Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "arquitetura"

"É preciso ser leve com a casa", ensina Zeca Amaral, dono de um lar repleto de cenários

13 de julho de 2013 2

O apartamento de Zeca Amaral e Luli Damiani não se aquieta. O arquiteto, que se apaixonou pela profissão ainda criança, quando acompanhou com interesse incomum a construção da casa da família, tem como hábito mudar a decoração da própria casa. Um fim de semana pode significar paredes com cores novas e tecidos renovados. Os móveis trocam de lugar.

– É preciso ser leve com a casa, brincar um pouco, experimentar– diz Zeca, sorridente, mostrando a sala de jantar (abaixo), que já foi vermelha e, hoje, é branca.

Com projetos espalhados por todo o Estado, além de São Paulo, Rio de Janeiro, Miami, Paris e Punta del Este, o arquiteto viaja constantemente. Quando está em Porto Alegre, o hobby predileto é curtir o lar, lendo, ouvindo música e pesquisando.

Zeca tem paixão pela ambientação: ele cria cenários em cada espaço que projeta. Traço marcante do seu trabalho que, logicamente, espalha-se por todos os ambientes de seu apartamento.

Espia:

Fotos: Andréa Graiz

Casa Cor RS é prorrogada até 4 de agosto

09 de julho de 2013 0

A 22ª edição da  Casa Cor Rio Grande do Sul ganhou  nova data de encerramento. A mostra ficará aberta até 4 de agosto, possibilitando ao público mais um final de semana para ver os espaços de decoração e arquitetura. Em 11 mil metros quadrados, divididos em duas mansões da década de 1940, a mostra reúne 42 ambientes projetados por 62 profissionais de arquitetura, design e paisagismo.

Casa Cor Rio Grande do Sul 2013: Alameda Alceu Wamosy 91 (esquina com a Av.Carlos Gomes).

Terça a quinta – Das 15h às 21h | Sexta, sábado, domingo e feriados – Das 12h às 21h

Ingressos: R$ 30  (inteira), R$ 15 (meia-entrada para estudantes e idosos)

Foto: Eduardo Liotti, divulgação (fachada: Mauro Deferrari)

Francisco Pinto agrega galeria e escritório de design ao seu trabalho de arquiteto

07 de julho de 2013 2

O arquiteto Francisco Pinto tem uma extensa lista de projetos residenciais e comerciais. Agora, agregou uma pitada exclusiva de arte e design ao seu dia a dia. Desde 2005, seu nome começou a ser conhecido também pela criação de móveis – hoje, comercializados em lojas de design de todo o país.

Depois de maturar a ideia por um ano, o arquiteto abriu as portas, em junho, de um sobrado na Rua Santa Rita, 277, no bairro Floresta (o Soho de Porto Alegre, como a nova vizinhança artística apelidou a região).

Nasceu ali a NoventaMil, misto de galeria e escritório de design que poderá receber mostras de outros autores. Atualmente, as peças em exposição, todas à venda, são de Francisco e feitas em ferro, com toque de bom humor.

> Vale explicar: NoventaMil faz referência ao CEP de Porto Alegre – e Francisco, além de fazer design e arte, segue a mil com seu escritório de arquitetura.

> A série de peças em ferro, expostas sob o título “Commodities”, faz uma menção bem-humorada ao fato de o país ser exportador de matéria-prima em estado bruto. Francisco acrescenta bom humor e brasilidade às criações

> A fachada chama a atenção pelo impacto visual. Acima, o escritório, que fica no segundo piso: Francisco (à frente), o estudante Artur Baldi e a arquiteta Caroline Hadrich

Fotos: Andréa Graiz/Agência RBS

Bó reúne convidados para bate-papo com Pedro Moog e Leonardo Lattavo

26 de junho de 2013 0

A lojapromoveu nesta terça-feira um bate-papo com o designer Pedro Moog e o arquiteto Leonardo Lattavo, do Studio Lattoog. A dupla de cariocas falou sobre as peças que produzem e sobre o processo criativo.

Confira abaixo cliques de quem participou do evento:

Fotos: Andréa Graiz/Agência RBS

Festa premia os melhores ambientes da Casa Cor RS 2013

25 de junho de 2013 5

Os prêmios para os melhores ambientes da mostra 22ª Casa Cor RS – 2013 foram entregues na segunda-feira, 24 de junho. Um júri composto por profissionais da arquitetura, jornalistas especializados, formadores de opinião e colunistas sociais foi responsável pela escolha dos ambientes vencedores. Da variedade de temas e tendências distribuídas em 42 espaços da mostra, os jurados selecionaram sete projetos divididos nas categorias: Ambiente Mais Original, Ambiente Mais Ousado, Ambiente Mais Tecnológico, Melhor Projeto de Uso Público, Melhor Projeto Comercial, Melhor Projeto de Paisagismo e Melhor Projeto.

Um container transformado em galeria de arte originou a Passarela das Artes, de Wagner Costa e Daniele Bittencourt, que recebeu o troféu de Ambiente Mais Original. O living 50 Tons de Desejo, inspirado no personagem Christian Grey do livro 50 Tons de Cinza, rendeu ao arquiteto Rogério Pandolfo o premio Ambiente Mais Ousado. Na categoria Melhor Projeto de Uso Público, o vencedor foi a Fachada, de Mauro Defferrari e o troféu Melhor Projeto Comercial foi entregue ao ambiente Restaurante Wonder Forest, de Marcelo Minuscoli e Melissa Martini.

O espaço Jardim do Living, de Fernando Thunm, ganhou reconhecimento como Melhor Projeto de Paisagismo.

O destaque da noite foi para o espaço The Black Box - Dall’Agnol Golden Edition, de Dall’Agnol R. Junior, que recebeu o troféu como Ambiente Mais Tecnológico e o principal prêmio da noite, Melhor Projeto em Casa Cor Rio Grande do Sul 2013. O ambiente de 130 m² foi criado em comemoração aos 20 anos de carreira do arquiteto, que projetou um espaço luxuoso para receber os amigos.

Além das sete categorias divulgadas, o público poderá escolher o seu ambiente preferido através da votação popular. Um totem instalado na Casa Cor receberá a votação dos visitantes até o final da mostra. O Prêmio Júri Popular será entregue no encerramento do evento, em agosto.

Confira as imagens de ambientes e da noite da premiação pelas lentes de Eduardo Liotti (divulgação dos ambientes) e Fernanda Coelho (fotos da festa):

Casa Cor 2013 aposta em espaços mais amplos

10 de junho de 2013 3

Um coquetel para aproximadamente mil convidados marcou o início da Casa Cor 2013, evento que reúne as principais tendências em arquitetura e decoração em 42 ambientes assinados por 62 profissionais. Arquitetos, fornecedores e amigos prestigiaram o encontro, realizado na última semana.

Entre as novidades desta edição, dirigida por Valdecir Santos, Vera e Karina Capaverde, está a utilização de espaços mais amplos, apresentando novos materiais, produtos e conceitos.

O coquetel de abertura foi assinado pelo chef Jean Rodrigues, do restaurante Jasmim, que tem sede na Casa Cor durante todo o evento. Rodrigues elaborou um menu com sabores tipicamente brasileiros.

O arquiteto Fernando Thunm (acima), que assina o jardim externo da mostra, realizará um coquetel, na quinta-feira, junto com o sócio Rafael Kroth, que apresentará o ambiente interno.

Casa Cor Rio Grande do Sul 2013
> De 07 de junho a 01 de agosto
> Alameda Alceu Wamosy 91 (esquina com a Av. Carlos Gomes)
> De terça a quinta, das 15h às 21h, e sexta, sábado, domingo e feriados, das 12h às 21h
> Ingressos: R$ 30,00  (inteira), R$ 15,00 (meia entrada para estudantes e idosos)

Fotos: Dulce Helfer/Divulgação

Fotos dos ambientes: Eduardo Liotti/Divulgação

Diretores da Casa Cor RS conhecem espaço que dará lugar à 22ª edição da mostra

03 de junho de 2013 1

Duas mansões da década de 1940, na esquina da Av. Carlos Gomes com a Rua Alceu Wamosy, acomodam a estrutura da 22ª edição Casa Cor RS, que começa na próxima sexta.

Na última semana, Valdecir Santos, Vera e Karina Capaverde, diretores da mostra, foram conhecer o espaço assinado pelos arquitetos Wagner Brasil e José Wilson Coronel, que também exibe o quadro Olympic Gardens, de Sylvia Martins – ex de Richard Gere. Na foto acima, está exposta a tela Reflexos, um painel fotográfico da artista Nabila Naiana Bongiolo com imagens da fotográfa Regina P. Protskof, criado, exclusivamente para o espaço. As duas obras de arte foram colocadas no ambiente pela La PhOTO – Fotodesing, Galeria e Espaço Cultural, a convite dos arquitetos.

Quem assina a gastronomia do evento é o chef Jean Rodrigues, do Jasmim.

Casa Cor Rio Grande do Sul 2013
De 07 de junho a 01 de agosto
Alameda Alceu Wamosy 91 (esquina com a Av.Carlos Gomes)
Terça a quinta – Das 15h às 21h
Sexta, sábado, domingo e feriados – Das 12h às 21h
Ingressos: R$ 30,00  (inteira), R$ 15,00 (meia-entrada para estudantes e idosos)

Foto: Eduardo Liotti/Divulgação

Ana Espíndola lança móveis inspirados na relação do homem com a natureza

14 de maio de 2013 0


Foi na 11ª edição do Colheita Especial, no Galpão de Vera Cortez e Square Foot, no Jardim Paulistano, que a desginer gaúcha Ana Espíndola (ao lado de Marina Sanvicente, uma das idealizadoras do evento) apresentou sua nova coleção de mobiliário inspirada na realação do homem com a natureza.

Denominada Flores, a linha traz cinco peças nas quais se pode embutir plantas. Um exemplo de peça decorativa engajada na proposta de tornar o ambiente mais verde é a base do aparador-horta, que traz uma floreira (facilmente removível, para que sejam feitas eventuais manutenções, como levar à floricultura).

A estante tem um compartimento escondido no topo, em que é possível inserir espécies de plantas voadoras, como a samambaia.A mesa lateral conta com um vaso de flores embutido.Já na mesa de centro há uma caixa de vidro que, quando com plantas, permite que as pessoas vejam parte da terra.

Por aqui, os móveis devem chegar ainda no mês de maio na loja Maiora Design.

Fotos: Eddu Ferraccioli/ Divulgação

Design brasileiro é bem cotado em Nova York

14 de maio de 2013 0

Os designers brasileiros estão bem cotados em Nova York. Duas peças de Hugo França, expostas na primeira edição da Collective Design Fair, que foi realizada de 8 a 11 de maio, no Pier 57, estavam avaliadas em mais de US$ 70 mil cada.
O exemplar original da Cadeira Três Pés, de Joaquim Tenreiro ( 1906 -1992), português naturalizado brasileiro, considerado o pai do mobiliário moderno do Brasil, podia ser comprado por US$ 350 mil.

Conversando com a coluna durante visita à feira, Steven Learner, idealizador da Collective Design, disse que Nova York estava devendo uma mostra de lojas e galerias especializadas no design contemporâneo:

– A cidade está mais acostumada a feiras de antiguidades e móveis vintage. Aqui resolvemos apostar no contemporâneo. Há compradores e colecionadores que vão à África do Sul ou Dubai trazer peças que podem ser adquiridas aqui, é isso que queremos mostrar. Nova York não sabe mostrar o design que os nova-iorquinos compram fora do país.

França também tem uma peça exposta no lobby do Museum of Arts and Design (MAD), em Columbus Circle.  E, em Porto Alegre, o designer segue em exposição inédita na galeria Bolsa de Arte, até 1º de junho.

Veja, abaixo, imagens da feira de design e das peças de Hugo França no MAD e na Collective Design Fair.

Fotos: Milena Fischer

Conheça o reduto de design de Mariella Stock

11 de maio de 2013 0


Mariella Stock
trabalha com design, mas garante que, nem por isso, sua casa, localizada na zona sul de Porto Alegre, é um reduto da arte. Ela é modesta. Muitas das peças que compõem a decoração do espaço são assinadas por artistas renomados, como Sérgio Rodrigues, os irmãos Campana, Indio da Costa e Zanini de Zanine.Ela gosta de ressaltar que o lar também é feito por pessoas especiais:

— Ganho presentes dos amigos, como os livros e as velas.

Logo a casa deve ganhar peças diferentes. Nesta semana, Mariella partiu com um grupo de arquitetos e decoradores rumo à China para estudar a cultura local:

— Os chineses têm um gosto muito apurado e uma arquitetura impressionante.

Fotos: Adriana Franciosi/ Agência RBS