Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "casa"

Designer Zanini de Zanine abre as portas de seu estúdio no Rio

04 de maio de 2013 3

Zanini de Zanine tem apenas 35 anos, surfa nas horas que sobram e costuma esconder sua timidez sob o boné. O carioca fez da herança da infância uma profissão consagrada com mais de 15 prêmios nacionais e internacionais. A coluna foi até a Zona Portuária do Rio de Janeiro mostrar, pela primeira vez, o espaço de trabalho desse jovem talento. Zanini é filho de Zanine Caldas, cuja oficina era o playground do filho.

Conviveu com os mestres Lucio Costa, Sérgio Bernardes, Sergio Rodrigues, Amilcar de Castro, Tom Jobim e Jorge Amado, amigos de seu pai. Hoje, ele atrai olhares internacionais com suas peças criadas com material reciclado, madeira, plástico e até shape de skate. No final de julho, ele volta a Porto Alegre para expor um banco em madeira e uma cadeira em aço corten desenvolvidos para clientes do empreendimento Vitra, da Goldsztein. As peças serão expostas ao público.

“O que mais me agrada no Rio de Janeiro é um ar de informalidade. Temos uma grande metrópole com características de balneário. O local do Studio foi determinado pela necessidade de um amplo espaço sem grandes custos. A Zona Portuária está sendo reurbanizada, com museus e outros espaços ligados à cultura”, diz Zanini.

História:

Desde 2003, Zanini começou a produzir móveis em madeira maciça, com peças de demolição – colunas, vigas e mourões de casas antigas -, batizadas de Carpintaria Contemporânea. A partir de 2005, passou a criar uma nova linha de móveis, com peças produzidas industrialmente, usando, além de madeira com origem controlada, materiais como plástico, metacrilato, metais e partes de outros produtos industrializados. Para representar os móveis dessa nova linha, Zanini criou, em 2009, a Döiz Design e mais tarde a Punch Design e o Studio Zanini em 2011.

Recebeu os mais importantes prêmios de Design do Brasil pelos móveis que criou nos dois segmentos e expôs nos principais eventos nacionais e internacionais da área. Hoje assina peças para grandes marcas nacionais e internacionais como a francesa Tolix e as italianas Poltrona Frau, Slamp e Discipline. Em 2011 foi convidado por Giulio Cappellini, umas das pessoas mais influentes do Design mundial e diretor da Cappellini (Itália) para colaborar com a Cappellini, uma das 5 marcas de móveis mais importantes do mundo. Em 2012 foi responsável pela curadoria da parte contemporânea do Brazilian Design: Modern and Contemporary Furniture em Berlin na Galeria Zeitlos e do Mude Museum (Museu da Moda e Design) em Lisboa.

Prêmios:
2012 IF Awards Hannover
2012 Menção Honrosa_Salão Movel Sul
2011 Menção Honrosa_Salão Casa Design
2010 Prêmio IDEA BRASIL – INOVAÇÃO
2010 Prêmio IDEA OURO BRASIL
2010 1º lugar_Museu da Casa Brasileira
2009 Prêmio Jovem Talento_ARC DESIGN
2009 1º lugar_Salão Casa Design
2009 2º lugar_Museu da Casa Brasileira
2008 Prêmio Artefacto de Design
2008 1º lugar_Planeta Casa_Casa Claudia
2008 Menção Honrosa_Museu da Casa Brasileira
2007 1º Lugar_Planeta Casa_Casa Claudia
2005 Menção Honrosa_ Prêmio Maurice Valansi_Museu das Cadeiras
2004 2º lugar_Prêmio Liceu de Design da Bahia
2003 Menção Honrosa_Prêmio Rio Design Center
2003 1º lugar_Prêmio Plasticidade_ PLÁSTICO + DESIGN
2002 1º lugar_Prêmio Liceu de Design da Bahia_Estudante

Fotos: Páprica Fotografia/especial

Desafio instagram #MFLar: inspiração para a casa

28 de abril de 2013 0

O desafio Instaweek desta semana (27 de abril a 4 de maio) é sobre casa, lar, lugar que vivemos, amamos, descansamos, nos divertimos e nos refugiamos. Inspire-se, use a hashtag #MFLar e publique, no Instagram, imagens de detalhes e ambientes que você curta. Participe! Vamos atualizar a galeria com algumas das melhores fotos. Acompanhe, mais de 185 imagens já foram publicadas nos primeiros dias, veja algumas abaixo.

Dentro da casa de cenários de Rugard Herbst Reinert

27 de abril de 2013 7

Rugard Herbst Reinert organiza eventos. Mas não apenas planeja: detalha, visualiza, faz acontecer.
Rugard é um sonhador com os dois pés no chão que tem a capacidade de perceber os sonhos dos outros.

O sobrado em que mora foi construído pelo avô, nos anos 1940, na região central de Porto Alegre, e é discreto como ele. Esconde os tesouros que Rugard resgatou da família.

Na escadaria da entrada, uma parede preta guarda uma galeria de fotos antigas com retratos lindos. Os ambientes da casa têm detalhes meticulosamente organizados, com um perfume que toma conta do espaço.
São pequenos cenários – como os que ele imagina nos eventos. Livros, lupas, fotografias: juntos, compõem uma cenografia que poderia levá- lo facilmente à profissão de decorador:

— Tenho uma preocupação estética com o que faço, busco referências em todos os lugares.

Para ele, o relevante é fazer um trabalho autoral:

— Procuro entender quem são as pessoas, não impor tendências e modismos. E menos é mais, não gosto de festas saturadas.

O sobrado ganhou dois anos de restauro – principalmente envolvendo as colunas pretas que adornam a sala, construídas pela Casa Rodolfo, na época em que era de seu avô.

Fotos: Andréa Graiz/ Agência RBS

O refúgio incomum de Patrícia Pontalti e Beto 70

19 de abril de 2013 1

Patrícia Pontalti e Beto 70 fogem ao lugar-comum em todos os aspectos. São despojados, autênticos, construtores de estilo. Se estivéssemos em Buenos Aires, diríamos que eles moram em uma casa “de autor”. Diríamos que a Pati, jornalista, consultora de moda e sócia da empresa As Patrícias, tem um guarda-roupa “de autor”. E que Beto é único, com seu traço autodidata que tem preenchido corpos, no trabalho de tatuador, e telas de pequenas e grandes dimensões. Eles são apaixonados por carros antigos, objetos vintage, recordações de família e amigos.

O apartamento no Centro Histórico de Porto Alegre é o refúgio de todas essas peculiaridades.

De fundos, tem varanda, pássaros e silêncio de Interior. Piso e detalhes originais convivem com as adaptações arquitetônicas imaginadas por eles – inclusive a grande mesa projetada e executada por Beto. Objetos modernos e colecionáveis brilham entre madeiras antigas e sob o pé-direito amplo. Uma casa em que se lê os autores de uma vida.

É em um dos quartos que Beto 70 finaliza as obras que estarão na exposição Encruzilhada, com abertura marcada para as 19h30min da próxima terça-feira (23/4), na Urban Arts. A trilha sonora traz um preview da estreia de Luciano Granja Grupo, com participação especial da Bella Stone. Além de telas, o artista levará para a exposição uma banheira pintada com tinta automotiva.

Fotos: Andréa Graiz

O recanto do estilista Carlos Bacchi

05 de abril de 2013 2

O estilista Carlos Bacchi nasceu em Ana Rech, em Caxias do Sul, onde estudou moda durante dois anos antes de partir para Paris e Londres. Na Europa, frequentou o conceituado Instituto Marangoni, além de worshops de bordado, moulage e modelagem.

Pouco tempo depois do retorno ao Estado, em 2010, ele desenvolveu sua primeira coleção e, junto com o sócio Juliano Busetti, montou seu próprio ateliê. O local não poderia ser mais inspirador: um casarão dos anos 1940 em Ana Rech.

Restaurado, o local ganhou cara de lar e trabalho. No piso principal, ele atende clientes, mantém salas de corte e costura e expõe as criações. O subsolo, com ares de loft, serve para lazer e cursos – como o de bordado, que ele ministra neste fim de semana. A partir do dia 13, o estilista abre as portas de um novo espaço na rua Dinarte Ribeiro, 26, na Capital. Por enquanto, apenas atendendo a pedidos de peças sob medida.

O casarão reformado tem três pisos e abriga a produção de peças sob medida. Em amplos espaços, funciona como ateliê, estúdio fotográfico, lugar de repouso e espaço para cursos

A mesa de grandes proporções é criação de Carlos Bacchi, feita a partir de dois troncos abandonados às margens da Rota do Sol.

Fotos: Juliano Busetti/Especial. Direção de arte: Liquens Arquitetura e Design

Vivi Seixas abre programação de nova casa de shows da Capital

05 de abril de 2013 2

Porto Alegre ganhará uma nova casa de shows na terça-feira: o Clube Silêncio, na Rua João Alfredo, 449.

A programação será variada. Para abril, já estão confirmados espetáculos de stand-up, música latina, reggae de salão, milonga e tango, além da presença da DJ Vivi Seixas (na foto acima) tocando músicas do pai, Raul.

A ideia dos proprietários é surpreender os frequentadores a cada vez que a cortina do palco abrir. Bacana!

Casa de festas para cachorros é inaugurada em Porto Alegre

23 de março de 2013 79


Foi pensando em um espaço para o público “cachorreiro”, que Greice Barichello e Nane de Souza criaram a Petisserie Dog Bakery, inaugurada na semana passada em Porto Alegre, na Protásio Alves, 12.047 (fone: 9985-1053).

Trata-se de um praça particular para festas em que a companhia dos cães é bem-vinda, ou quase obrigatória. A ideia é que também seja realizado por lá encontro de raças e eventos corporativos do segmento pet. E tem até uma linha de petiscos artesanais própria para os mascotes, que é servida ao longo dos eventos. Greice reforça:

— A ideia não é humanizar os cães, e sim proporcionar interação entre as pessoas que amam cachorros.

A Petisserie mantém uma parceria com o Open Bar Canino, projeto que arrecada doações para ajudar as ONG’s cuidadoras de animais abandonados. Na inauguração do espaço, foram recolhidos 104 kg de ração.

Fotos: Cão em Quadrinhos/ Divulgação

Por dentro da casa de Petula Silveira e Rog Souza

16 de março de 2013 2


Eles moram em um apartamento em uma região central da Capital, mas é uma casa.

Um lar concebido a dois, com pitadas de bom gosto da arquiteta Lúcia Helena Reis.

O refúgio da estilista e designer Petula Silveira e do publicitário Rog Souza poderia ter três quartos, mas a escolha do casal recaiu sobre amplos espaços integrados, recheados de objetos de coleção e contrastes entre moderno e vintage.

Soluções simples de forte impacto visual aparecem na parede para rabiscar com giz e na iluminação feita com cordão de luz.

O quarto se abre para um terraço no qual os amigos acampam para um bom assado.

Petula, sócia da PP Acessórios, dá o toque feminino a cada cantinho – inclusive à cozinha, já que a moça tem paixão pela alquimia dos sabores.

Fotos: Andrea Graiz/ Agência RBS

Elvira Fortuna: casa de recordações

03 de março de 2013 0

Elvira Fortuna ama comunicação. Cultura. Histórias. E o apartamento em Porto Alegre, onde vive com a família, é o espelho dessas paixões. Espalhadas pelas paredes, dezenas de obras de arte e antiguidades emolduram os momentos de tranquilidade da mulher que coordena a área de comunicação da Fundação Iberê Camargo há sete anos.

Elvira começou a trabalhar com cultura em Nova York, ao lado de Nelson Motta, quando ele produzia o coral gospel da igreja Mount Moriah, entre os anos de 1996 e 2000. Voltou ao país, trabalhou em São Paulo e, logo depois, no Santander Cultural, antes de adotar a Fundação como segundo lar. Virinha, como é chamada pelos amigos, começa o ano com projetos pessoais.

Entre eles, fazer uma exposição com o fotógrafo Raul Krebs e outra com a artista Biba Corrêa – todas com imagens captadas para o Instagram, um de seus hobbies prediletos.

Fotos: Andréa Graiz

Festa no Litoral marca o fim da temporada

26 de fevereiro de 2013 0

Olga Velho e Irineu Boff receberam amigos, na noite de sábado (23/02), em sua casa no Litoral Norte, para marcar o encerramento da temporada de verão.

O projeto arquitetônico privilegia a visão do mar e é complementado por obras de arte assinadas por Olga – que, depois de esculpir em bronze e vidro, dedica-se à pintura com uso de plástico reciclado. Bettina Becker organizou o encontro, que teve cardápio tipicamente brasileiro.

Veja quem esteve por lá:

Fotos: Andréa Graiz