Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Marco Suplicy fala sobre cafés especiais

17 de junho de 2013 0

Bisneto de cafeicultores, Marco Suplicy esteve em Porto Alegre na semana passada para participar da inauguração da 10ª loja de sua rede de cafeterias, a Suplicy Cafés Especiais, no BarraShoppingSul.

À coluna, ele falou não apenas sobre a história da família e sua relação com o café, como também lamentou o fato de o melhor café brasileiro ser exportado e a demora do Brasil em valorizar o que tem de melhor.

— A onda de apreciar um café especial está chegando tarde por aqui. Vemos as pessoas colocando muito açúcar no café, mas porque a bebida é ruim. Um café de qualidade tem um amargor, mas é suportável e não atrapalha — comenta.

Os cafés da Suplicy são comprados crus e apenas torrados artesanalmente e moídos quando encomendados por alguma das lojas de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás e, agora, Porto Alegre. Os grãos são selecionados de fazendas certificadas, localizadas em Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo.

— Temos um lema que é o mesmo dos italianos. Para eles, um bom café é feito de quatro “emes”: mistura dos grãos, moedor, máquina e mão do barista — resume.

Para Suplicy, a melhor maneira de degustar um café especial é bebendo em uma temperatura que vai do quente ao morno para frio. Segundo ele, o sabor e as nuances da bebida mudam de acordo com a temperatura em que se encontra.

Foto: Júlio Cordeiro/Agência RBS

Envie seu Comentário