Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Potencial criativo do setor será premiado na Bienal Brasileira de Design Gráfico que acontece no Rio

04 de novembro de 2015 0

design gráfico - empatia

Empatia – 2014/ Fronteiras do Design – Produtos Mayla Tanferri Meliani – IED São Paulo – Istituto Europeo di Design

Arte, criatividade, ineditismo, engajamento social, inovação e tecnologia são alguns dos muitos elementos que compõem a 11ª edição da Bienal Brasileira de Design Gráfico, que será realizada pela ADG Brasil – Associação dos Designers Gráficos, no Rio de Janeiro, de 31 de outubro a 08 de novembro. O local escolhido para receber a mostra, que vai premiar os 303 projetos de design gráfico produzidos no Brasil,  é o Espaço Ação da Cidadania, na zona portuária da cidade, que passa por um processo de revitalização. A diversidade e o grau de qualidade destes trabalhos promete surpreender os visitantes, e representa o imenso potencial criativo do design gráfico no Brasil.

Este ano, a Bienal apresenta logo na abertura os melhores trabalhos de autoria de 163 designers, agências, escritórios, estúdios, departamentos de design e estudantes; e 53, entre os 303 pré-selecionados, receberão destaque por conta de atributos, qualidades e aspectos relevantes, de acordo com um júri especializado. A avaliação foi feita em duas etapas: uma online, que escolheu os primeiros 713 projetos, e uma presencial, que elegeu os finais. No total, 1.184 trabalhos foram inscritos.

Por ser uma mostra independente, a cada edição a Bienal a ADG busca parcerias fundamentais e modelos inovadores para garantir a realização do evento, mas que não interferem em sua condução. Além das pessoas físicas e jurídicas, que podem colaborar com cotas de apoio, patrocínio e parcerias, entrando em contato diretamente com a Coordenação da Bienal, pelo e-mail: bienal@adg.org.br, destacam-se parcerias de baixo custo, o uso da tecnologia na promoção de ações digitais e sustentáveis e até mesmo o engajamento social, que tem como exemplo a campanha de financiamento coletivo no Catarse, criada para viabilizar a produção do catálogo oficial da 11ª Bienal Brasileira de Design Gráfico, em parceria com a Editora Blucher e que atingiu 148% da meta estipulada.

Outra novidade que privilegia o envolvimento e compromisso social está no “valor do ingresso”:  a fim de apoiar as atividades realizadas pela Ação da Cidadania, entidade que atua na zona portuária, a ADG Brasil estipulou a entrada em 01 lata de leite em pó por visitante da Bienal.

Tudo isso tem um grande objetivo: dar continuidade ao processo de democratização de acesso ao Design Gráfico no Brasil e garantir seu legado, independente do cenário. “Decidimos realizar a Bienal independentemente de incertezas econômicas, com ou sem apoio de grandes patrocinadores. Não temos a pretensão de conquistar público e profissionais do setor com números e holofotes, mas com nosso comprometimento em atestar a relevância do design gráfico no cenário cultural e econômico do país, sempre nos adaptando ao que há de mais inovador”, explica Léo MacVal, Coordenador-Geral da 11ª Bienal Brasileira de Design Grafico.

Serviço:

11ª Bienal Brasileira de Design Gráfico ADG

31 de outubro a 08 de novembro de 2015

Espaço Ação da Cidadania: Avenida Barão de Tefé, 75, Praça Mauá, Rio de Janeiro
bienaladg.org.br

design gráfico 2

Gaspar Italic – 2014/ Design Tipográfico – Texto Érico Lebedenco (acadêmico)

design gráfico 1

Site do Estúdio Ícone/ Design Digital – Sites Reino Studio – Estúdio Ícone

Envie seu Comentário