Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Abre hoje, na UFSC, exposição sobre arquitetura moderna na América Latina

07 de março de 2016 0
prof. Fernando Lara

Professor Fernando Lara.

O Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFSC convida para a Exposição Arquitetura Moderna na América Latina, que abre dia 7 de março, no Hall da Reitoria da UFSC.

No mesmo dia, às 14h, será proferida uma palestra com o professor Fernando Lara, no auditório da Reitoria. Lara é PhD pela Universidade de Michigan e professor da Universidade do Texas, em Austin. Na palestra, Lara discutirá as proximidades e especificidades da modernidade na América Latina, segundo o ponto de vista de seus principais teóricos: Edmundo O’Gorman, Walter Mignolo, Arturo Escobar, Eduardo Viveiros de Castro, entre outros.

A mostra foi concebida para acompanhar o livro Modern Architecture in Latin America: Art, Technology and Utopia, de Luis E. Carranza e Fernando Lara (UT Press), lançado em janeiro de 2015 que tenta, pela primeira vez, compreender de maneira abrangente tal produção ao longo do século XX.

A exposição já passou por diversos lugares desde sua montagem inicial, em março de 2015 – Austin, Madrid, Rio de Janeiro, Cidade do México, Saint Louis, entre outros -, e depois de Florianópolis, segue para Recife, Santiago e Bogotá.

Um painel de 20 metros exibe 300 ilustrações de projetos organizadas segundo uma linha do tempo, mas que se entrelaçam na possibilidade de diversos olhares e múltiplas narrativas, que tentam dar conta do panorama complexo da construção da modernidade latino-americana em suas condições históricas, sociais, políticas e culturais, e em suas diversas escalas.

América Invertida de Joaquín Torres-García se tornou o mote da exposição, em que o olhar contínuo é desconstruído em vista dos diversos olhares possíveis a explorar essa densa rede de experiências e manifestações modernas. Para efeito de orientação da leitura, os edifícios estão tingidos em cores que correspondem aos três grandes temas explorados no livro – arte, tecnologia e utopia – e organizados por latitudes, com Chile mais acima e México abaixo, como no famoso desenho do artista uruguaio. Além disso, os edifícios se conectam segundo distintas características que os aproximam: urbanismo, surrealismo, experimentação, brutalismo, habitação, entre outras.

Fernando Lara é arquiteto, PhD pela Universidade de Michigan e professor na Escola de Arquitetura de Austin da Universidade do Texas. É Coordenador do Grupo LAMA (Latin American Modern Architecture) nesta mesma universidade. Em Florianópolis, a exposição teve coordenação do professor do departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFSC, José Ripper Kós, com participação da professora Karine Daufenbach.

catalogo_imagem

Serviço:

Exposição “Arquitetura Moderna na América Latina” abre na UFSC

Dias: 7 a 18 de março, no Hall da Reitoria da UFSC.

Palestra: dia 7, com o prof. Fernando Lara (PhD pela Universidade de Michigan e Professor da Universidade do Texas, em Austin.), às 14h via Skype, no auditório da Reitoria.

 

Envie seu Comentário