Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2015

Sala Sete com Clara Fernandes

31 de agosto de 2015 0

Ela mora um em “pedacinho do paraíso contemporâneo”, como define. Mora e trabalha no mesmo local, onde chegou há mais de 30 anos para para criar os filhos longe do caos urbano de São Paulo. Nesse universo paradisíaco, vive em epifanias e desenvolve sua arte têxtil, hoje mais abrangente que transita em várias linguagem. No quadro Sala Sete, hoje no programa, eu converso com a astista visual Clara Fernandes, que nos conta sua história e o seu processo criativo.

A exposição Epifânicas, que esteve recentemente na Fundação Badesc, será itinerante a partir de 2016.

A partir das 23h, na TVCOM.

clara fernandes - expo 2

 

Arquitetura de uso misto é tema de um bate papo com a urbanista Silvia Lenzi. O princípio é resgatar valores da cidade antiga. E projeto do arquiteto Roberto Rita une moradia, lazer, trabalho e hotelaria.

kplatz 1

 

Fotografia de viagem e cerâmica são contempladas na 7ª Feira de Artes de Florianópolis

28 de agosto de 2015 0
Feira Aionara Preis

Aionara Preis

feira Estreito de Magalhães. Foto de Renato Gama

Estreito de Magalhães. Foto de Renato Gama

A 7ª edição da Feira de Artes de Florianópolis, a FAF, que ocorre neste sábado, das 10h às 16h, na Casa do Teatro Armação, apresenta uma mostra especial de cerâmica e a exposição fotográfica Volta Patagônica,de Neno Brazil e Renato Gama.

A viagem foi realizada em 2006, quando os dois aventureiros percorreram 15 mil quilômetros a bordo de dois jipes Bandeirantes. A comercialização das fotos vai ajudar numa nova expedição, a Titicaca 2015, que parte no dia 20 de outubro de Florianópolis.
Os ceramistas confirmados para esta edição especial são: Ilca Barcellos, Aionara Preis, Gabriela Hellmann, Martha Ozol, João Lobão, Dolores Donavan, Bianka Andrade, Clea Espíndola e Marina Tak. Mas há também xilogravuras de Milton Cazellato, Lobão e Maiko Coelho e desenhos e aquarelas de Luana Mockffa.

A FAF esta inaugurando neste sábado, o espaço do colecionador, com algumas raridades. Há um desenho, uma aquarela e reproduções da série Cenas Urbanas, de Sergio Bonson à venda.

A Feira é semanal e ocupa a parte frontal do sobrado da Casa do Teatro Armação na Praça 15 de Novembro, no centro histórico da capital. A edificação abriga também uma pequena sala de teatro. Interessados em participar da feira podem enviar breve currículo, imagens das obras, técnica e suporte para feiradeartedeflorianopolis@gmail.com. (texto Fifo Lima).

feira Ilca Barcellos1

Ilca Barcellos

feira Sapatinhos de Clea Espíndola

Sapatinhos de Clea Espíndola

feira Gabriela Hellmann Jacobi3

Gabriela Hellmann Jacobi

feira Bianka Andrade2

Bianka Andrade

 

Fábio Dudas expõe no Espaço Oficinas

27 de agosto de 2015 0
fabio dudas A_mudança_70x50cm_web

A Mudança, de Fábio Dudas.

O conceito de cena, tanto no teatro quanto no cinema, está centrado na continuidade espaço-tempo. Na pintura figurativa clássica, a narrativa da cena é a essência da obra, estabelecendo semioticamente um canal de diálogo com o espectador. Hoje, com os múltiplos meios de registros visuais, a memória é uma aproximação do real, retida através de simulacros de realidade. A pintura figurativa contemporânea possibilita explorar as questões de espaço-tempo através de uma perspectiva de distorção desses registros visuais, que substituem a realidade por uma simulação, como uma memória inventada.

As pinturas aqui reunidas, além da representação de reminiscências de infância, são criações baseadas em situações particulares e em registros fotográficos e cinematográficos, alguns deles tendo sofrido alterações de cores e desgastes do tempo.

Estas cenas são também uma reflexão sobre a recriação das emoções a partir da distorção da realidade. São um conjunto de representações que se propõem a revelar situações vagamente familiares, como memórias distantes e fragmentadas, que podem causar assombro e revelar uma aparente intimidade.(texto divulgação).

fabio dudas Retrato_30x30cm_web

Retrato

Fabio Dudas

Serviço

O quê: Exposição “Cenas”, pinturas de Fabio Dudas

Onde: Espaço Oficinas – Centro Integrado de Cultura (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica / Fpolis-SC)

Quando: De 28/08 a 22/09, diariamente das 10h às 20h30.

Quanto: Gratuito

Informações: (48) 3664-2555 (CIC) e (48) 9953 9013 (Fabio Dudas)

fabiodudas.art@gmail.com

fabiodudas.com

fabio dudas Maria_30x40cm_web

Maria

fabio dudas gato_50x60cm_web

Gato

fabio dudas Bianca_30x40cm_web

Bianca

Curso de extensão na plataforma BIM

27 de agosto de 2015 0

A Faculdade de Tecnologia Nova Palhoça (Fatenp/Unigranrio) irá lançar um curso de extensão para plataforma BIM (sigla em inglês para Modelagem da Informação da Construção), que será inédito neste formato e em Santa Catarina – hoje, a metodologia está apenas em alguns MBAs (Master of Business Administration) e em mestrados e doutorados em outros estados. Para dar início ao processo, na próxima quinta-feira (27) acontece a palestra do coordenador de Projetos Especiais da Secretaria de Planejamento do Governo de Santa Catarina (SPG), Rafael Fernandes Teixeira da Silva, na sede da Faculdade, com o tema “BIM, uma nova forma de fazer engenharia e arquitetura”.

Silva, que é engenheiro de Produção Civil, engenheiro de Materiais e possui especialização em Direito Ambiental e Urbanismo, também preside o Grupo de Trabalho catarinense sobre o BIM (GT-BIM-SC) e é coordenador do Laboratório BIM (LaBIM-SC), implantado pelo governo estadual para fazer experiências e estudos sobre a plataforma, utilizada por escritórios de engenharia, arquitetura e empreiteiras. “O BIM permite governança, sustentabilidade, assertividade e qualidade em projetos de obras”, diz ele. Um dos exemplos práticos é a redução considerável de desperdícios de materiais e de produção de resíduos nos canteiros de obras, diminuindo, assim, os custos. (Texto Carla Pessotto).

curso

SERVIÇO

O quê: Palestra “BIM, uma nova forma de fazer engenharia e arquitetura”, com Rafael Fernandes Teixeira da Silva

Quando: 27 de agosto, às 19h30

Onde: Auditório da Fatenp/Unigranrio, Avenida Vidal Procópio Lohn, 1081, Bairro Nova Palhoça, tel.: 3242-1001

Quanto: Gratuito

Inscrições: http://pages.rdstation.com.br/inscricao-palestra-rafael-fernandes

Missão Casa apresenta vídeo dos 10 anos contando parte da memória do programa

24 de agosto de 2015 0

selo_10_anos-v4

O programa Missão Casa completa 10 anos em 2015 e nós iremos comemorar de várias maneiras: promoções, depoimentos de agentes de cena arquitetônica e cultural da cidade, e ações como o evento que acontece amanhã, dia 25, numa parceria com a Herman Miller e J.Ziliotto (fechado para convidados).  Hoje no programa fizemos um pequeno registro desses 10 anos e te convido para assistir parte dessa memória.

É às 11 da noite, na TVCOM.

 

Casa Deck se abre para a Lagoa

24 de agosto de 2015 0

A Casa Deck é o projeto do dia no Missão Casa de hoje, às 11 da noite, na TVCOM. Arquitetônico e interior assinados pelo escritório MarchettiBonetti surpreendem pela harmonia do conjunto. Para mostrar a relação com o cenário onde está inserido, utilizamos o drone para as imagens aéreas. No interior, soluções elegantes nas escolhas de acabamentos e materiais. Fotos minha de celular.

deck 4 deck3 deck5 deck6 deck7 deck9 deck10 deck11

deck

Arquiteto Giovani Bonetti e eu.

deck2

Cinegrafista Marcos Felipe ajustando o drone.

 

Exposição simultânea no Sítio

21 de agosto de 2015 0
Ayao Okamoto - Série  Gyotaku - 40x60cm (1)

Ayao Okamoto – Série Gyotaku – 40x60cm

Os artistas visuais João Aires e Ayao Okamoto estarão em cartaz com exposições individuais, a partir do dia 21 de agosto, sexta feira. Eles formam a  segunda dupla de artistas com mostras simultâneas, organizadas pelo escritório Myrine Vlavianos de Arte Contemporânea, em parceria com o Sítio.  

Habitar e Superfícies não é um diálogo entre as obras destes artistas, mas a ideia é promover e ampliar uma conversa mais próxima e direta com o público de ambos. “Mas se fossemos estabelecer um elo entre as duas exposições, eu diria que está na relevância do processo: entender como as obras foram executadas é condição importante para compreendê-las”, enfatiza a também galerista Myrine.

Habitar -  pintura sobre tela 140x160 - (crédito foto  Lese Pierre)

Habitar – pintura sobre tela 140×160. Foto Lese Pierrre.

JOÃO AIRES: “Habitar”

O português João Aires, radicado na Ilha, traz um tema recorrente para esta exposição: as habitações. Cápsulas, Naves, Habitáculos e Habitar são os nomes das séries de desenhos e pinturas que explicitam essa temática. Os trabalhos suscitam uma ligação entre o espaço urbano e o imaginário, questão predominante na trajetória deste artista.

Para esta mostra ele parte de uma citação do filósofo existencialista Jean Paul Sartre, que afirma: Os apartamentos não são mais habitações criadas para os homens, mas sim máquinas de morar destinadas a guardar coisas: cada edifício é um armário, cada sala é uma gaveta.”

João busca explorar os lugares de intimidade das pessoas e como eles se apresentam no mundo. Para o artista, “habitar está presente no tempo, nas estradas, na cidade. Habitar o que construo com a arte é um exercício constante de compreensão do mundo, um modo de traduzir minhas experiências e inquietações, já que toda construção tem por meta o habitar.

Na série Habitáculos, por exemplo, os desenhos são realizados a partir da descrição de quartos feita por terceiros como retratos falados. Nas pinturas surge um espaço sem fronteiras aparentes, onde camas navegam em rios e na densidade onírica. Já a grande pintura que dá título à mostra, Habitar, é um work in progress que poderá ser concluído ao longo da exposição.

“O excesso de informação na minha pintura surge da falta de diálogo, da proximidade geográfica e da distância da construção que serve ao habitar humano e às relações”, resume o artista.

Sua mostra é um conjunto de 40 desenhos em grafite e nanquim sobre papel, quatro desenhos em grafite, nanquim e aquarela sobre papel, cinco pinturas em acrílica e óleo sobre tela, em variados tamanhos. Todas as obras foram realizadas em 2015 especialmente para esta exposição.

Convite João e Ayao

AYAO OKAMOTO: “Superfícies”

Paranaense, radicado em São Paulo, esta é a primeira vez que Ayao expõe em Santa Catarina. Ele faz uso constante de interfaces, no seu trabalho. Ou seja, de “imagens retiradas de um contexto e aplicadas e retrabalhadas em outros suportes e processos técnicos”, segundo o próprio artista. Sua exposição apresenta duas vertentes de criação, uma de produção de obras técnicas a partir da manipulação e reprodução digital e a outra analógica.

A série Superfícies é composta por digigravuras (obra editada com ou sem tiragem, a partir de uma matriz aplicando tecnologia eletrônica digital), e a analógica pelo processo direto de impressão gyotaku (nome dado a uma tradicional técnica japonesa de impressão manual de peixe que consiste em transferir as imagens para o papel ou outras superfícies).

Ambos processos  atuam na produção gráfica a partir de uma matriz, como obra única, resultando em poéticas que atuam na reflexão sobre a política da reprodução em massa e a valorização do design de superfície, enquanto suporte, possibilitando experimentações usando os várias meios como forma de intervenção criadora.

Ayao utiliza imagens fotográficas a partir de negativos antigos achados em sebo ou na rua. Depois de ampliadas, as imagens recebem interferências gráficas, fotocopiadas em papel de seda formato A3, em máquinas com defeito no processo de impressão. “A autenticidade da reprodução é apenas de ordem política, já que implica um limite determinado a partir de uma matriz. A função da máquina de reprodução, nesse caso, serve apenas como base para elaboração de experimentações tecnológicas, uma vez que são obsoletas e com defeito no processo fundamental, que é a da cópia impressa”, explica o artista.

Assim, a função inicial do que seria uma cópia perfeita se inverte, gerando uma imagem única. Essa imagem, depois de processada, cria uma outra superfície, novamente retrabalhada analogicamente, propiciando experimentações com interferências de outros meios.

Okamoto apresentará duas séries nesta mostra, que é composta por  oito digigravuras em fotocópias digitalizadas, 35 x 45, tiragem única, e 10 telas em técnica mista, 40 x 60.

No dia 22 de agosto, das 15h às 18h, o artista ministrará workshop exclusivo sobre a técnica Gyotaku, no O Sítio.  O wokshop é destinado a todos os interessados em impressão gráfica, sejam artistas ou não. (texto Fernanda Lago).

 

 

Swarovski inaugura loja no Shopping Iguatemi

17 de agosto de 2015 0

1176149

A Swarovski apresenta a coleção Crystal Paradise, da linha home decor, na nova loja que abre em Florianópolis dia 19 de agosto, no Shopping Iguatemi. Os acessórios para a casa têm a mesma delicadeza das peças de moda. Destaco o casal de aves executado em cristal lapidado com as cores naturais das gralhas azuis que é um arraso. Tem anda  casal de araras em tons de cristal vermelho e laranja, uma dália em cristal com toques de cristais rosas nas pétalas e um buda em cristal com acabamento fosco.

5136809 5129463 5064252

 

Novidades no Missão Casa: campanha dos 10 anos e projetos de Ricardo Barros e Marcelo Salum

17 de agosto de 2015 0
ricardo barros 2

Matheus e Ricardo Barros durante entrevista para o programa.

Missão Casa de hoje traz matérias inéditas e inaugura campanha de aniversário de 10 anos com depoimento do jornalista Carlos Eduardo, que me convidou para participar do projeto criado por ele, e da arquiteta Tatiana Filomeno, presidente da AsBEA/SC. Os depoimentos também estarão na grade de programação da TVCOM.

lino

Eu com o jornalista Carlos Eduardo Lino, que hoje está no SportTV.

tati

Com Tatiana Filomeno, presidente da AsBEA/SC.

E o programa traz ainda entrevista com o arquiteto Ricardo Barros sobre a reforma que ele promoveu em um apartamento de cobertura, que teve a área total ampliada em 60m² a partir do aproveitamento do forro do telhado.

_MG_9340 (2)

Ambiente do Marcelo Salum na Mostra Black. Foto Mariana Boro.

Fomos até o novo escritório do arquiteto Marcelo Salum para conversar sobre as novidades do primeiro semestre com a mudança de endereço e a participação na Mostra Black. Foi a primeira vez que um arquiteto catarinense integrou o time de profissionais da mostra que é considerada a mais top do país.

É hoje às 11 da noite, na TVCOM.

 

Tendências no décor - e pecados dos profissionais - pelo afiado Allex Colontonio

12 de agosto de 2015 0
allex_Kaza_maio_15-look11-358-2 (1)

Alle Colontonio, foto divulgação Kaza.

Com passagem pelos maiores veículos de arquitetura e interiores do Brasil, o jornalista Allex Colontonio, atual diretor de redação da revista Kaza, compartilha sua experiência em palestra promovida pelo Shopping Casa & Design. Nesta quinta-feira, 13 de agosto, a partir das 9h, no Hotel Majestic, Allex desembarca em Florianópolis para falar sobre “As cinco tendências quentes no décor da casa brasileira e os sete pecados capitais dos profissionais contemporâneos”, evento gratuito voltado para profissionais da área e estudantes, que faz parte da programação de aniversário do complexo.

Allex foi pioneiro na web com o blog allexincasa, na última década dirigiu as revistas Casa Vogue e Wish Casa (projeto do qual foi um dos criadores). Também foi ele o responsável pelo reposicionamento da revista KAZA (da qual é diretor de redação) entre as principais publicações brasileiras no segmento. É colunista de arquitetura e arte dos jornais Zero Hora e Diário Catarinense, das revistas Harpers Baazar e Lofficiel Brasil e colaborador de publicações internacionais como Bloom, de Li Edelkort, além de ministrar palestras sobre tendências de design pelo Brasil.

Em sua palestra, Allex disseca as tendências mais pulsantes na casa brasileira com inúmeros desdobramentos estéticos entre elas, mostrando o que é in e o que é out sob o ponto de vista dos editores; revelando fontes quentes para que os profissionais busquem ainda mais inspiração para turbinar os seus projetos e como a arquitetura de interiores deve se posicionar enquanto elemento cultural de um País, muito além da superfície. As inscrições são gratuitas e limitadas. (Texto ACASAA).

Serviço:

Dia: 13 de agosto

Horário: 9h

Local: Hotel Majestic

Inscrições: encerradas