado, o prêmio será entregue à resposta mais criativa a seguir classificada nos termos dos itens 3.1. e 3.2. _ e assim sucessivamente.
5.6. Na hipótese de o vencedor não desfrutar do prêmio, após esse ter sido disponibilizado, não acarretará o direito a uma nova seleção.
5.7. O prêmio será entregue livre e desembaraçado de qualquer ônus para o contemplado.
5.8. O prêmio será entregue ao vencedor, sem qualquer sorteio ou operação assemelhada, nem vinculação de seus participantes à aquisição de qualquer bem e/ou utilização de qualquer serviço ou mediante pagamento.

6. Das Considerações Gerais
6.1. Este Concurso tem cunho exclusivamente cultural e a participação nele não está subordinada a qualquer modalidade de álea ou pagamento pelos concorrentes, nem vinculada à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço, de acordo com o disposto no art. 3º, II, da Lei nº 5.768/71 e art. 30, do Decreto nº 70.951/72.
6.2. Ao inscrever-se para participar do Concurso, nos termos deste Regulamento, o participante estará automaticamente autorizando a Realizadora a utilizar, de modo gratuito, definitivo e irrevogável, de seu nome, imagem e som de voz em qualquer veículo de imprensa, impressa, eletrônica e digital, tanto para fins de divulgação do presente Concurso, quanto para fins comerciais, cedendo também à Realizadora todos os direitos autorais por tempo indeterminando relativos à resposta criada, que passará a ser de sua propriedade.
6.2.1. As autorizações descritas acima não implicam em qualquer obrigação de divulgação ou de pagamento de qualquer quantia por parte da Realizadora.
6.3. Pelo simples ato de inscrição neste Concurso, o participante ainda autoriza, reconhece e aceita que os dados pessoais e demais informações, inclusive os submetidos por meio do formulário de participação, passam a ser de propriedade da Realizadora, que poderá utilizá-los para os fins necessários à adequada realização deste Concurso, sem que qualquer valor seja devido ao participante.
6.4. O participante, neste ato, assume plena e exclusiva responsabilidade pela resposta que produzir, por sua titularidade, originalidade, incluindo, sem limitação, responsabilidade por eventuais violações à intimidade, privacidade, honra e imagem de qualquer pessoa, a deveres de segredo, à propriedade industrial, direito autoral e/ou a quaisquer outros bens juridicamente protegidos, eximindo a Realizadora de qualquer responsabilidade relativamente a tais fatos, aspectos, direitos e/ou situações.
6.5. O participante reconhece e aceita expressamente que a Realizadora não poderá ser responsabilizada por qualquer dano ou prejuízo oriundo da participação neste Concurso ou da eventual aceitação do prêmio.
6.6. O presente Regulamento poderá ser alterado e/ou o Concurso suspenso ou cancelado, sem aviso prévio, por motivo de força maior ou por qualquer outro ou motivo que esteja fora do controle da Realizadora e que comprometa a realização do Concurso de forma a impedir ou modificar substancialmente a sua condução como originalmente planejado.
6.7. Para esclarecer eventuais dúvidas sobre o presente Concurso, os participantes poderão entrar em contato pelo telefone (55)3220-1825, ou pelo e-mail comercial@diariosm.com.br
6.8. Quaisquer dúvidas, divergências ou situações não previstas neste Regulamento serão julgadas e decididas de forma soberana e irrecorrível pela Comissão Julgadora mencionada no item 3 acima.
6.9. Estão impedidos de participar do Concurso os empregados da Realizadora, seus cônjuges, seus parentes até terceiro grau ou pessoas que de alguma forma participem, direta ou indiretamente, da produção do concurso, bem como parentes até terceiro grau destas pessoas.
6.10. A participação neste Concurso implica a aceitação total e irrestrita de todos os itens deste Regulamento.
6.11. Cópia deste Regulamento poderá ser obtida no site www.diariosm.clicrbs.com.br.

Santa Maria, 4 de agosto de 2011
Comissão Organizadora

João, Antonio, Gerônimo

08 de agosto de 2011 3

Ouvia falar que mãe era tudo igual, só mudava o endereço. Depois que entrei para a categoria, entendi um pouco a origem desse ditado, apesar de não concordar integralmente com ele. Instigada a escrever sobre os pais, relembrei da frase, mas foi impossível estabelecer um padrão paterno.

A primeira história é sobre um pai. Vou chamá-lo de João. Como ele mesmo diz, cria as duas filhas à moda antiga. Na casa do João, não há muito diálogo. O homem não participa da rotina de trabalho familiar e se sente responsável por providenciar a maior parte do provento da moradia.

? Amo as minhas filhas e minha mulher, mas não mostro muito os dentes porque, senão, a coisa descamba. A última palavra é sempre a minha.

O João nem imagina que não fica sabendo da maioria dos acontecimentos da vida das filhas.

O outro pai, o Antonio, é o parceiro da família. Carinhoso e liberal com os filhos, duas meninas e um menino. Brinca e está aberto ao diálogo, porém detesta entrar em conflito. Na hora do aperto, não assume grandes responsabilidades e repete a conhecida frase:

? Não sei, pergunta para a tua mãe, ela é quem sabe.

Apesar do amor da família, às vezes, o pai Antonio não é levado a sério pela prole.

O terceiro pai é o Gerônimo. Pai de um casal, teve como exemplo um pai de bom caráter, mas extremamente repressor e autoritário. O Gerônimo procurar seguir os bons princípios do pai, mas busca uma relação diferente com os filhos. Um relacionamento aberto, participativo e baseado num amor declarado.

? A minha família está sempre em primeiro lugar.

Porém, de tão participativo, em alguns momentos, chega a ser chato, e os filhos passam boa parte do tempo tentando fazer tudo perfeito com receio de desapontar o velho camarada.

Mesmo numa época dominada pela teconologia, ainda não inventaram um programa de computador onde podemos adicionar apenas as virtudes e esperar como resultado um pai ideal.

Nem tudo é perfeito. Pasmem! Nem mesmo as idealizadas mamães…

Num olhar mais poético, arrisco afirmar que a perfeição deve ser enfadonha. Datas festivas podem ser um bom momento para repensar e renovar os nossos olhares. No próximo domingo, vamos relevar os defeitos e saudar as qualidades dos nossos queridos pais, sejam eles Joãos, Antonios ou Gerônimos. (Ticiana Fontana)*

* Coluna Em Nome do Filho publicada todas as segunda-feiras, texto de responsabilidade de Ticiana Fontana e Fabiana Sparremberger

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...