Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "exposição"

Faculdade CESUSC promove VIII Vitrine Design de Interiores

16 de junho de 2016 0

Até sexta-feira (17) o Curso de Design de Interiores da Faculdade CESUSC realiza a oitava edição da Vitrine Design de Interiores – Mostra de Interiores. Este ano, a mostra será realizada em um novo espaço, o “Galeria CESUSC”, anexo ao auditório da Faculdade.

Durante o evento estão programadas diversas palestras técnicas, bem como uma oficina de projeto no formato de atelier vertical, integrando os acadêmicos de todas as fases do curso em um novo desafio de criação. Serão expostos projetos, maquetes, objetos de utilidade e trabalhos acadêmicos, além da montagem de um ambiente eleito em escala real.

A visitação da Vitrine Design de Interiores é de segunda a sexta, das 19h às 22h com acesso gratuito a toda a comunidade.

PROGRAMAÇÃO VIII VITRINE DESIGN CESUSC – MOSTRA DE INTERIORES 2016

Organização:

DIA 14/06/2016 – TERÇA-FEIRA
1 – OFICINA DE ATELIE VERTICAL: Prática projetual integrada
Orientadores: Arq. Cristiana Trichez Msc./ Arq. Carlos Falkoski, Esp. / Arq. Monna Borges, Msc. / Arq. Pery Segala, Msc.
Tema: Ambiente de convivência em um Hostel
Horário: 19h – 22h30
Local: Salas 119 / 121 / 122 / LAB III

DIA 15/06/2016 – QUARTA-FEIRA
1 – PALESTRA TEMÁTICA
Palestrante: Professora Dra. em Arquitetura e Urbanismo Marcia Regina Escorteganha. Analista Técnica – Conservadora – Restauradora do MHSC/FCC – IPUF – Instituto do Patrimônio Urbano de Florianópolis
Tema: Critérios para intervenções de interiores em edificações tombadas pelo IPHAN.
Horário: 19h15 – 21h.
Local: Auditório Campus Cesusc

DIA 16/06/2016 – QUINTA-FEIRA
1 – PALESTRA TEMÁTICA
Palestrante: Designer Claudio Fahl Perdomo, Msc. com formação em Desenho Industrial de produto, Mestrado em Engenharia. Possui com vasta experiência no desenvolvimento de novos produtos, da conceituação ao detalhamento técnico. Experiência em Yachts Design responsável por gerenciar equipe de design, desenvolvendo projetos de novas embarcações, envolvendo: modelagem 3D, prototipagem, programação CNC (5 eixos), Benchmarking, projeto de móveis e acabamentos, projetos de moldes, projetos estruturais, elaboração de planos de laminação e desenvolvimento de sistemas mecânicos.
Tema: Yachts Design – Embarcações de Lazer
Horário: 19h30 – 21h
Local: Auditório Campus Cesusc

DIA 17/06/2016 – SEXTA-FEIRA
1 – Palestrante: Arq. Patrícia Moschen, Msc. com formação em Arquitetura e Urbanismo e mestrado em Eng. Com tema: qualidade e produtividade do habitat. Especialização em Arquitetura Hospitalar (em época de entrega de TCC). Atua a quase 20 anos com projetos arquitetônicos e arquitetura de interiores (residencial, comercial, hotelaria e na área da saúde), sócia proprietária das empresas Estilo Próprio Arquitetos Associados, MM Arquitetura Conectada, H4 Arquitetura Hospitalar.
Tema: Projetos de Interiores – Ambientes de Saúde /Ambientes de Hospedagem.
Horário: 19h15 – 21h
Local: Auditório Campus Cesusc

Encerramento da VIII Vitrine Design Cesusc – Mostra de interiores 2016.
Horário: 21h30

Portal ArqSC amplia abrangência do anuário impresso

25 de março de 2016 0

news02

É com orgulho que apresento o portal ArqSC, um produto lançado no verão de 2016 e que ainda não comentei por aqui.

Depois de quase uma década do anuário impresso, era preciso uma atualização, dinamismo com a informação e abrangência. Há muitos anos tinha a intenção de criar um site do anuário, mas tudo tem um certo tempo de amadurecimento necessário. Até que um grupo entusiasmo com as mesmas questões decidiu desenvolver um produto que agregasse ao impresso, e que rompesse as fronteiras do papel. Investimos no meio digital e lançamos o portal ArqSC com atuação em quatro eixos: arquitetura, interiores, design e arte, abordando notícias, artigos assinados por um time de colaboradores, projetos de todos os lugares, mas principalmente do estado, entrevistas em plataformas multimídia. O ArqSC nasceu no verão de 2016, depois de um longo amadurecimento e um processo criativo muito singular, que reflete novas formas de trabalho coletivo e participativo baseado na confiança. Desde junho de 2015 um grupo multidisciplinar passou a se reunir semanalmente por videoconferência para criar a plataforma: o holandês Michiel Huiskens Nogueira, especialista em design digital, que morava em Barcelona; a jornalista Simone Bobsin e o designer especializado em gestão Rodrigo Mendonça, com residência em pontos distantes de Florianópolis; e os gestores em marketing e administração Clarice Mendonça e André Oliveira, em Palhoça. Foram muitas conversas, pesquisas, formatação do modelo de negócio até que o ArqSC entrou no ar para conquistar um espaço ocioso em SC na divulgação de notícias do setor. Cocriação, participação, tendência e inspiração são nossos conceitos. Acesse: arqsc.com.br logo

capa an2007 - Cópia

Nº 1, até o número 5 o anuário foi realizado com a jornalista Letícia Wilson.

capa an2008 - Cópia

anuário 2

capa an2009 - Cópia

anuário 3

CAPA2010 ALTA

anuário 4

capa5 - Cópia

anuário 5

CAPA - Cópia

anuário 6

capa

ArqSC 7ª

Abre hoje, na UFSC, exposição sobre arquitetura moderna na América Latina

07 de março de 2016 0
prof. Fernando Lara

Professor Fernando Lara.

O Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFSC convida para a Exposição Arquitetura Moderna na América Latina, que abre dia 7 de março, no Hall da Reitoria da UFSC.

No mesmo dia, às 14h, será proferida uma palestra com o professor Fernando Lara, no auditório da Reitoria. Lara é PhD pela Universidade de Michigan e professor da Universidade do Texas, em Austin. Na palestra, Lara discutirá as proximidades e especificidades da modernidade na América Latina, segundo o ponto de vista de seus principais teóricos: Edmundo O’Gorman, Walter Mignolo, Arturo Escobar, Eduardo Viveiros de Castro, entre outros.

A mostra foi concebida para acompanhar o livro Modern Architecture in Latin America: Art, Technology and Utopia, de Luis E. Carranza e Fernando Lara (UT Press), lançado em janeiro de 2015 que tenta, pela primeira vez, compreender de maneira abrangente tal produção ao longo do século XX.

A exposição já passou por diversos lugares desde sua montagem inicial, em março de 2015 – Austin, Madrid, Rio de Janeiro, Cidade do México, Saint Louis, entre outros -, e depois de Florianópolis, segue para Recife, Santiago e Bogotá.

Um painel de 20 metros exibe 300 ilustrações de projetos organizadas segundo uma linha do tempo, mas que se entrelaçam na possibilidade de diversos olhares e múltiplas narrativas, que tentam dar conta do panorama complexo da construção da modernidade latino-americana em suas condições históricas, sociais, políticas e culturais, e em suas diversas escalas.

América Invertida de Joaquín Torres-García se tornou o mote da exposição, em que o olhar contínuo é desconstruído em vista dos diversos olhares possíveis a explorar essa densa rede de experiências e manifestações modernas. Para efeito de orientação da leitura, os edifícios estão tingidos em cores que correspondem aos três grandes temas explorados no livro – arte, tecnologia e utopia – e organizados por latitudes, com Chile mais acima e México abaixo, como no famoso desenho do artista uruguaio. Além disso, os edifícios se conectam segundo distintas características que os aproximam: urbanismo, surrealismo, experimentação, brutalismo, habitação, entre outras.

Fernando Lara é arquiteto, PhD pela Universidade de Michigan e professor na Escola de Arquitetura de Austin da Universidade do Texas. É Coordenador do Grupo LAMA (Latin American Modern Architecture) nesta mesma universidade. Em Florianópolis, a exposição teve coordenação do professor do departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFSC, José Ripper Kós, com participação da professora Karine Daufenbach.

catalogo_imagem

Serviço:

Exposição “Arquitetura Moderna na América Latina” abre na UFSC

Dias: 7 a 18 de março, no Hall da Reitoria da UFSC.

Palestra: dia 7, com o prof. Fernando Lara (PhD pela Universidade de Michigan e Professor da Universidade do Texas, em Austin.), às 14h via Skype, no auditório da Reitoria.

 

Carlos Silva expõe no Varal da Trajano

27 de fevereiro de 2016 0
carlos silva 1

Carlos Silva.

 O fotógrafo Carlos Silva é o convidado do primeiro Varal da Trajano de 2016, que ocorre neste sábado (27). São 30 fotos da Amazônia que serão expostas no calçadão da Trajano, das 9h às 14 horas. As imagens foram produzidas durante viagens no estado do Pará nos anos 2000.

“As cores correm pelos campos da Ilha do Marajó, saltam sobre as ondas das praias salgadas de Salinópolis, andam pelos corredores da feira do Ver-o-Peso em Belém, percorrem os trilhos de minério de Carajás, voam com os guarás ou nadam com os botos de Santarém. Índios marrons contrastam com araras que parecem arco-íris”, narra o fotógrafo sobre o conjunto de imagens.

Carlos Silva é natural de Florianópolis. Atuou nos principais jornais do Estado, incluindo Diário Catarinense, O Estado e Jornal de Santa Catarina. Participou de coberturas nas principais agências nacionais e internacionais, participou de várias exposições coletivas e individuais entre elas “Amazônia BR, Sesc – Pompéia São Paulo; “Povo da Amazônia” na cidade de Clemond Ferrandt, na França; e “Olhar Amazônico” nas principais galerias de São Paulo e Porto Alegre.

O Varal da Trajano tem o apoio da Multicor, da Hahnemühle e da Fundação Franklin Cascaes. Ocorre no último sábado de cada mês. A exposição de abertura do projeto foi Cidade Invisível, com Milton Ostetto e Alexandre Freitas. Em seguida, ocorreu Do Mar ao Céu, de Kleber Steinbach e Paulo Goeth; Paixão pelas Ruas, de Joaquim Araujo; Instântaneos, de Jairo Cardoso; Andarapé, de André Paiva; Imagens que dizem um pouco de cada um e de alguns, de Ronaldo de Andrade e Hermes Daniel; e O Aguardar a Chuva, de Guilherme Góes.(texto Fifo Lima).

carlos silva 4 carlos silva 2 carlos silva 3

Lançamentos valorizam o design e reforçam novas abordagens para os produtos

23 de fevereiro de 2016 1
Mannes-Sofa-Aqua-IMG_5622_Julia_Ribeiro

Mannes, Sofa Aqua – foto Julia Ribeiro.

Mannes-Sofa-Davi-IMG_5614_Julia_Ribeiro

Mannes, Sofa Davi, foto Julia Ribeiro.

Visitei a ABIMAD – feira da associação brasileira das indústrias de móveis de alta decoração. Meu olhar foi para a indústria catarinense, que representa em torno de 30% da feira, segundo Paulo Allemand, ex-presidente e um dos fundadores. Em comum no perfil das empresas, a atenção ao design, que aos poucos passa a ser entendido como uma ferramenta importante de diferenciação no mercado.

Nos estandes, a presença dos designers foi valorizada com painéis identificando os criadores, além de tags nos móveis. E nada de muito novo em relação às tendências do setor. Os lançamentos reforçaram o investimento em tecnologia e no conforto dos estofados – almofadas enormes e super fofas para se jogar sem culpa. Cada vez mais são feitas novas abordagens para os mesmos produtos, relançados com atualizações de tecidos, cores e detalhes.

Vale destacar ainda as formas ora sequinhas, ora arredondadas dos estofados e poltronas, os modelos componíveis, e a multifunção, que colabora na ambientação dos espaços, facilitando o nosso dia a dia. Bons exemplares foram apresentados pela Mannes e Bell’arte.

Bell-Arte-Sofa-Taiga-IMG_5638_Julia_Ribeiro

Sofá Taiga, Bell’arte – foto Julia Ribeiro.

IMG_9563 (1632 x 1224)

Sofá com tecido para pintar, uma instalação para descontrair que fez tanto sucesso que vai parar no catálogo da Bell’arte.

Butzke

Nesta edição, os lançamentos da empresa de Timbó incluíram ampliações de duas linhas: a Mucuri, de Zanine de Zanini, com um sofá de 3 lugares; e linha Lotús, do estúdio Asa Design, incluiu no catálogo um sofá e duas poltronas.

O destaque fica mesmo com a coleção Butzke + RosaPinc que utiliza uma linguagem contemporânea aliada ao trabalho artesanal em cerâmica, com desenhos originais, criando peças únicas e limitadas. A linha conta com mesas de apoio, jantar e garden seats, todas produzidas em madeira cumuru. São lindas!

Butzke-Sofa-Lotus-IMG_5871_Julia_Ribeiro

A linha Lotús, do Estúdio Asa Design, que ganha sofá e poltrona. Foto Julia Ribeiro.

IMG_9614 (600 x 450)

Banco da linha Mucuri, de Zanine de Zanini para a Butzke. Foto minha.

IMG_9567 (1224 x 1632)

Coleção Butzke + RosaPinc

Já a Milênio Home é uma empresa que aos poucos percebe a importância do design no setor de mobiliário.  Adriano Santos, do estúdio Nuovo Design e que desenha para a marca há alguns anos, expôs com destaque na Abimad a coleção de mesas de centro, laterais e poltronas inspiradas na fauna e flora nacional. Estúdio Asa Design, Lourena Genovez e Paulo Niemeyer também estão entre os lançamentos da marca, que tem fábrica em Palhoça.

IMG_9615 (1224 x 1632)

Coleção de Adriano Santos para a Milênio Home.

IMG_9580 (600 x 450)

Mesa by Adriano Santos.

Mobivier-Chaise-Paulo-Sergio-e-Banco-Catedral-Niemeyer-IMG_5684_Julia_Ribeiro

Coleção Niemeyer por Paulo Niemeyer.

Artisan

Esqueça as tendências em cores ditadas pela moda casa. A Artisan, de Criciúma, lançou uma linha de estofados com mantas Masai que vieram diretamente de uma vila no Quênia. São feitas em tear e usadas para vestir. Xadrez e listras, em tons forte de vermelho e outras cores, chamaram a atenção no estande durante a Abimad. A coleção faz parte do projeto Escola Kabiria, e parte das vendas será destinada a escola.

IMG_9612 (1224 x 1632)

Coleção da Artisan faz referência aos tecidos Masai.

Ettore Design

O empresário Leonardo Villanova, da Ettode Design, era convidado VIP da feira. E também não é para menos. Sua loja é referência em móveis com design nacional, um garimpo feito pelo próprio empresário que nesta edição comprou com cautela, mas não deixou de escolher bons exemplares. Em breve na loja peças do designer Marcelo Ligieri desenhadas para a Doimo; poltrona Dorival de Arthur Casas, e sofá Mucuri, de Zanine de Zanini, ambas criadas para a Butzke. Lançamentos hot pelo olhar do empresário.

 

 

 

Marco Giacomelli abre exposição multimídia "Sobre Águas"

17 de fevereiro de 2016 0
Território Neutro 1 ©MarcoGiacomelli

Território Neutro 1 ©MarcoGiacomelli

“Sobre Águas”, exposição multimídia do artista Marco Giacomelli, apresenta a experiência multifacetada da relação entre a água como força dinâmica da vida e a sua própria vida. Para o artista, “esta é a metáfora para o universo e sua incomparável neutralidade acerca das questões de prazer e dor, de vida e morte”.

A exposição oferece ao público uma ocasião rara para interagir com uma nova geração de trabalhos em artes visuais – geração que desafia as fronteiras e rótulos tradicionais.  Com a curadoria de Scott MacLeay, é composta por fotografias, vídeos e áudios e convida a participar da viagem muito pessoal do artista, que compartilha o ambiente de toda sua vida.

“A exposição é uma experiência verdadeiramente única, porque combina uma inocência quase infantil com a sofisticação conceitual cosmopolita de um cidadão do mundo”, declara MacLeay. Para o curador,  “é difícil falar do conteúdo no sentido tradicional. Quando se discute as criações de Marco Giacomelli, vê-se que o processo é o seu conteúdo. E eles são indistinguíveis”.

O curador descreve Marco Giacomelli como um “explorador cromático”, cujas abstrações investigam o lado oculto de cenas do cotidiano e de situações que o cercam toda a sua vida. “Marco Giacomelli não está preocupado em comunicar mensagens nem em fazer belas imagens. Ele está literalmente obcecado em expressar a ambiguidade da sua relação muito pessoal com a natureza e em expressar as sensações que tais experiências provocam.”

Acerca da concepção da exposição, Scott MacLeay resume: “Ele não procura nos convencer de coisa alguma. Ele nos apresenta a percepção pessoal crua de seu ambiente natural como um fluxo de energia vibrando em constante evolução. Paradoxalmente, ao revelar o que está oculto, ele mistifica ao invés de esclarecer, seduzindo-nos a mergulhar mais profundamente em seu mundo etéreo”. (texto da assessoria do artista)

Gémeas 3, Painel 1 & 2 ©MarcoGiacomelli

VISITA GUIADA

No dia 19 de fevereiro, das 16 às 18h haverá uma visita guiada seguida de conversa com o artista e o curador. A atividade é gratuita e as inscrições devem ser feitas pelo e-mail  ecm2@ecm2art.com.

Marco Giacomelli

Marco Giacometti

MARCO GIACOMELLI

“Marco Giacomelli começou a expor seu trabalho documental de fotografia no ano de 2010, em galerias privadas e mostras de arquitetura. No ano seguinte fez sua primeira exposição fora do Brasil, numa galeria de arte privada, no município de Bethesda, Maryland nos EUA. No mesmo ano participou de exposições coletivas na Fundação Cultural BRDE e na Galeria Municipal de Arte Pedro Paulo Vichetti. Dois de seus trabalhos foram apresentados no festival internacional de fotografia “Floripa na Foto 2011″.

Em 2012 integrou o programa de residência em “Fotografia Contemporânea / Novas Mídias”, com o artista canadense Scott MacLeay e participou também do Workshop Transmedia “What’s the Story”, do ICP, New York, co-organizado pelo mesmo artista. Em 2013 iniciou uma colaboração com Scott Macleay para o desenvolvimento artístico de seus projetos.

Scott MacLeay

Fotógrafo, artista de novas mídias, compositor e escritor, iniciou sua carreira em Vancouver, no Canadá, na década de 70, tendo trabalhado em Paris e Nova York durante 30 anos. Mudou-se para o Brasil em 2010. Criou o grupo de pesquisa musical Private Circus em Paris e teve seus trabalhos expostos em diversas galerias e museus da Europa, América do Norte e do Sul e Japão. Sua obra foi incluída na Time-Life History of Photography, no volume dedicado à “Arte da Fotografia” e está presente em museus e coleções privadas em todo mundo. Fundou o Departamento de Fotografia do American Center for Artists em Paris e tornou-se diretor do Center for Media Art and Photography (CMAP), um centro inovador de atividades de mídia arte e produções audiovisuais. No final de 2011, fundou no Brasil o Processo Criativo, um movimento dedicado à promoção e ao desenvolvimento de trabalhos inovadores e de pesquisas nas artes tecnológicas. Em 2015 lançou seu livro PENSAR, SENTIR, VER : Percepção e Processo em Fotografia, no Brasil.

Entre Mares 3 ©MarcoGiacomelli

SERVIÇO

O que: SOBRE AGUAS – Exposição multimídia de Marco Giacomelli

Local: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina – MIS / CIC

Avenida Governador Irineu Bornhausen, n° 5600 – Agronômica, Florianópolis/SC

Abertura: 18/02/2016, às 19h30. No dia 19/02 haverá a visita guiada seguida de conversa com o artista e o curador, das 16 às 18h. Inscrições gratuitas pelo email ecm2@ecm2art.com.

Visitação: 19/02 a 10/04/2016, de terça-feira à sábado, das 10 às 20h30; domingos e feriados das 10 às 19h30
Entrada Gratuita.

Vias Turbulentas 10 ©MarcoGiacomelli Vias Turbulentas 4 ©MarcoGiacomelli

Stockholm Furniture & Light Fair por Juliana Pippi

10 de fevereiro de 2016 0

A viagem da arquitetura Juliana Pippi como premiação de relacionamento da Saccaro Florianópolis rendeu material aqui para o blog. Segue texto da antenada profissional sobre a  Stockholm Furniture & Light Fair.

IMG_9442

Arquiteta Juliana Pippi.

“Hoje tive a oportunidade de aprofundar minha pesquisa no design escandinavo e me apropriar de outras tendências que o mundo do décor está antenado .  De 08 a 14 de fevereiro de 2016 acontece , aqui na Suécia, a feira Stockholm Furniture & Light Fair. O evento é o maior ponto de encontro para os móveis escandinavos e o desenho de iluminação.  Essa semana é voltada ao design nórdico, e esta é a maior feira do segmento com design autoral da região. Ela se divide entre as duas principais feiras, Furniture Fair e Light Fair, e os eventos satélite que acontecem em showrooms, lojas e galerias da capital sueca.

As marcas suecas de maior prestígio e que já fazem parte do cotidiano dos escandinavos e são referências por aqui são Asplund, Hay,Muuto, PP Møbler,Inno e muitas outras. Na Light Fair os destaques ficaram com as marcas internacionais como Flos e Foscarini assinadas por designer escandinavos.

As cores pálidas “morandianas” são as predominantes e os tons de rosa e verdes dominaram os estandes. Os contrapontos entre cheios e vazados são o forte em todo mobiliário.

Inspiração não faltam por aqui! ”

Para saber mais, acesse http://www.stockholmdesignweek.com/

IMG_9438

Fotos de Juliana Pippi.

IMG_9439 IMG_9441

IMG_9444 IMG_9443 IMG_9440 IMG_9436

IMG_9435

Juliana Pippi, Márcia Maurano (Saccaro) e Cristiana Delpizzo.

 

Trio de ilhéus unem-se em exposição na Fortaleza de São José da Ponta Grossa

18 de janeiro de 2016 0

Exposição__Forte 2016 Exposição - Convite

Fotografia em cena no Missão Casa de hoje

28 de dezembro de 2015 0

No último programa do ano, conversamos com curadores e coletivo de fotógrafos sobre o atual cenário da fotografia. Na nossa retrospectiva, mostramos a entrevista com a artista plástica Heloisa Crocco gravada em 2008. E um dos destaques deste ano em mostras de decoração foi a delicada suíte Candy Colors, do arquiteto Jean Felix, que você revê hoje às 23h, na TVCOM.

 

fotografia 2

Paulo Greuel e a curadora italiana Elisa Rusca.

fotografia 4

Soninha Vill, Cláudio Brandão e Otávio Nogueira (atrás), do coletivo Circuito Galeria.

Agenda de exposições de hoje

16 de dezembro de 2015 0

Agenda cheia hoje na área das artes. A partir  das 16h30min, acontece a 9ª edição do projeto Gerações Masc – Museu em Movimento terá a participação da jornalista Néri Pedroso, que atua no jornal Notícias do Dia, onde assina a coluna Mosaico e escreve sobre artes visuais. Com o título “O Homem dos Despertadores”, o encontro irá enfocar Harry Laus (1922-1992), na sala que leva o nome do crítico de arte e escritor, localizada no Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. A programação é promovida pela FCC, por meio do Núcleo de Ação-Educativa (NAE) do Masc, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (MIS/SC).

O bate-papo com o público revisitará a trajetória de Harry Laus. A jornalista apropria-se do título “O Homem dos Despertadores”, do artigo do crítico Louis Soler, publicado em 1991 na revista espanhola Confluências, nº 2, no qual ele analisa “As Horas de Zenão das Chagas” (ed. Mercado Aberto/1987), uma das mais importantes obras do catarinense. “Embora o livro atenha-se aos atributos do escritor, em analogia, é possível pensar Laus como um despertador nas artes visuais do Estado. Ele fez muito. Dedicou 16 anos de sua vida, em favor do que ele definiu como ‘consciência global de nossa classe artística, madura e apta para enfrentar salões nacionais e bienais’. Tentarei, de modo simples e sucinto, mostrar um pouco do ele fez. A ideia é refrescar um pouco a memória e estimular depoimentos da plateia”, explica Néri.

 

Às 19h mais dois eventos: abertura da exposição MULTIPLOS, na sala de exposições temporárias do Museu Victor Meirelles. No mesmo dia, às 18h,acontecerá a Conversa com a editora do caderno Plural do jornal Notícias do Dia e co-curadora da exposição, Dariene Pasternak, a artista e curadora da exposição, Letícia Cardoso, a galerista Myrine Vlavianos e a pesquisadora, professora e colecionadora Regina Melim. E na Circuito Galeria a mostra fotográfica “Outras Ilhas”, que integra a segunda etapa da trilogia expositiva, “A ILHA DE CADA UM”.Com Cláudio Brandão, Kleber Steinbach, Luciana Petrelli, Markito, Otavio Nogueira, Ronaldo Andrade, Soninha Vill e Walmor de Oliveira.

expo 1 expo multiplos
MASC –

Quando: 16/12/2015 (quarta-feira), às 16h30min.
Onde: Sala Harry Laus – Museu de Arte de Santa Catarina (Masc).
Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica – Florianópolis 
Informações: (48) 3664-2630 / 3664-2633
Entrada gratuita

 

Circuito Galeria

Horário : Às 19 horas.

Local : Auditório do Koerich Beiramar Office
Rua Demetrio Ribeiro, 51
Entrada franca.

 

Museu Victor Meirelles/IBRAM/MinC
Rua Victor Meirelles, 59 – Centro – Florianópolis – Brasil

Fone: 55 (48) 3223-3274 e 3225-4121