Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "meu filho"

Álbum de Família - Galeria 40

15 de outubro de 2012 1

Cesar Carvalho Ambrosio Carla Baroni Alexandro Stertz

Michele Nunes Vanessa Gama Edegar Cavalheiro

Claudia Martins Pereira Lucimara Backes Newton Zelihmann.


A publicação da foto no site ou caderno Meu Filho está sujeita à aprovação da equipe de Zero Hora. Como existe uma demanda muito grande, não é possível prever o prazo para a publicação. No entanto, na medida do possível, as imagens serão publicadas pela ordem de envio. Os álbuns são publicados sempre às segundas-feiras. Quer ver seu pitoco no Álbum de Família? Mande suas fotos.

Série de reportagens mostra medos da infância

04 de março de 2012 0

Todos nós já tivemos algum medo na infância, seja de monstros, seja de escuro, seja de ficar longe dos pais.

Saímos pela Redação de Zero Hora perguntando aos jornalistas do que eles tinham medo. Esse vídeo  (abaixo) mostra, com bom humor, como ter medo é parte do nosso desenvolvimento. 

Por mais que a gente dê risada hoje em dia, sabemos como pode ser angustiante para pais e crianças esse período. Por isso, o Meu Filho decidiu ajudar. Amanhã, estreia uma série de oito reportagens sobre como lidar com esses medos, para que eles virem uma história engraçada no futuro.

A série Meu medo é… foi escrita pelo repórter Itamar Melo, um dos vencedores do último Prêmio Esso, o mais prestigiado do país, e tem belas ilustrações do artista Eduardo Uchôa.

As reportagens, destinadas a pais de crianças de zero a 13 anos, vão ocupar duas páginas por semana e abordarão sete medos: monstros, ficar longe dos pais, escuro, repetir de ano, violência, rejeição social e morte, além de uma reportagem especial que encerrará a série.

A primeira será “Medo de monstro”.

E atenção: amanhã, às 15h30min, em www.zerohora.com, haverá um chat com um dos especialistas sobre como lidar com medo de monstro. Participe!


Riley contra as convenções

13 de fevereiro de 2012 0

O caderno Meu Filho de hoje discute as convenções do que é para menino e o que é para menina, tipo azul e rosa e brincar de carrinho ou boneca. A reportagem teve inspiração no filme Tomboy e em um vídeo que fez sucesso nas redes sociais. Confira abaixo o vídeo e o trailer do filme.



Escolinhas que abrem à noite

07 de fevereiro de 2012 3

O caderno Meu Filho publicou ontem (segunda-feira) matéria da colega de blog Livia Meimes sobre escolinhas de educação infantis que ficam abertas até mais tarde.

Quem deixa os filhos em creches sabem que a maioria vai até 18h30min, 19h ou 19h30min, no máximo.

O horário de funcionamento agora tem algumas alternativas: para ler a reportagem, CLIQUE AQUI. E use os comentários para debater o tema com outras mães!


Inspirados pela paternidade

23 de janeiro de 2012 0


Como prometido hoje no caderno Meu Filho, de ZH, confira as músicas citadas como exemplos de canções feitas por pais famoso em homenagem aos filhos. Leia a reportagem na edição de hoje!

1. Jay-Z – Glory


2. Ben Folds – Gracie


3. Radiohead – Sail to the Moon


4. Stevie Wonder – Isn’t she Lovely


5. Lauryn Hill – To Zion



Meu Filho, Meu Tesouro (75)

01 de outubro de 2011 1

Que bom que, volta e meia, alguém lembra que temos aqui no blog a seção Meu Filho, Meu Tesouro. A Ana colabora com a gente, mostrando o seu Murilo literalmente com a mão na massa. Não é um amor, gente??? Fiquei louca para provar as delícias que ele fez…

Olá!!! Sou Ana Flores, tenho 39 anos, sou mãe do Murilo Flores Rocha, de 4 anos. Eu e o pai dele, Clenio Bebinho Rocha, sempre que dá tentamos proporcionar momentos como este ao nosso pequeno. Acreditamos que, de uma forma ou de outra, esses aprendizados servirão na sua formação.

Na ocasião das fotos, ele colocou a mão na massa e aprendeu a fazer enroladinhos de salsicha e coupcakes num curso de minichef. O bacana é que a brincadeira foi bem divertida e levada a sério ao mesmo tempo, formando, assim, um minichef com direito a diploma e tudo. Muito obrigada!!!!



A intimidade do nascimento

05 de setembro de 2011 4

 Um Bebê por Minuto é a versão americana da premiada série britânica que mostra o cotidiano de uma maternidade com 40 câmeras operadas remotamente. Elas gravam 24 horas por dia, captando o primeiro momento da vida como ele realmente acontece.

O reality show estreou na sexta-feira no Discovery Home & Health, em um bloco dedicado aos futuros e novos pais. Na edição de hoje do caderno Meu Filho, de Zero Hora, falamos um pouco mais sobre o programa. Confere lá.

E como prometemos, segue o trailer do reality com legendas em português. Divirta-se. 


Nossa nova blogueira

26 de agosto de 2011 5

Leandro Rodrigues

A quinta integrante do blog é mãe de um lindo gurizinho de 1 ano, o Gabriel. É com imensa alegria e satisfação que apresento para vocês a Márcia Dorigatti Rodrigues, que vai colaborar conosco já a partir da semana que vem. Com certeza, a colega jornalista que trabalha no jornal Pioneiro, de Caxias do Sul, enriquecerá e muito o blog. Abaixo, o texto que ela escreveu, a meu pedido, para se apresentar a vocês. Na foto, ela brinca com o Gabi minutos antes de ir trabalhar. Seja bem-vinda, mamãe Márcia!!! Você vai adorar fazer parte desta turma!

Me chamo Márcia Dorigatti Rodrigues, tenho 31 anos, sou diagramadora e repórter da editoria Filhos do jornal Pioneiro de Caxias do Sul. Faço parte do grupo RBS desde 2003.

Estou feliz em compartilhar experiências sobre uma fase de amadurecimento que estou vivendo. Primeiro porque dizem que a mulher quando chega aos 30 começa a refletir sobre o que realmente deseja para a sua vida. Segundo porque me tornei mãe do Gabriel, hoje com um ano e cinco meses.

O Gabi é um menino superativo que me faz buscar muitas alternativas para dar conta da energia que ele precisa gastar. Então vou usar o espaço do blog para receber dicas e contribuir com outros pais porque acredito que, além de autonomia, todos precisam de informação que podem aproveitar com os seus filhos também.

Beijos!

Pura diversão

24 de agosto de 2011 3

Gosto de me divertir com os meus filhos aos finais de semana, e o parque de diversões, nestes dias de sol, tem sido um dos lugares que mais frequentamos para nos divertir. Mostro algumas imagens que fiz dos meus pequenos em nossos passeios pelo parque.


No final do dia, olha só o cansaço que ficou o Davi. Já a Mellissa perguntou quando íamos novamente ao parque.

Meu Filho, Meu Tesouro (74)

21 de agosto de 2011 1
Eu já estava com saudade da seção. Abaixo, o recado da mãe do Pedro, esse bonitão aí da foto.
Esta fofura é meu filho Pedro. O Pedro é a criança mais linda do mundo, amável, carinhoso e muito simpático.
Fã do homem de ferro e dos heróis marvel.
Nasceu no dia 9 de abril de 2006 e, desde então, minha vida mudou completamente.
Somos uma dupla.
Ele tem no vovô gordo seu maior fã.
Cada descoberta dele é um presente maravilhoso. Agora, está na pré-escola, aprendendo a ler e a escrever.
Ama historinhas e os livros, pois incentivo ele com a leitura desde os 7 meses.
Tem uma imaginação muito fértil e já escreve algumas palavras apesar de ter apenas 5 anos.
Gostaria muito de compartilhar com vocês esses momentos. Por isso, envio esta foto dele.
Me chamo Gabriela

Obrigada e abraços

Um belo presente

16 de agosto de 2011 1


Este Dia dos Pais foi um dia muito especial, pois passei o meu dia com as pessoas que mais amo na vida. Como era “o meu dia”, resolvi que tiraria o final de semana para me divertir com meus pequenos.

Quando convidei eles para sairmos, notei que as figurinhas lá de casa estavam planejando uma surpresa para mim. Tinham se trancado no quarto e me falaram que eu estava proibido de entrar. Sabia que alguma coisa eles estavam aprontando.

No domingo pela manhã, meus filhos me surpreenderam com beijos e abraços e com dois belos desenhos, que guardarei para sempre, junto com os tantos que a Melissa já fez e me presenteou, e agora com o primeiro feito pelo Davi, com a ajuda da irmã, que teve de driblar as tentativas do pequeno em riscar absolutamente todos os desenhos que ela tentava fazer.

Não tem coisa melhor na vida do quer receber um presente destes, feito com amor.

Para mim não importa o valor do presente, mas que seja feito de coração, como os que recebi dos meus filhos neste último domingo.


Melissa


Davi

Feliz Dia dos Pais!

12 de agosto de 2011 4

Um dia muito especial e emocionante para todos nós. Que Deus ilumine sempre o nosso caminho para que possamos educar, amar, brincar e estar sempre perto dos nossos filhos.

Parabéns seu Getulio, meu pai que me deixou há pouco tempo, deixando muita saudade, mas que mora no meu coração. Que me ensinou sempre a fazer o certo, e que estou repassando a meus filhos.

Parabéns a todos os pais.

Veja AQUI a linda homenagem que as mamães e seus filhotes enviaram para vocês, colegas papais.


Imitando o papai

07 de agosto de 2011 4

Izaur Monteiro


Ando reparando que o pequeno Davi anda com a mania de me imitar em tudo o que faço. Parece um daqueles sombras, que anda atrás de você, imitando seus gestos.
Não consigo fazer nada sem que ele vá junto. Tenho de ficar me cuidando para não acabar esbarrando nele. E, além disso, o grude está até causando ciúmes lá em casa. A mãe do pequeno fala que ela passa o dia com ele, e fica grudado nela, mas que, quando estou em casa, ele não desgruda é de mim. A gente brinca que é o chiclete do papai.
Outra coisa que ultimamente ele anda fazendo e é muito divertido de se ver é que ele adora pegar minhas coisas. Se deixar algum calçado dando sopa, lá está ele colocando nos pés e andando pela casa. O curioso é que ele não gosta de andar com os dele, mas os meus, ele não larga. Ele adora, também, pegar o meu crachá. Se eu deixar, daqui a algum tempo, o guri vai no meu lugar para o jornal.
Casaco, então, não posso deixar perto dele. Quer de todos os jeitos colocá-lo. Fica aquele casacão, arrastando pelo chão. Mas ele acha que serve direitinho e fica andando como se estivesse vestido como o pai, uma graça de se ver.
Quando vamos passear de carro, o Davi adora ficar brincando que está dirigindo também. Fica fazendo os movimentos como se tivesse trocando as marchas, mexendo no rádio e tudo mais.
Mas o mais engraçado é quando vou fazer a barba. Notei que, quando ele me vê fazendo isso, fica esfregando as mãozinhas no rosto com se estivesse fazendo a dele também. Uma graça!
Esses dias, coloquei creme no rosto dele, e ele queria era passar o aparelho de barbear no rosto. Enquanto não fingi que passava, ele não parou. Aí, depois, me apontou dizendo que era minha vez.
Como é bom ser pai e ter um pequeno te seguindo em todos os cantos. Às vezes, até fico atucanado, por não conseguir fazer as coisas sem que esteja ali grudado em mim. Mas, em seguida, vejo aquela carinha tentando me imitar e não tem como não ficar feliz com isso.

"Meu Pai, Meu Campeão" está entrando em campo

03 de agosto de 2011 1



O convite é que os leitores do Diário de Santa Maria e do blog Meu Filho coloquem toda a sua criatividade em campo e garantam um presente inesquecível para os pais neste segundo domingo de agosto. O concurso cultural Meu Pai, Meu Campeão vai premiar as duas melhores respostas para a pergunta “Por que meu pai é um campeão?” com uma camisa oficial do time do coração do pai (Internacional ou Grêmio) e um abrigo esportivo da Praxis Active Sports. As inscrições podem ser feitas a partir desta quinta-feira, aqui no blog, ou por meio do cupom encartado no jornal a partir de amanhã. Serão dois pais premiados: um gremista e um colorado.

 Para se inscrever aqui no blog, será preciso preencher um formulário que estará disponível a partir das 8h desta quinta-feira até as 18h do dia 9 de agosto. Os cupons serão publicados no jornal no mesmo período e podem ser entregues, também até o dia 9, na loja da Praxis, na Rua Orlando Fração, 89, bairro Medianeira. A entrega da premiação será no dia 12 de agosto.

Os interessados – podem participar leitores que moram nas 36 cidades de cobertura do Diário – têm a oportunidade de inscrever quantas frases quiserem, e elas precisam ter no máximo 160 caracteres. O regulamento do concurso será publicado aqui no blog nesta quinta-feira, dia 4 de agosto.  Capriche porque o seu pai, com certeza, merece.


De partir o coração

26 de julho de 2011 19

No Blog, tentamos dividir com vocês as várias experiências, alegrias e felicidades que temos com nossos filhos. Mas hoje vou falar de uma tristeza enorme que tive esses dias. Não com meus pequenos, que só me trazem alegria, mas com uma cena que vi no centro da cidade.

Estava passando pelo Calçadão com minha esposa, num dia chuvoso e frio, quando olhei para a frente e enxerguei um pequeno indiozinho. Mas pequeno mesmo, acho que tinha 1 ano. ele estava descalço e com pouca roupa para um dia tão frio. Nas mãos, tinha uma cestinha de vime, pedindo para as pessoas que ali passavam, alguma ajuda.

Sei que, muitas vezes, são os pais que levam essas crianças _ independentemente de serem índias ou não _ para pedir. Não sei se eles não têm com quem deixá-las ou se é para comover as pessoas que passam por ali e também sei que ver cenas como essas já é comum para quem passa pelo centro.

Só que naquela hora, que olhei para aquele pequeno e meu coração entristeceu (na verdade, está triste até agora ao escrever esse texto). Fiquei olhando aquela criança e me lembrei do meu pequeno Davi.

Me deu uma angustia tão grande que tive vontade de pegar aquela criança e levar embora para minha casa. Se eu pudesse, seria isso mesmo que faria (a Melissa e o Davi iriam adorar).

Sei que muitos dizem que não é certo dar dinheiro, que isso só incentivaria as pessoas a pedir. Mas não teve como pensar nisso, o que eu queria era somente ajudar aquela criança.

Na hora que ela veio em nossa direção, ajudei, mas para nós, não parecia ser o suficiente.

Fomos dar algumas voltas no centro e notei que a Flaviana estava com os olhos cheios de lágrimas. Aquele pequeno não saia das nossas cabeças.

Então, decidimos ir comprar algumas coisas para ele comer. Pensamos que ajudando dessa forma, pelo menos saberíamos que estávamos fazendo a nossa parte.

Sei que fizemos o que nosso coração mandou. Pensei que se cada um ajudasse um pouquinho teríamos um mundo bem melhor de viver e seria mais difícil de enxergar uma cena daquelas, de partir o coração.

Aquilo me marcou. Fico pensando todos os dias como estará aquela criança.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...