Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Perspectiva nada tradicional na mostra "Sobrevoo", de Ricardo Ramos

21 de março de 2013 0


Sobrevoo, de Ricardo Ramos


Banhistas na areia da praia vistos de cima, sob o ponto de vista do sol, ou por alguém que voa, ou talvez sob a perspectiva dos olhos de Deus, é o cenário das pinturas da mostra Sobrevoo, de Ricardo Ramos, que abre em 21 de março, quinta-feira, às 19h, na Fundação Cultural Badesc.


São 14 obras em que o artista suprime o enquadramento recorrente, retirando a linha do horizonte e eliminando a representação sob olhar tradicional. Nas imagens, a predominância de ocre e matizes enfatiza o clima costeiro e contemplativo das figuras retratadas em óleo sobre tela.

“Busco nessa série o registro de seres densos e enigmáticos, extraídos da vida e da ficção, coloridos ou inconclusos. Cheios de vida, e cheios de vazios. Por vezes contemplados pelo observador, ou ainda querendo a sua atenção. Criaturas provocativas que encaram aquele se propõe a observar a obra, desnudando-o, desafiando-o na contemplação”, reflete o artista.

Ricardo graduou-se em educação artística com habilitação em artes plásticas e desenho pela Udesc. Cursou aperfeiçoamento em pintura na mesma universidade e frequentou a Facultad de Bellas Artes na Universidad Complutense de Madrid, Espanha. (texto de divulgação da assessoria da FCBadesc).

O quê: abertura da exposição Sobrevoo, de Ricardo Ramos
Quando: 21 de março, às 19h. Visitação até 26 de abril, de segunda a sexta, das 12h às 19h.
Onde: Fundação Cultural Badesc. Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis
Quanto: gratuito



Artista Ricardo Ramos




Envie seu Comentário