Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Definido júri técnico para avaliar trabalhos do Concurso de Requalificação do Centro Histórico de São José

20 de março de 2014 0

Já está definida a comissão julgadora responsável pela avaliação dos 40 trabalhos inscritos no Concurso Público Nacional de Requalificação Urbanística do Centro Histórico de São José (SC). O júri técnico é formado pelos arquitetos e urbanistas Ademar José Cassol, Betina Adams, Humberto Tadeu Hickel, Irã Taborda Dudeque e Louise Caroline Stulzer Riedtmann Levy.
A etapa de julgamento prevê avaliação dos trabalhos inscritos no período de 20 a 22 de março. A segunda fase do julgamento do júri representativo acontece em 22 de março. A revelação do projeto vencedor está confirmada para 25 de março, com exposição dos trabalhos no hall de entrada da Prefeitura de São José, local do evento.

Sobre Concurso Público: O IAB/DC e a Prefeitura Municipal de São José, através da Fundação Municipal de Cultura e Turismo de São José, lançaram – em dezembro de 2013 – o edital para o Concurso Público Nacional para Requalificação Urbanística do Centro Histórico de São José.  O objetivo é selecionar o melhor projeto de estudo preliminar de arquitetura para a área considerada patrimônio histórico do município. (Texto de Luciana de Moraes).
Júri Técnico:
ADEMAR JOSÉ CASSOL - Arquiteto formado na URGS (1964). Trabalhou no DEA da UFSC de 1966 a 1973, tendo lecionado desenho no curso de Engenharia da UFSC em 1971/2. Foi conselheiro do CREA-SC e na COHAB-SC. Foi sócio no escritório de projetos Liz Cassol Monteiro Arquitetos Asssociados até 1980 quando passou a dirigir o setor de engenharia da empresa familiar Cassol Pré-fabricados Ltda. Atualmente faz parceria com Arq. Carmem  Seara Cassol na Cassol Arquitetos Ltda.
BETINA ADAMS - Arquiteta e Urbanista na Universidade Santa Ursula/RJ (1977), com especialização pelo IBAM/RJ no Curso de Metodologia e Projetos de Desenvolvimento Municipal e Urbano (1980). Mestre em Geografia na Área de Concentração Desenvolvimento Regional e Urbano pela UFSC (2001). Reside em Florianópolis. Desde 1977 atua junto ao IPUF- Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis, no Serviço do Patrimônio Histórico Artístico e Natural do Município. Na área institucional foi membro do Conselho Superior do IAB/SC durante 3 gestões e do ICOMOS -  Internacional Council on Monuments and Sites. Possui publicações na área e preservação urbana e patrimônio histórico.

 HUMBERTO TADEU HICKEL - Arquiteto e Urbanista, formado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos  - UNISINOS (1981), com especialização em Desenho Urbano pela UFRGS – (1986), mestre em planejamento Urbano e Regional pela UFRGS – (2003). Reside em Porto Alegre RS. Aposentado como arquiteto da Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Porto Alegre onde atuou por 32 anos, foi professor de urbanismo e paisagismo na UNIRITTER (2000 a 2010), hoje atua como profissional autônomo. Na área institucional foi Vice Presidente IAB/RS por duas gestões e é membro do Conselho Estadual do IAB/RS.

 IRÃ TABORDA DUDEQUE-  Arquiteto e Urbanista graduado pela PUC PR (1994), graduado em História pela UFPR (1992), Mestre e Doutor em Arquitetura (FAUUSP). Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Na área institucional é Vice Presidente da Direção Nacional do IAB (gestão 2012-2014) e Presidente do IAB-PR (gestão 2014-2017). Autor dos livros “Espirais de Madeira: uma história da Arquitetura de Curitiba” (São Paulo: StudioNobel, 2001) e ”Nenhum dia sem uma linha: uma história do Urbanismo em Curitiba” (São Paulo: StudioNobel, 2010). É ainda articulista da revista AU - Editora Pini.

 LOUISE CAROLINE STULZER RIEDTMANN LEVY - Arquiteta e Urbanista formada pela UFSC (2005), Pós graduada em Projeto e Planejamento da Paisagem pela UniSul (2009). Reside em Florianópolis. Atua há 9 anos na área de arquitetura de exteriores e paisagismo na empresa Harmonia Verde Paisagismo e Arquitetura de Exteriores. Na área institucional em 2011 ajudou a fundar a ABAP em SC.

(Texto de Luciana de Moraes).

 

 

Envie seu Comentário