Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de agosto 2014

Jader Almeida, contribuição ímpar ao design brasileiro

30 de agosto de 2014 0

SJ_capa_escala(2)

A jornalista Adélia Borges, curadora geral da Bienal Brasileira de Design, enviou um depoimento por e-mail a meu pedido, sobre o lançamento do livro de Jader Almeida, que será lançado dia 2 de setembro, no showroom do designer, em Florianópolis. Ela diz que foi excelente a oportunidade de colaborar na edição do livro, que já havia escrito sobre o trabalho do Jader sem conhecê-lo pessoalmente e que nos meses de preparação do livro, sua percepção sobre a contribuição de Jader ao design brasileiro ficou muito mais nítida. Diz ela: “Ele realmente tem uma contribuição ímpar. Foram 4 ou 5 encontros, em São Paulo e em Florianópolis, ao longo de cerca de um semestre. Em cada conversa íamos aprofundando os conceitos abordados e ao mesmo tempo eu ia sendo apresentada a um espectro mais amplo de suas criações”.

O resultado dessa conversa entre dois nomes fundamentais na área do design no Brasil você confere no livro “Jader Almeida, a Atemporalidade do Desenho”, publicado pela editora C4 com texto da jornalista Adélia Borges escrito em forma de uma grande entrevista. A Editora C4, comandada por Cris Correa, tem uma coleção interessante sobre design e Adélia já colaborou para o título que fala sobre o designer Fernando Prado.

Convite_dora2_WEB_2[3]

 

Corpos Invisíveis

28 de agosto de 2014 0

Corpos Invisíveis, Simone Bobsin 2

Jorge Marinho é um nome conhecido principalmente em Florianópolis quando o assunto é criação em cristal e vidro. Tem sua trajetória consolidada na arte  decorativa e utilitária à frente da Oficina do Vidro no Campeche. Mas pela primeira vez irá realizar uma exposição individual de suas esculturas, um trabalho que desenvolve desde 2002, quando iniciou o processo de criação de figuras humanas. A mostra que acontece dia 2 de setembro apresenta 35 esculturas de corpos, torsos e cabeças moldadas em cristal e lâminas de vidro. Como terceiro elemento de composição, o artista utiliza o ferro na montagem de algumas obras. As peças em cristal são executadas em fornos de cristaleria, atingindo temperatura de 1.300 graus, a mesma tecnologia utilizada na fabricação das tradicionais peças em vidro soprado.

Anote na agenda: exposição Corpos Invisíveis, de Jorge Marinho, dia 2 de setembro, às 19 horas, na Helena Fretta Galeria de Arte, em Florianópolis.

O quê: abertura da exposição Corpos Invisíveis, de Jorge Marinho. Quando: 2 de setembro, terça-feira, às 19 horas. Visitação até 27 de setembro de segunda a sexta, das 9h às 18h30 e aos sábados, das 9h às 13h. Onde: Helena Fretta Galeria de Arte. Rua Presidente Coutinho, 532, Centro, Florianópolis. Quanto: gratuito.

Fachada Helena Fretta Galeria de Arte. By João Edmundo Bohn Neto

Fachada da Galeria repaginada para exposição pelo arquiteto João Edmundo Bohn Neto

Corpos Invisíveis, Simone Bobsin 3

 

Ministério da Cultura, 3M e Sebrae lançam Prêmio Brasil Criativo

27 de agosto de 2014 0

No próximo dia 28 de agosto abrem as inscrições para o Prêmio Brasil Criativo, a maior iniciativa para o reconhecimento e desenvolvimento da economia criativa brasileira já realizada no país. A abertura será realizada no Itaú Cultural (Avenida Paulista, 149, em São Paulo, às 19h).

A premiação terá 30 curadores que avaliarão trabalhos inscritos em 21 setores da economia criativa, distribuídos em cinco campos de interesse: Criações Culturais e Funcionais (arquitetura, design, moda, games e gastronomia); Artes de Espetáculo (dança, música, circo e teatro); Audiovisual/Livro, Literatura e Leitura (cinema e vídeo e publicações em mídias impressas);  Patrimônio (patrimônio material, patrimônio imaterial, arquivos e museus); e Expressões Culturais (culturas populares, culturas indígenas, cultura afro-brasileira, artesanato, artes visuais e arte digital). Ainda, haverá um prêmio de Reconhecimento por Trabalho Consagrado.

A Economia Criativa gera, mundialmente, cerca de 8 trilhões de dólares por ano. Segundo dados do IBGE (2010), a contribuição dos setores criativos no Brasil foi de 104 bilhões de reais. “O Prêmio Brasil Criativo é uma ferramenta que irá contribuir com a economia criativa no país, reconhecendo a criatividade brasileira e fomentando a inovação para o desenvolvimento sustentável no Brasil”, comemora Lucas Foster, um dos idealizadores e coordenador-geral da iniciativa.”Anualmente, no mundo, a economia criativa cresce com taxas acima da economia tradicional, que pautou o desenvolvimento do século XX, mas esse crescimento está concentrado nos países desenvolvidos. Agora, é a hora do Brasil ser reconhecido como a grande nação criativa do mundo”, completa Foster.

O Prêmio Brasil Criativo será composto de 5 etapas. Na primeira delas, período de inscrições, a plataforma oficial receberá a candidatura dos empreendedores que quiserem inscrever seus trabalhos. Depois, um conselho de curadores composto por 30 especialistas nas categorias irá eleger seis projetos para cada uma das 22 premiações.

Em um terceiro momento, a eleição será democrática, com a abertura para a votação popular na internet. Neste momento, o público elegerá três entre os seis trabalhos previamente selecionados. Na quarta etapa, os curadores escolherão um trabalho em cada categoria. O evento tem seu ponto alto na cerimônia de premiação, a ser realizada no Auditório Ibirapuera, no dia 3 de dezembro, em São Paulo. Só nesta data serão anunciados os projetos contemplados com o Prêmio Brasil Criativo.

Para participar, é preciso ser maior de 16 anos (menores de idade deverão apresentar carta de pais ou responsáveis autorizando a participação). Ainda, a inscrição é limitada a brasileiros ou estrangeiros naturalizados brasileiros, mediante apresentação do Registro Nacional do Estrangeiro (RNE).

Sobre o Prêmio Brasil Criativo

O Prêmio Brasil Criativo é apresentado pelo Ministério da Cultura, 3M e Sebrae, e conta com o apoio do Catraca Livre, da Endeavor, do Brasil Post, da youPIX e do Itaú Cultural. A iniciativa e realização é da ProjectHub, uma rede global, fundada no Brasil, para empreendedores criativos impactarem positivamente a vida das pessoas. A produção, por sua vez, fica por conta da produtora Muda Cultural.

CRONOGRAMA PRÊMIO BRASIL CRIATIVO 2014

27/08 – Abertura das inscrições na plataforma online (www.premiobrasilcriativo.com.br);

28/08 – Cerimônia de lançamento do Prêmio Brasil Criativo 2014;

28/08 a 25/09 – Período de inscrições;

28/09 a 05/10 – Curadoria seleciona seis candidatos;

05/10 a 10/10 – Divulgação dos candidatos selecionados;

10/10 a 10/11 – Abertura das votações pela internet;

12/11 – Divulgação dos 3 selecionados de cada categoria;

11/11 a 20/11 – Curadoria para seleção do trabalho para cada categoria;

03/12 – Cerimônia de encerramento no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo – SP.

 

UDESC promove workshop de Design Territorial e Urbano

26 de agosto de 2014 0

Banner-Design-Territorial-e-Urbano

Entre 1º e 5 de setembro, o Centro de Artes (Ceart), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Florianópolis, realizará um curso gratuito de introdução ao Design Territorial e Urbano, com o designer Eduardo Barroso Neto, que é conselheiro de instituições como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e o Conselho Internacional das Organizações de Design Industrial (Icsid).

O curso, que ocorrerá no Auditório da Udesc Ceart, das 18h às 22h, busca apresentar uma metodologia propositiva para a construção de um cenário futuro possível e desejável para um determinado espaço territorial, com base nas suas vocações, aspirações e desejos.

Voltado para designers, arquitetos e urbanistas, engenheiros de tráfego, planejadores urbanos e estudiosos de Ciências Sociais em geral, o curso terá carga de 20 horas, com aulas expositivas, estudos de casos, exercícios individuais e em grupos, exercícios práticos e pesquisas de campo.

As inscrições gratuitas podem ser realizadas com o Departamento de Design da Udesc Ceart pelo e-mail design.ceart@udesc.br.

 

Contribuições da área
Entre as contribuições do Design Territorial, está a discussão de modelos alternativos de crescimento e desenvolvimento para as cidades ou territórios capazes de atrair e fixar capital humano e financeiro de qualidade baseada em sua capacidade criativa.

Outra ação é projetar produtos e serviços de interesse público, desde equipamentos de uso coletivo até sistemas de comunicação, que melhorem as condições de segurança e lazer da população e gerem novas oportunidades de trabalho e renda em nível local, respeitando a cultura e o ambiente.

Programa do curso

1º de setembro: Construção de cenários futuros
Aspectos abordados: Globalização e polarização do consumo; O mercado de bens simbólicos na América latina; A economia da experiência e a economia criativa.

Macro tendências: Produtos globais x produtos locais; Produtos efêmeros x produtos duráveis; Produtos físicos x produtos imateriais; Serviços massivos x serviços personalizados. Cenários possíveis; Oportunidades para o design; Ciclo da inovação e do design; O Design social (artesanato); Design territorial e urbano. Design estratégico.

Trabalho em grupo. Definir e caracterizar um território com base em suas especificidades e singularidades. Possibilidades e perspectivas futuras. Trabalho individual: pesquisa de referentes visuais.

2 de setembro: Identificação de necessidades e demandas
Aspectos abordados: Processo de identificação dos principais problemas da comunidade; públicos-alvo a serem pesquisados; Conteúdo e aplicação da ferramenta de pesquisa; Escuta sensível.

Trabalho individual: pesquisa com público-alvo

3 de setembro: Identificação da oferta
Aspectos abordados: Metodologia de pesquisa para identificação dos atrativos e da capacidade de resposta da comunidade frente aos novos desafios; Estado da arte na produção de bens simbólicos; Metodologia de pesquisa sobre Matriz Cultural.

Trabalho individual ou em duplas: pesquisa identitária; aplicação dos questionários; elaboração da matriz cultural.

4 de setembro: A imagem de um território
Aspectos abordados: A Comunicação no espaço público (segurança, serviços, informativa, publicitária, visual, sonora); Cartografia urbana; Marca de origem; Marca cidade; Estratégias de sensibilização.

Trabalho em grupo: conceito norteador para a imagem da cidade; acupuntura urbana; identificação de problemas e soluções de curto prazo.

5 de setembro: Apresentação dos resultados
Conceitos norteadores para projetos e ações nos seguintes temas:
- Design de suporte a gastronomia regional
- Divulgação eletrônica das rotas e atrativos
- Guia dos empreendimentos turísticos de referencia cultural
- Identidade visual de produtos promocionais das rotas
- Padronização de mobiliário urbano e viário
- Projetos dos equipamentos de apoio e serviços
- Valorização e promoção comercial de empreendimentos ou de produtos típicos.

Hoje no Missão Casa: integração é partido para projeto em Jurerê Internacional

25 de agosto de 2014 0

O Missão Casa traz hoje, dia 25 de agosto, um projeto de arquitetura do escritório Robson Nascimento Arquitetos. A integração foi o briefing principal para o projeto dessa casa, que tem amplas aberturas e circulação facilitada. Contrapondo os tons neutros do interior, a área externa esbanja charme e elegância com a escolha do mobiliário na cor azul e estrutura em madeira. A coleção Noronha, da Saccaro, é o destaque do ambiente externo.

Também fomos conhecer a história da Vilmara, empresária paranaense que abriu as portas do ateliê rua compartilhada. Ali, organizou sua rotina com os filhos em torno do Passeio da Pedra Branca.

É segunda, às 23h, na TVCOM.

foto 3 (3)

Eu e o arquiteto Robson Nascimento.

Arquiteta Cristiana Bez Delpizzo.

Arquiteta Cristiana Bez Delpizzo.

foto 3 (2)

foto 4

foto 5 (2)

foto 1 (2)

vilmara

Empresária Vilmara no Passeio Pedra Branca.

Designers holandeses ministram palestra na Univali

24 de agosto de 2014 0

cartaz

Nesta segunda-feira, dia 25, às 19h, a designer holandesa, Nikki Gonnissen, e o curador de arquitetura e design, Jorn Konijin, estarão em Florianópolis para evento na Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Campus Florianópolis. As palestras são promovidas pela universidade e tem chancela da Bienal Brasileira de Design 2015 Floripa. A entrada é gratuita.

A designer Nikki Gonnissen, irá compartilhar suas experiências profissionais, destacando seu trabalho na Thonik, fundada em 1993 em parceria com Thomas Widdershoven - escritório que se tornou um dos mais conhecidos da Holanda. Na apresentação, Nikki vai tratar da comunicação visual através do design gráfico, design de interação e imagem em movimento.

Pautado pelo conceito antes da forma, o estúdio Thonik desenvolveu diversos trabalhos para instituições culturais. Destaque para o projeto para o Museu Boijmans van Beuningen, em Roterdã.

Jorn Konijin irá falar sobre o desenvolvimento recente do design holandês. Como curador, inclusive, já realizou trabalho no Brasil para Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo. Teve participação, também, na Bienal de Arquitetura de Shenzhen, em Hong Kong, entre outros eventos internacionais.

Serviço:

O quê: palestra com a designer holandesa Nikki Gonnissen e o curador de arquitetura e design Jorn Konijin

Quando: 25 de agosto, às 19h

Onde: Univali – Campus Florianópolis – SC 401 – nº 5025 – Business Decor – Saco Grande

Entrada: Gratuito

*Haverá presença de tradutor.

Mais informações: (48) 9954-7770, com Renato Buchele Rodrigues, diretor Centro de Ciências Sociais Aplicadas – Comunicação, Turismo e Lazer.

 

Registros da viagem ao Chile com o NCD

21 de agosto de 2014 0

Fotos de vários momentos que vivemos no Chile, na viagem do NCD (Núcleo Catarinense de Decoração), em breve cobertura no Missão Casa. O NCD completa 15 anos em 2014 e a viagem a Santiago marcou o início das comemorações.

A entidade levou 160 pessoas entre profissionais das seis regionais, imprensa e lojistas para uma viagem que teve como objetivo o relacionamento e a apresentação do novo modelo de negócios do NCD, além da identidade visual. A proposta é investir na capacitação de lojistas e funcionários, tornando o selo NCD de fato uma referência de qualidade – hoje o selo existente colado na fachada das lojas não é garantia de qualidade ao consumidor final. Marcos Luz, presidente do NCD, reiterou a importância de trabalhar o tripé: profissionais (arquitetos e decoradores), lojistas e consumidor final. O Núcleo quer movimentar toda a cadeia produtiva, envolver as entidades de classe e instituições de ensino. O novo posicionamento surge no momento em que o CAU (Conselho de Arquitetos e Urbanistas) impõe regras em relação a conduta  profissional da categoria. Penso que o núcleo tem a responsabilidade de estar atento à realidade atual e às práticas profissionais, além de voltar-se ainda para o consumidor final, contribuindo para o desenvolvimento do mercado.

Dos lojistas que integram o NCD, três são fundadores: Paula Papéis e Tecidos, que foi homenageada no Chile, Ana Lubi e Roka. É bom lembrar que o NCD, quando surgiu, trouxe irmãos Campanas para uma palestra – passei uma manhã inteira entrevistando a dupla para o caderno Casa & Cia – e foi parceiro na primeira Mostra Casa & Cia, em Jurerê Internacional.

Durante o evento do NCD também foram premiados os profissionais que se destacaram por sua atuação junto a entidade. As arquitetas Juliana Petrati e Juliana Pippi foram as grandes premiadas da noite. Petrati ficou em primeiro lugar na categoria fidelidade e Pippi foi a grande homenageada com a primeira colocação na pontuação total. Também foram premiados profissionais nas 6 regionais do NCD (Norte, Blumenau, Sul, Oeste, Florianópolis e Litoral – Itapema e Balneário Camboriú).

PicCollage (1)

Parque Arauco é exemplo de qualidade urbana em Santiago.

PicCollage (3)

Bellavista, bairro boêmio e cultural, onde fica uma das casas do poeta Pablo Neruda, cliquei este hotel butique interessante, a rua é mais legal ainda.

Visita ao Museu precolombiano.

Visita ao Museu precolombiano.

Casa de Pablo Neruda e Matilde, no bairro boêmio Bellavista.

Casa de Pablo Neruda e Matilde, no bairro boêmio Bellavista.

Qualidade arquitetônica e urbana, onde o novo convive em harmonia e respeito com o antigo.

Qualidade arquitetônica e urbana, onde o novo convive em harmonia e respeito com o antigo.

Direitos autorais na arquitetura, um antigo debate

21 de agosto de 2014 0

Curso - Direitos autorais na arquitetura

Regulamentados pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/BR) no fim de 2013, os direitos autorais no setor hoje são obras intelectualmente protegidas, contemplando projetos, obras e demais trabalhos técnicos. Para orientar os profissionais catarinenses neste tema, o Instituto de Arquitetos do Brasil no estado (IAB/SC) realiza no próximo dia 22 de agosto, entre 14h e 18h, na Unisul, centro de Florianópolis, curso que vai esclarecer as dúvidas para proteger os autores e suas ideias.

Ministrado pelo advogado Leandro Flores, autor do livro Arquitetura e Engenharia com Direitos Autorais e consultor do CAU/BR na regulamentação, o curso deve ajudar na valorização dos projetos como peças autorais, resultantes da capacitade técnica e criativa de cada arquiteto. “É  preciso que os profissionais tenham ciência de vários detalhes para não cometerem erros. Muitas vezes por desconhecimento podem violar obras de colegas e também perder direitos caso não se protejam”, afirma, lembrando um exemplo típico de apropriação. “Existem casos de arquitetos que, na ânsia de garantir um trabalho, apresentam projetos sem antes garantir meios para que não sejam copiados”. (texto Palavra Comunicação).

A expressão do arquiteto Nelson Teixeira Netto hoje no Missão Casa

18 de agosto de 2014 1

O programa está especial. Apresentamos a casa e escritório do arquiteto Nelson Teixeira Netto. O projeto tem linguagem que une concreto, vidro e madeira e a implantação respeita as condições do terreno. Nelson nos dá uma aula de boas práticas na arquitetura, respeito à natureza, ao entorno, aos materiais e a sua própria forma de expressão. Ele abriu sua casa-ateliê, um espaço super reservado, para nossa equipe. Valeu cada minuto da nossa longa conversa que rendeu dois blocos do programa. O projeto recebeu menção honrosa no 2º Prêmio de Arquitetura Catarinense, uma realização da AsBEA SC e IAB Santa Catarina. Fica ligado no Missão Casa, na TVCOM SC, hoje às 23h.

Inscrição 51- Residência-Escritório - Img 01 - Cópia

 

1495514_611099265643200_199154195_n

Nelson Teixeira Netto e eu na noite da premiação.

Sílvio Pléticos no quadro SALA SETE, hoje no Missão Casa

18 de agosto de 2014 0
pléticos 1

Pléticos e Lili.

Tive o prazer e o privilégio de entrevistar o artista plástico Sílvio Pléticos em sua casa-ateliê para o quadro SALA SETE. Passei uma tarde super agradável escutando a fascinante história de vida desse artista nascido em Pula, na Itália, atual Croácia. Aos 90 anos, ele tem muito o que nos ensinar sobre a vida e a arte. Nesta entrevista, o crítico de arte Janga Neves fala sobre a importância de Pléticos no cenário da arte catarinense. Foi ele, por exemplo, que concluiu o processo de modernismo em SC.   É hoje às 23h, na TVCOM.