Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Exposição Internacional de Arquitetura traz ao MASC projetos das bienais de São Paulo, Buenos Aires e Colômbia

16 de maio de 2013 0

Centro Administrativo de Chapecó, Marcos Jobim, Silvana Calevaro, Leandro Rotolo Soares. Chapecó, Santa Catarina.

Os arquitetos e urbanistas brasileiros que não puderam participar nos últimos anos das tradicionais bienais de arquitetura realizada no Brasil ou em países vizinhos terão a chance de conferir em detalhes o trabalho de 40 escritórios nacionais e estrangeiros apresentados nas Bienais de Buenos Aires, Colômbia e São Paulo. A partir do dia 22 de maio a 16 de junho, os melhores projetos da arquitetura nacional, latino-americana e catarinense estarão expostos no Museu de Arte de Santa Catarina, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. As obras foram cuidadosamente selecionadas pelos curadores da mostra – arquiteto André Schmitt e jornalista Vicente Wisembach.


Em destaque obras como o da reurbanização e recuperação de espaços públicos na cidade de Santa Fé, na Argentina, do arquiteto Mário Corea; o Parque da Juventude, construído em São Paulo, arquitetura de Aflalo & Gasperini; o Centro Cultural Maria Luíza e Oscar Americano, também na capital paulista, de autoria do arquiteto Carlos Bratke; o Circuito Cultural Praça da Liberdade – maior complexo cultural do Brasil – de Belo Horizonte, entre outros.

Dos 800 m2 que serão ocupados pela exposição, um espaço será reservado para realizações focadas no Urbanismo Sustentável, com o do bairro planejado Pedra Branca, que está em construção em Palhoça, na Grande Florianópolis, projeto premiado na XIII Bienal Internacional de Arquitetura em Buenos Aires, na Argentina. A exibição será por meio de painéis fotográficos, vídeos, animações e maquetes eletrônicas e físicas.


Mário Corea (Espanha/Argentina) – 1º Prêmio Internacional e Prêmio Gestão Pública na XIII BA. Reurbanização e recuperação de espaços públicos na cidade de Santa Fé, Rosário, Argentina.

Abaixo lista dos principais participantes da exposição:

  • Mostra Urbanismo Sustentável – com destaque para os projetos de Santa Catarina apresentados na Bienal de Buenos Aires.

Pedra Branca: Prêmio Urbanismo.

Sala especial com maquetes atualizadas e fotos das obras que serão entregues em 2013: as duas primeiras quadras, os edifícios Office Green e Corporate Center, o shopping aberto, a praça e a primeira rua compartilhada. Junto à mostra haverá um espaço destinado à sustentabilidade.

Vita e Ocio.

Proposta de diretrizes para uma melhor ocupação das áreas costeiras e serranas de Santa Catarina.

Jardim Botânico de Florianópolis.

Apresentação do projeto para os novos espaços do Jardim Botânico em três diferentes pontos de Florianópolis. Desenvolvido por alguns dos principais arquitetos e urbanistas do Estado.

  • Prêmio Arquitetura Catarinense.

Sala especial com os projetos premiados no concurso promovido pela Asbea/SC, com apoio do IAB/SC.

  • Homenagem ao Arquiteto João Filgueiras Lima – Lelé.

  • Mostra Novos Espaços Culturais no Brasil.

Versão ampliada da exposição que representou o Brasil na Bienal de Buenos Aires. Com destaque para os novos espaços culturais de Minas Gerais e São Paulo.

Minas Gerais.

Circuito Cultural Praça da Liberdade. Maior complexo cultural do Brasil reunindo 13 espaços culturais, entre museus históricos, artísticos e temáticos, centros culturais, bibliotecas e espaços para oficinas, cursos e ateliês. Destaque para o Museu das Minas e Metais, com museografia de Marcello Dantas e arquitetura de Pedro Mendes da Rocha e Paulo Mendes da Rocha (Prêmio Pritzker de Arquitetura).

São Paulo.

Parque da Juventude, arquitetura de Aflalo & Gasperini.

Centro Cultural Maria Luiza e Oscar Americano, arquitetura de Carlos Bratke.

Projetos selecionados nas Bienais de Buenos Aires e Ibero-americana

Entre outros serão expostos projetos de:

  • Mário Corea (Espanha/Argentina)  – 1º Prêmio Internacional e Prêmio Gestão Pública na XIII BA. Reurbanização e recuperação de espaços públicos na cidade de Santa Fé, Rosário, Argentina.

  • Geraldo Caballero (Argentina) – 1º Prêmio Arquitetura Argentina + Prêmio CICA de Habitação Coletiva Argentina.

  • Alvaro Puntoni (Brasil) – Prêmio Nova Geração Latino-americana na XIII BA.

  • Josep Maria Botey (Espanha) – Prêmio Patrimônio Histórico na XIII BA.  Intervenções Contemporâneas no Patrimônio Histórico.
  • Roberto Converti (Argentina) – Exposição “El Azul en la Ciudad – O protagonismo urbano da água”, organizada pelo curador veneziano Rinio Bruttomesso, do Centro Internacional “CITTÁ d’AQUA” de Veneza (IT).  Essa mostra apresenta, significativos projetos de quatro importantes escritórios internacionais de Arquitetura e Urbanismo, “EL Protagonismo Urbano Del Agua”, sendo um deles a oficina urbana liderada por Roberto Converti.

Juntamente com essa exposição serão apresentados projetos locais.

Projetos selecionados na 9ª BIA – São Paulo

  • ·         Centro Administrativo de Chapecó
    Marcos Jobim, Silvana Calevaro, Leandro Rotolo Soares.
    Chapecó, Santa Catarina.

  • ·         Edifício Sede do CONFEA
    Pedro Paulo de Melo Saraiva, Pedro de Melo Saraiva, Fernando de Magalhães Mendonça, Ricardo Kinai, Claudio Reuss, Noemi Yassue Kayo.
    Brasília, DF.

  • ·         Edifício W305
    Isay Weinfeld. São Paulo, SP.

  • ·         Urbanização do Cantinho do Céu
    Marcos Boldarini e Melissa Matsunaga.


Urbanização do Cantinho do Céu, Marcos Boldarini e Melissa Matsunaga.





Envie seu Comentário