Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A arte da performance em debate na UDESC

24 de maio de 2015 0

O primeiro encontro do projeto Performance em Foco neste ano, promovido pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), ocorre no dia 27 de maio no Espaço 1 do Departamento de Artes Cênicas do Centro de Artes (Ceart). O projeto do programa de extensão Laboratório de Performance terá encontros sempre na última quarta-feira de cada mês, das 9h às 12h.

O tema-guia do projeto Performance em Foco deste ano é “Dimensões Impossíveis”. A partir do grande tema, cada encontro terá como foco um subtema e será conduzido por dois convidados e mediado por uma das organizadoras do projeto – as professoras Daiane Dordete e Bianca Scliar, da Udesc, e a professora Janaína Martins, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Neste primeiro encontro, “O minimo do Corpo”,  os condutores serão Ana Alonso e Fábio Mello, e a mediação será feita pela professora Bianca Scliar. Serão realizadas discussões, vivências e mostras de práticas e teorias da Arte da Performance. A atividade é aberta à comunidade e não é necessária inscrição prévia para participar.

Mais informações pelo e-mail laboratoriodeperformance@gmail.com, pelo site do programa ou na página do Facebook.

Sobre o programa de extensão
O Programa de Extensão Laboratório de Performance  tem como objetivo fomentar discussões sobre a Arte da Performance. O programa está em seu quarto ano, e é coordenado pela professora Daiane Dordete, do Departamento de Artes Cênicas da Udesc Ceart, e tem como bolsistas os alunos Alyssa Tessari e Dimitri Camorlinga.

O programa possui três ações: o projeto Performance em Foco; o projeto Radiofonias, que visa à criação e veiculação de peças radiofônicas; e o evento Semana Performática, uma mostra de performances que será realizada no segundo semestre de 2015.

Sobre os condutores do encontro “Mínimo do Corpo”:
Ana Alonso é doutoranda em Teatro na Udesc Ceart, mestre em Educação pela UFSC, onde foi bolsista da Capes com dissertação sobre Contato Improvisação. Realizou intercâmbio no Departamento de Artes do Movimento no Instituto Universitário Nacional de Artes (IUNA) em Buenos Aires e atualmente é professora pesquisadora na área de Dança do curso de Licenciatura em Arte da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro).

Ensinou Dança Contemporânea entre 1999 e 2009, e foi bailarina e mentora do projeto Outra Dança de intervenções urbanas em 2006.  Promove jams de Dança desde 2004, e a partir de 2009 passou a trabalhar com Contato Improvisação em diversos projetos. Ana Alonso participa de festivais e encontros como performer e professora convidada. Coprodutora do Encontro Internacional de Professores de Contato Improvisação da America Latina em 2013, e do Curso de Formação de Professores de DanceAbility em 2011, Ana Alonso também é formada em DanceAbility;.

Desenvolveu ao longo de 2011 o projeto Dança para Todos: DanceAbilty na cidade de Florianópolis e coordenou oficina de DanceAbility no Festival de Contato Improvisação em Ilhabela, entre 2013 e 2015. Desde fevereiro de 2010 é integrante do planoB coletivo de experimentações em dança com pesquisa que une intervenção urbana, improvisação e C.I.

Fabio Mello é saxofonista e flautista, tendo iniciado seus estudos musicais aos oito anos de idade. Em 2000, ingressou no curso de Licenciatura em Música da Udesc e em 2004 entrou para o Conservatório Musical de Tatuí/SP no curso de Saxofone/MPB e Jazz. Integrou diversos conjuntos, entre os quais os grupos “Ritmos Brasileiros”, com o pianista André Marques e “Quebrando Galho”.

Em 2008 desenvolveu um trabalho de pesquisa e aprimoramento junto a João Francisco Corrêa (grupo Madeira de Vento) intitulado “Técnicas interpretativas no Choro” e em 2009 foi convidado a integrar a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina (OSSCA), onde atuou como flautista. No ano de 2013 se apresentou com diversos grupos e formações, entre eles: Carolina Zingler, com o violonista Luiz Sebastião e Grupo Choro a Quatro (projeto este premiado pelo Edital Funarte de Música Brasileira), Projeto Sete Pontos, Brass Groove Brasil, Leandro Fortes, Wagner Segura, Felipe Coelho, Denise de Castro, Neno Miranda, François Muleka,Vilmar (Dedinho), A Corda em Si e Trio Braseiro. (Texto Assessoria de Comunicação da UDESC).

Serviço

O QUÊ: Primeiro encontro do projeto Performance em Foco, com o tema “O minimo do Corpo”
QUANDO: dia 27 de maio, das 9h às 12h
ONDE: Espaço 1, Departamento de Artes Cênicas da Udesc Ceart (Av. Madre Benvenuta, 1907, Florianópolis/SC)
QUANTO: Gratuito e aberto ao público

Envie seu Comentário