Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

GAP chega a Porto Alegre em 2014

25 de setembro de 2013 5

GAP

Está confirmada a vinda da gigante americana GAP a Porto Alegre.

A primeira unidade da marca de roupas no Rio Grande do Sul será aberta no início do ano que vem, no BarraShoppingSul. Será a terceira operação da GAP no país.

As duas primeiras serão abertas em São Paulo – nesta quarta-feira (25 de setembro), no Shopping JK, e em outubro, no Morumbi Shopping.

Foto: Divulgação

Comentários (5)

  • James Bond 007 diz: 25 de setembro de 2013

    Obviamente, os preços serão 180% mais caros que nas lojas GAP de NY ou qualquer outra parte do mundo… (nós Brasileiros parece que sentimos prazer em pagar tudo mais caro!) #QueBraziléEste?

  • a diz: 25 de setembro de 2013

    Senhor Bond,

    Brasil se escreve com S.

  • Andre diz: 25 de setembro de 2013

    Consumir na GAP é para quem tem dinheiro no bolso, pobres que vão a Renner e a pobreza que va a Voluntarios da Patria, fato!

  • rafaemf diz: 25 de setembro de 2013

    ja vem tarde GAP…com a invasao de pirataria ..voces ja estao aqui …porque o que se ve de gente usando a marca hoje e impressionante…outlet chines bombando..kkkk….abercrombie,diesel,rollister,aeropostale…a mesma coisa…a 15 anos atraz era massa..agora e chinelagem….

  • James Bond 007 diz: 26 de setembro de 2013

    Concordo com você rafaemf! Desde que conheço a marca GAP (15 anos atrás) sempre soube que era uma marca do estilo básico como outras tipo “Hering” ou a quase extinta “United Colors of Benetton”, ou seja, vestimentas casuais de ótima qualidade e baixo preço. Essa sempre foi a proposta da marca. Aqui, lamentavelmente muitas pessoas se deslumbram com as marcas por serem “moda” “tendencia” do momento no pais e esquecem que pagar-las a um preço absurdamente mais caro não a torna de “grife” e sim a coloca em um patamar que não condiz com a sua proposta original. A carga tributária é muito elevada em nosso pais, mas isso não pode ser nunca uma justificativa para se “deixar levar” e perder a noção do valor real das coisas. Esta é apenas minha opinião. Abs

Envie seu Comentário