Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bienal de rua

24 de setembro de 2010 0

Do site ARQ!BACANA

Até o dia 23 de outubro, uma grande intervenção urbana invade o centro de São Paulo. Trata-se da Street Biennale, uma bienal de rua que conta com obras de sete artistas – brasileiros e estrangeiros – espalhadas pelas fachadas de 14 prédios do Centro. Cada artista expõe em duas instalações no circuito que começa na Rua Conselheiro Crispiniano, segue pela Avenida São João e termina na Avenida Rio Branco. A mostra tem curadoria do francês Jeremy Planchon. Em 2009, o artista organizou a Street Biennale no Rio, com a exposição de paineis – de até 10 metros de altura – de artistas franceses pela orla carioca. O projeto de bienal de rua é financiado pela Biennale de Paris, mas, a mostra deste ano não conta com nenhum patrocínio no local. A exposição promete mudar o visual de uma dezena de prédios com a aplicação de fotos e grafite sobre suas fachadas e coexistir com tudo que há na região – sujeira, degradação e a própria pichação. “A ideia é apresentar um tipo de arte que o público brasileiro não está habituado a ver e o artista não costuma produzir”, explica Planchon. Entre os artistas participantes da mostra deste ano estão a chinesa Ko Sui Lan, que nunca esteve no país, e o francês de origem argelina Mohamed Bourouissa, que morou seis meses no Brasil. O paraibano Fabiano Gonper vai expor pela primeira vez fora de uma galeria e para um público tão grande, afinal, são 12 milhões de moradores na cidade de São Paulo. No fim da exposição, marcado para o dia 23 de outubro, todas as instalações serão retiradas e as fachadas dos prédios, pintadas e “devolvidas” aos donos do mesmo jeito que eram antes.

Serviço: – Street Biennale – O circuito começa na Rua Conselheiro Crispiniano, passa pela Av. São João e vai até a Av. Rio Branco. – De 23 de setembro a 23 de outubro. – Mais informações pelo site http://streetbiennale.com/por/

Envie seu Comentário