Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Design brasileiro é bem cotado em Nova York

14 de maio de 2013 0

Os designers brasileiros estão bem cotados em Nova York. Duas peças de Hugo França, expostas na primeira edição da Collective Design Fair, que foi realizada de 8 a 11 de maio, no Pier 57, estavam avaliadas em mais de US$ 70 mil cada.
O exemplar original da Cadeira Três Pés, de Joaquim Tenreiro ( 1906 -1992), português naturalizado brasileiro, considerado o pai do mobiliário moderno do Brasil, podia ser comprado por US$ 350 mil.

Conversando com a coluna durante visita à feira, Steven Learner, idealizador da Collective Design, disse que Nova York estava devendo uma mostra de lojas e galerias especializadas no design contemporâneo:

– A cidade está mais acostumada a feiras de antiguidades e móveis vintage. Aqui resolvemos apostar no contemporâneo. Há compradores e colecionadores que vão à África do Sul ou Dubai trazer peças que podem ser adquiridas aqui, é isso que queremos mostrar. Nova York não sabe mostrar o design que os nova-iorquinos compram fora do país.

França também tem uma peça exposta no lobby do Museum of Arts and Design (MAD), em Columbus Circle.  E, em Porto Alegre, o designer segue em exposição inédita na galeria Bolsa de Arte, até 1º de junho.

Veja, abaixo, imagens da feira de design e das peças de Hugo França no MAD e na Collective Design Fair.

Fotos: Milena Fischer

Envie seu Comentário