Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Impressão 3D em exposição no CIC

22 de maio de 2015 0
01-moveis-impressao-3d

Da série Love Project, de Guto Requena, vaso de polímero, esculpido por uma impressora 3D. Divulgação.

A mostra Design Tecnológico – Os “makers” e a materialização digital  será inaugurada no dia 23 de maio, na sala Lindolfo Bell, e integra a Bienal Brasileira de Design 2015 Floripa. A exposição irá apresentar um panorama da rápida evolução no Brasil e no exterior da tecnologia de impressão digital em 3D. Para o curador Jorge Lopes, a ideia da exposição Design Tecnológico – Os “makers” e a materialização digital é captar o momento novo que essa tecnologia vive hoje: a rápida materialização dos projetos.

- Esses projetos são desenvolvidos, de modo geral, por jovens, a partir de uma “cultura de garagem” surgida nos Estados Unidos – conta. – Essa cultura lhes permite construir coisas e imprimi-las digitalmente.

Destaques da mostra

Coleção DNA: objetos únicos – Iniciativa da Noiga, empresa criada pelas jovens designers Evelyne Pretti e Renata Trevisan, em Curitiba, explora precisamente o caráter literalmente único das peças, criadas com impressão 3D.

- O DNA é o que nos diferencia e nos torna únicos; esse é o conceito da coleção – ressalta Evelyne Pretti, que assina a criação junto com Renata Trevisan. – As peças são objetos singulares que podem ser usados de maneira única, adequando-se ao estilo e personalidade do indivíduo – acrescenta, destacando que as peças têm como referências as curvas femininas e as obras de Oscar Niemeyer.

Presença internacional – A mostra exibirá também obras de designers internacionais: os óculos impressos em 3D criados por Ron Arad, designer israelense que trabalha em Londres; os vasos do holandês Marcel Wanders; as joias em 3D do italiano Odo Fioravanti; os vasos de cerâmica e tênis de Olivier Van Herpt (Holanda); as guitarras personalizadas de Olaf Diegel (Nova Zelândia); as luvas de Andrew Raffel e Ryan Hong (EUA); as luminárias de Geoffrey Mann (Escócia/Inglaterra); e  as próteses para braço de Jake Evil (Cingapura/Inglaterra), entre outras.

Comunidade 3D

Com a tecnologia digital, os makers não dependem mais da indústria para construir seus protótipos. A tecnologia de impressão 3D está sendo chamada de a terceira Revolução Industrial – declara o curador Jorge Lopes, que é professor da PUC Rio.

Desde joias a carros a casas, de remédios a vacinas e até comida, o campo de utilização da tecnologia 3D parece ser infinito. No Brasil e em vários países, as pesquisas e a atuação dentro desse campo da tecnologia estão bem avançadas e vêm evoluindo muito depressa.

02-moveis-impressao-3d

Marcel Wanders assina a linha Airborne Snotty, que explora técnicas de digitalização.

 

O passo a passo de uma impressora 3D padrão

  1. O modelo – antes de fabricar um objeto, é preciso ter um modelo digital. Pode-se desenhar o objeto em três dimensões, com um programa que divide o desenho em milhares de camadas de até 0,1 mm cada. Em vez de tinta, a impressora usa materiais como plástico, borracha ou resina, e é abastecida por carretéis da parte exterior da máquina.
  2. O material – O bico extrusor, então, aplica uma fina camada da matéria-prima derretida sobre uma plataforma no interior da impressora. Essa camada logo endurece e forma a base do objeto.  A plataforma é móvel e se movimenta para baixo. O cartucho, então, aplica uma nova camada sobre a primeira, e assim sucessivamente.
  3. O objeto – O processo de sobreposição de camadas se repete até o objeto ficar pronto.  A impressão 3D pode levar de poucos minutos a algumas horas, de acordo com o tamanho e com a complexidade do produto. Depois de impresso, o objeto passa por uma fase de polimento, que inclui remoção da base e retirada de rebarbas.

Numa impressora padrão, os objetos têm dimensão máxima de 15 cm de altura, 20 cm de profundidade e 20 cm de altura, mas existem impressoras com capacidade de produzir objetos maiores, como carros e até casas.

oculos-3D

Da coleção de óculos de Ron Arad impressão em 3D estará na exposição.

 unnamed

Serviço

Os makers e a tecnologia digital

Mostra voltada para a tecnologia de impressão 3D e os jovens criadores

23 de maio a 12 de julho 2015

Curador: Jorge Lopes

Local: Centro Integrado de Cultura – CIC – Sala Lindolf Bell

Endereço: Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600 – Agronômica – Florianópolis

Entrada franca

Horário de visitação: Terça a sábado: 10h às 20h30 – Domingo: 10h às 19h30

Site Bienal: www.bienalbrasileiradedesign.com.br

Envie seu Comentário