Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Livros"

Abre hoje, na UFSC, exposição sobre arquitetura moderna na América Latina

07 de março de 2016 0
prof. Fernando Lara

Professor Fernando Lara.

O Curso de Arquitetura e Urbanismo da UFSC convida para a Exposição Arquitetura Moderna na América Latina, que abre dia 7 de março, no Hall da Reitoria da UFSC.

No mesmo dia, às 14h, será proferida uma palestra com o professor Fernando Lara, no auditório da Reitoria. Lara é PhD pela Universidade de Michigan e professor da Universidade do Texas, em Austin. Na palestra, Lara discutirá as proximidades e especificidades da modernidade na América Latina, segundo o ponto de vista de seus principais teóricos: Edmundo O’Gorman, Walter Mignolo, Arturo Escobar, Eduardo Viveiros de Castro, entre outros.

A mostra foi concebida para acompanhar o livro Modern Architecture in Latin America: Art, Technology and Utopia, de Luis E. Carranza e Fernando Lara (UT Press), lançado em janeiro de 2015 que tenta, pela primeira vez, compreender de maneira abrangente tal produção ao longo do século XX.

A exposição já passou por diversos lugares desde sua montagem inicial, em março de 2015 – Austin, Madrid, Rio de Janeiro, Cidade do México, Saint Louis, entre outros -, e depois de Florianópolis, segue para Recife, Santiago e Bogotá.

Um painel de 20 metros exibe 300 ilustrações de projetos organizadas segundo uma linha do tempo, mas que se entrelaçam na possibilidade de diversos olhares e múltiplas narrativas, que tentam dar conta do panorama complexo da construção da modernidade latino-americana em suas condições históricas, sociais, políticas e culturais, e em suas diversas escalas.

América Invertida de Joaquín Torres-García se tornou o mote da exposição, em que o olhar contínuo é desconstruído em vista dos diversos olhares possíveis a explorar essa densa rede de experiências e manifestações modernas. Para efeito de orientação da leitura, os edifícios estão tingidos em cores que correspondem aos três grandes temas explorados no livro – arte, tecnologia e utopia – e organizados por latitudes, com Chile mais acima e México abaixo, como no famoso desenho do artista uruguaio. Além disso, os edifícios se conectam segundo distintas características que os aproximam: urbanismo, surrealismo, experimentação, brutalismo, habitação, entre outras.

Fernando Lara é arquiteto, PhD pela Universidade de Michigan e professor na Escola de Arquitetura de Austin da Universidade do Texas. É Coordenador do Grupo LAMA (Latin American Modern Architecture) nesta mesma universidade. Em Florianópolis, a exposição teve coordenação do professor do departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFSC, José Ripper Kós, com participação da professora Karine Daufenbach.

catalogo_imagem

Serviço:

Exposição “Arquitetura Moderna na América Latina” abre na UFSC

Dias: 7 a 18 de março, no Hall da Reitoria da UFSC.

Palestra: dia 7, com o prof. Fernando Lara (PhD pela Universidade de Michigan e Professor da Universidade do Texas, em Austin.), às 14h via Skype, no auditório da Reitoria.

 

Arthur Casas autografa livro em Florianópolis

20 de janeiro de 2016 0

A Mac Design, loja no Shopping Casa & Design, promove lançamento do livro e bate-papo com o arquiteto Arthur Casas, dia 21 de janeiro. “Studio Arthur Casas, Works 2008-2015”, é a segunda obra do arquiteto e apresenta 29 projetos criados nos últimos oito anos. Revela também as inspirações e o processo criativo de Casas. Nesta edição, há ainda textos sobre a trajetória do escritório, que tem sede em São Paulo e Nova York.

Antes da sessão de autógrafos, o arquiteto irá falar sobre sua carreira. O evento, restrito a convidados, tem apoio do Shopping Casa & Design, Núcleo Casa e a Asbea/SC (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura de Santa Catarina). 

ArthurCasas_por_@JHONATAN CHICARONI_227-2

Arquiteto Arthur Casas, foto de Jhonatan Chicaroni.

305 Cover Studio Arthur Casas_Port

Livro reúne 29 projetos de Arthur Casas

31 de dezembro de 2015 0

Arthur Casas, arquiteto brasileiro com projetos residenciais e corporativos no Brasil e no mundo, lançou seu segundo livro em dezembro. A obra reúne 29 projetos assinados pelo profissional em uma seleção com suas principais criações desenvolvidas no período de 2008 até o ano de 2015. Intitulado “Studio Arthur Casas, Works 2008 – 2015”, com chancela da Polígrafa, importante editora espanhola, o portfólio conta com fotografias de nomes consagrados como Fernando Guerra, Ricardo Labougle, Leonardo Finotti e Jhonathan Chicaroni. Além das fotos, o livro traz também os estudos e desenhos feitos pelo arquiteto, mostrando seu processo criativo.

Nesta edição há ainda textos produzidos pelo próprio arquiteto, discorrendo com poesia a trajetória do escritório. Entre os colaboradores, nomes de peso como Philip Stevens, Ana Dominguez, Maria Cecília Loschiavo dos Santos e Fernando Serapião. Esse é seu segundo livro, já que em 2007 Casas lançou “São Paulo na arquitetura de Arthur Casas” pela editora Décor.

O profissional é uma das mais respeitadas personalidades da arquitetura contemporânea brasileira, tendo sido responsável por projetos impactantes, como o Hotel Emiliano e a H.Stern na 5ª Avenida. Com projetos espalhados por Nova York, Los Angeles, Londres, Paris, Rio de Janeiro, Tóquio, entre tantas outras cidades ao redor do mundo, Arthur Casas traz em seu traço o impacto de uma geração marcada pelas curvas de Niemeyer em Brasília, mas principalmente pela arte concreta e pela arquitetura de linhas retas que nasciam em seu quintal – a metrópole da América do Sul tão caótica quanto rica em linguagem e possibilidades(com  assessoria de imprensa).

A São Paulo de Artigas e Levi foi, sem dúvida, a sua grande escola.

Informações técnicas:

Studio Arthur Casas, Works 2008 – 2015

Editora: Ediciones Polígrafa

 

30ª Feira do Livro de Florianópolis acontece até 22 de dezembro

11 de dezembro de 2015 0

Realizar a 30ª Feira do Livro de Florianópolis, que começou hoje e vai até 22 de dezembro, no Largo da Alfândega, é uma forma de incentivar o surgimento de novos leitores, nesta época de compras. “O objetivo é justamente aproveitar este momento para estimular a leitura. Dar um livro de presente é contribuir com o aumento de novos leitores. Muitas pessoas, às vezes, não têm o hábito da leitura, pois faltou oportunidade. Um empurrãozinho, como receber um livro de presente, pode mudar tudo”, incentiva a presidente da Câmara Catarinense do Livro, Irene Rios da Silva.

Durante os 11 dias de evento não irão faltar títulos para os mais variados gostos de leitura. Do gênero infantil, aos best-sellers, de​ diferentes assuntos e áreas de interesse.  Os preços também variam de acordo com o bolso. Serão cerca de 20 mil títulos à disposição, 15 estandes e ainda uma programação diária para valorizar a produção literária da região. O evento oferece um espaço especial para lançamentos de livros e sessões de autógrafos, como uma forma de divulgar, comercializar e estreitar ainda o contato entre escritores e leitores. Estão confirmados 47 autores e 68 obras participantes nesta edição. “A expectativa é aumentar as vendas e superar o resultado do ano passado, que teve 90 mil livros vendidos. A meta desta edição é aumentar esse número”, comenta Irene.

A 30ª Feira do Livro de Florianópolis é promovida pela Câmara Catarinense do Livro e tem realização do Instituto Ousar e Ilha Mágica Eventos. O funcionamento será de segunda a sexta, das 9h às 20 horas. Sábado das 9h às 18horas e domingo das 13h às 18horas. Mais informações no site:  http://www.cclivro.org.br (Texto assessoria de imprensa).

 

SERVIÇO:

O que - 30ª FEIRA DO LIVRO DE FLORIANÓPOLIS
Quando: 11 a 22 de dezembro de 2015.
Horário: segunda a sexta: das 9 h. às 20 h. – sábados: das 9 h. às 18 h. – domingos: das 13 h às 18 h.
Local: Largo da Alfândega – Centro – Florianópolis – SC
Promoção: Câmara Catarinense do Livro
Realização: Instituto Ousar / Ilha Mágica Eventos
Site: http://www.cclivro.org.br

 

Lançamentos de livros e sessões de autógrafos

30ª Feira do Livro de Florianópolis

11 a 22 de Dezembro de 2015

Largo da Alfândega – Florianópolis – SC

 

11 de Dezembro de 2015 – Sexta-feira

14 às 15 horas - Sessão de autógrafos “A Dança do Boi” com Valéria Valentim Gomes de Maria Helena Valentim Gomes, (In Memoriam).  (Florianópolis – SC).

15 às 16 horas - Sessão de autógrafos “A Cidade dos Polvos” de Ana Esther (Florianópolis – SC).

16 às 17 horas - Sessão de autógrafos “Campinas Poéticas” de Susana Zilli de Mello (Florianópolis – SC).

17 às 18 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Anuário Astronômico Catarinense 2016″ de Alexandre Amorim (Florianópolis – SC).

18 às 19 horas - Sessão de autógrafos “As Aventuras de Pingo de Chuva – A Árvore Condomínio” de Vera Lúcia J. Silva (Florianópolis – SC).

 

12 de Dezembro de 2015 – Sábado

09 às 10 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Lucinda Bruxa da Ilha com seus 405 anos” (Livro para Colorir) de Eliete Terezinha Martins (Florianópolis – SC).

10 às 12 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “O tempo passa” (crônicas) e “Burro não!” (infantil) de Maria Luiza Vargas Ramos (Florianópolis – SC).

12 às 13 horas - Sessão de autógrafos “Texto e Interação na Escola”, “Sonetos & Hibiscus” e “Quando as Ondas Cintilam” de Luciene Fontão (Florianópolis – SC).

13 às 14 horas - Divulgação “Hercólubus ou Planeta Vermelho (V. M. Rabolú)” de Joaquim Enrique Amortegui Valbuena, (In Memoriam). (Rio de Janeiro – RJ).

14 às 17 horas - Sessão de autógrafos “O Menino e as estrelas”, “Luz Lembrada (Jyoti)” e “7 contos da resistência” de William Wollinger Brenuvida (Governador Celso Ramos – SC).

17 às 18 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Descobrindo Todas as Formas de Amor” e “Só o Amor Pode Curar a Dor” – Livros 1 e 2 da Trilogia Apenas Amor de Roberta Farig (Florianópolis – SC).

 

13 de Dezembro de 2015 – Domingo

14 às 15 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Segredos Sombrios” de Ingrid M. S. (São João Batista – SC).

14 de Dezembro de 2015 – Segunda-feira

17 às 18 horas - Sessão de autógrafos “Menopausa Mulher, você não está sozinha” de Zeli Regina de Souza (São José – SC).

18 às 19 horas - Sessão de autógrafos “Macaco Maca” e “As Aventuras do Lagartinho Verde” de Antonieta Mercês da Silva (Florianópolis – SC)

19 às 20 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Helena – amor além do Alzheimer” de Angela Pinotti (Florianópolis – SC)

 

15 de Dezembro de 2015 – Terça-feira

19 às 20 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “O líder não segue dicas” de Nino Gandarilla Guardia (Santa Cruz de la Sierra – Bolívia).

 

16 de Dezembro de 2015 – Quarta-feira

14 às 15 horas - Sessão de autógrafos “O Verde Esmeraldo do Teu Olhar”  de Dinah Lunardelli Salomon (Curitiba – PR).

16 às 17 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “História de Natal” – contos, Edições A ILHA; “Portugal, Minha Saudade” – crônicas, Editora Dialogar e Edições A ILHA;  “A Cor do Sol” – poemas em português, espanhol, italiano, francês e inglês, Editora Dialogar e Edições A ILHA, de Luiz Carlos Amorim (São José – SC).

17 às 18 horas - Sessão de autógrafos “Do Abismo ao Infinito”  de Edmar Almeida Bernardes (Florianópolis – SC).

18 às 19 horas - Sessão de autógrafos “Macaco Maca” e “As Aventuras do Lagartinho Verde” de Antonieta Mercês da Silva (Florianópolis – SC).

 

17 de Dezembro de 2015 – Quinta-feira

11 às 12 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Grandes Radialistas e Suas Grandes Gafes”, “Prosa & Versos 1 e 4″, “Câmara Júnior”, “Versos Felinos”, “O Grande Livro de Recortes”, E-Books: “Poemeus 01″, “Falei na TV” E “100 Comentários” de Donato Ramos (Florianópolis – SC).

12 às 13 horas - Lançamento “A Festa do Gambá”, sessão de autógrafos “Ao Som do Mar” e “O Condomínio” de Milka Plaza (Florianópolis – SC).

17 às 18 horas - Sessão de autógrafos “Bando sem Marca” de Dilson Vargas Peixoto (Florianópolis – SC).

18 às 19 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Borboletinha Azul”, “Poetizando” e “Entrelaços de Amor” de Rodrigues Chagas (Florianópolis – SC).

19 às 20 horas - Sessão de autógrafos “Meus Pais se Separaram, e Agora?” de Wadricia Vieira (Florianópolis – SC).

 

18 de Dezembro de 2015 – Sexta-feira

10 às 11 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Zéfinho e Orelhudo” e “Dona Lua e Donzelinha” de Carmela Carminatti (Santo Antônio do Sudoeste – PR).

11 às 12 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Meia Dúzia de Poemas Infames” de Carolina Veríssimo (Florianópolis – SC).

12 às 13 horas - Sessão de autógrafos “A Festa do Gambá”, “Ao Som do Mar” e “O Condomínio” de Milka Plaza (Florianópolis – SC).

 

13 às 15 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Zéfinho e Orelhudo” e “Dona Lua e Donzelinha” de Carmela Carminatti (Santo Antônio do Sudoeste – PR).

15 às 16 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Duda de Yorkshore em família” – Livro 2 da Trilogia Duda de Yorkshore de Marisa B. Krás Borges (Porto Alegre – RS).

16 às 17 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Pétalas ao Vento”  de Carmen Rejane Cella (Florianópolis – SC).

17 às 18 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Janela do Tempo” de Inês Carmelita Lohn (Florianópolis – SC).

18 às 19 horas - Sessão de autógrafos “Macaco Maca” e “As Aventuras do Lagartinho Verde” de Antonieta Mercês da Silva (Florianópolis – SC).

19 às 20 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Educação Bioantropoética – Práticas Pedagógicas que pensam a Ética da Vida e a Potência dos Processos de Convivência Humana” de Ana Felicia Guedes Trindade (Porto Alegre – RS).

 

 

19 de Dezembro de 2015 – Sábado

09 às 10 horas - Sessão de autógrafos “Memórias tim-tim por tim-tim” de Max Ferreira Machado (Joinville – SC).

10 às 11 horas - Lançamento “Reticências, crônicas e algo mais” de Heloíse Lemos (Garuva – SC).

11 às 14 horas - Sessão de autógrafos “De Piratas e Pérolas” de Viviane de Gil (Porto Alegre – RS).

14 às 15 horas - Sessão de autógrafos “A Feia Acordada” e “O Nome Dele Era Pedro” de Célia Biscaia Veiga (Joinville – SC).

15 às 16 horas - Sessão de autógrafos “A Festa do Gambá”, “Ao Som do Mar” e “O Condomínio” de Milka Plaza (Florianópolis – SC).

16 às 17 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Lama Vermelha – Revolução Federalista de 1893/4″ de Sedinei Sales Rocha (Campo Largo – PR).

17 às 18 horas - Lançamento “O Grilo Grilado” e sessão de autógrafos “Gato e Sapato” de Marta Eliane Santos de Carvalho (Florianópolis – SC).

 

20 de Dezembro de 2015 – Domingo

14 às 15 horas - Sessão de autógrafos “A Lua que Eu te Dei” de Ana Rapha Nunes (Curitiba – PR).

15 às 16 horas - Sessão de autógrafos “Dicionário de Umbanda” de Ademir Barbosa Júnior (Dermes) (Blumenau – SC).

16 às 17 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “O Sapo e a Bruxa” de Rodrigo Haimann (Itajaí – SC).

17 às 18 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Apoena e Guarani – Original do Brasil” de Leonardo Rocha Loures Malinowski (Curitiba – PR).

21 de Dezembro de 2015 – Segunda-feira

11 às 12 horas - Sessão de autógrafos “Sempre te Amarei” de João Fernandes e Kátia Eli (Florianópolis – SC).

19 às 20 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Entre Fadas e Bruxas: O Mundo Feérico dos Contos para Crianças e Jovens” de Eliane Debus e Regina Michelle – Organizadoras (Florianópolis – SC).

 

22 de Dezembro de 2015 – Terça-feira

11 às 12 horas - Sessão de autógrafos “Um Rato, Um Rei” de Dirce Maria Bousfield (São José – SC).

14 às 15 horas - Lançamento e sessão de autógrafos “Mulher de Verdade” de Miriam Braga (Florianópolis – SC).

15 às 16 horas - Sessão de autógrafos “A Levada Cidora” de Dora Duarte (Florianópolis – SC).

Academia Catarinense de Letras e Artes empossa novos membros e homenageia os destaques de 2014

04 de dezembro de 2015 0

Nesta sexta, dia 4 de dezembro, às 20h, a Acla (Academia Catarinense de Letras e Artes), realiza a solenidade de encerramento do ano acadêmico, ocasião em que destaca, com premiação, as personalidades no campo da literatura, música, artes visuais e artes cênicas, além de empossar três novos membros.  A cerimônia ocorrerá no auditório do TCE (Tribunal de Contas do Estado), na rua Bulcão Viana, 90, Centro, Florianópolis.

Os novos acadêmicos serão Maria Teresinha Heimann, que ocupará a cadeira nº 19, tendo como patrono Carlos Roberto Jardim; Néri Pedroso, cadeira nº 16, cujo patrono é Harry Laus e Antunes Severo, cadeira nº 21, patrono Adolfo Zigelli.

Pela enorme contribuição dada ao campo da cultura, a Acla destacará no campo da literatura Marina Moros; nas artes visuais Raquel Stolf, no teatro, Marisa Naspolini; na música, a Orquestra Camerata Florianópolis e pelo conjunto da obra, o grupo Cena 11 Cia. de Dança.

O cerimonial será conduzido pelo presidente da Acla, Wesley Collyer, e contará com um programa musical que tem o maestro Alberto Heller no piano, Iva Giracca no violino e Daniel Galvão, no violoncelo.

 

Serviço

O quê: solenidade de encerramento do ano acadêmico da Acla (Academia Catarinense de Letras e Artes), com posse de novos membros e premiação das personalidades do ano

Quando: 4.12.2015, 20h

Onde: auditório novo do TCE (Tribunal de Contas do Estado), rua Bulcão Viana, 90, Centro, Florianópolis

gratuito

 

cena 11

Cena 11 Cia de Dança, destaque do ano pelo conjunto da obra. Cristiano Prim/Divulgação/ND

acat

IMG_4932

Jornalista Néri Pedroso tomará posse hoje na ACLA. Na foto, Néri (segunda à esquerda) entre Juliana Hoffmann, que integra a academia, e jornalista Pedro Leite, Misia e eu durante aniversário de 10 anos do programa.

 

 

Manual Técnico de Arborização Urbana ensina a plantar árvores

07 de outubro de 2015 0

A Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo lançou a terceira edição do Manual Técnico de Arborização Urbana, material que reúne normas técnicas sobre o plantio de árvores e um resumo da legislação vigente referente à vegetação na cidade. Busca ainda sensibilizar a população para a importância das árvores na cidade e do planejamento da arborização urbana

Quando o assunto são árvores na rua, sempre lembro da Gonçalo de Carvalho, um exemplo de preservação. Foi chamada por um professor português de “a rua mais bonita do mundo”, ganhou fama na internet e nas redes sociais, e é parada obrigatória para os turistas que visitam Porto Alegre. São quase 500 metros de calçadas onde mais de 100 árvores da espécie Tipuana foramplantadas na década de 1930 por funcionários de origem alemã que trabalhavam em uma cervejaria do bairro. Em 2005, a construção de um shopping ameaçou fazer mudanças na rua que poderiam acabar com as árvores. Foi quando os moradores se mobilizaram e conseguiram que a rua fosse decretada como Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental pelo município em 2006.

Em São Paulo, a  iniciativa da prefeitura é um alerta sobre a importância da preservação e do plantio de árvores na cidade. Quer saber mais? Baixe  o manual gratuitamente aqui:  Manual Técnico de Arborização Urbana

 

Segunda chance: noite de autógrafos com Gilberto Gerlach

17 de setembro de 2015 0
jesse livro do gilberto

Pintura de Albert Gustav Schwartz , residencia de Carl Hoepcke, Consulado da Alemanha, 1888. Acervo de M. Cristina Scomazzon.

O Clube de Cinema Nossa Senhora do Desterro lança, no dia 17 de setembro, às 19 horas, na Assembleia Legislativa/SC, o livro “Ilha de Santa Catarina – Florianópolis”, de Gilberto Gerlach –  o primeiro lançamento, com a distribuição gratuita de 350 exemplares ocorreu no dia 8 de setembro. A publicação teve o incentivo da Tractebel Energia e BRDE, via Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. No lançamento da próxima quinta-feira, o livro estará à venda por R$ 200,00. A obra, em dois volumes, tem 776 páginas, 550 fotografias, 75 pinturas e 110 desenhos – cerca de 20% nunca antes publicados.

Os livros à venda são parte da cota pertencente ao autor e que estão num preço inferior aos custos do mercado. Pela Lei Rouanet, a maior parte dos livros é distribuída a bibliotecas públicas, instituições educacionais e culturais, além da entrega às empresas patrocinadoras e aos colaboradores. A Lei também exige que 10% das obras sejam entregues a pessoas de baixa renda por meio de instituições públicas.

Gilberto Gerlach, 72 anos, é membro da Academia Catarinense de Letras e fundou, em 1968, o Clube de Cinema Nossa Senhora do Desterro, que durante muitos anos funcionou no Centro Integrado de Cultura. Misto de engenheiro, cinéfilo e historiador, foi um paciente, persistente e dedicado pesquisador de conteúdos iconográficos sobre Florianópolis e São José, dispersos pelo país e pelo exterior. Para isso visitou bibliotecas e acervos de colecionadores particulares em Florianópolis, Itajaí, Blumenau, Curitiba, São Paulo, Buenos Aires, Lisboa e Paris.

Para reunir todas essas imagens, contou com a boa vontade de vários colecionadores e muitos colaboradores. Dois, particularmente, o impressionaram pela quantidade e qualidade do material: Apparecido Jannir Salatini, de São Paulo e Monsenhor Jamil Nassif Abib, de Rio Claro (SP). Este último possuía em sua coleção 18 imagens raras produzidas quando da passagem de um navio-escola francês por Florianópolis, em 1903.

Outro exemplo é o do primo do fotógrafo Sebastião Salgado, Jesse Salgado, que possui residência na Lagoa da Conceição, na capital catarinense, e descobriu obras do pintor alemão Albert Gustav Schwartz, que chegou à Ilha em 1868 e aqui residiu cerca de 20 anos. Salgado localizou três quadros do pintor em Buenos Aires e outro na Alemanha, com cenas da Ilha. Chegou, inclusive, a comprar quadros pela internet. No total, já localizou 38 obras do período em que o pintor residiu em Desterro. Entre outros colecionadores, Gerlach cita Ademar Goeldner, Bruno Kilian Kadletz, Marcelo Collaço de Oliveira, Murilo Martins da Silva,  Ylmar Correia Neto, Rolf Gutberle, Sara Regina Poyares dos Reis, Paulo Ricardo Caminha, Antônio Schmidt Oliveira, Osni Machado e Ricardo Wildi.

A paixão por imagem e fotografia levou o engenheiro civil Gilberto Schmidt-Gerlach a construir, durante cerca de cinco décadas, a sua mais importante obra: quatro volumes que totalizam 1.440 páginas de 32x26cm, com mapas, pinturas, fotografias, reproduções de jornais e desenhos sobre a Ilha de Santa Catarina. Os dois primeiros volumes, lançados em 2010, com o título Desterro – Ilha de Santa Catarina, contêm imagens e narrativas desde o século XVI até 1894. Os dois novos volumes dessa imponente pesquisa, avançam até 1950, e incluem reproduções de notícias, poemas, crônicas e anúncios publicitários publicados em vários jornais antigos da Capital.

A coordenação editorial e o projeto gráfico são novamente do designer Renato Rizzaro, parceiro de Gerlach desde o lançamento de São José da Terra Firme, em 2007, obra com 332 páginas e o mesmo formato. Desde o primeiro lançamento, no dia 8 de setembro, foi inaugurada no hall da Assembleia Legislativa uma exposição de 18 fotos 70x110cm, que permanecerá no local até o dia 17 de setembro, quando haverá outra noite de autógrafos.

O livro tem produção executiva da Rede Marketing Cultural, com revisão e tradução para o francês de Carmen Lucia Gerlach. Gilberto Gerlach deve lançar, em breve, outros dois volumes iconográficos, desta vez sobre o município de Blumenau. (texto Celso Vicenzi).

 

Livro de artista é tema de feira

11 de setembro de 2015 0
faf 3

Livro de Ricardo Ramos, da Miriade edições.

Livro de artista, habitualmente publicado em pequenas edições e às vezes em edições únicas, é o tema desta nona edição da Feira de Artes de Florianópolis, a FAF, que ocorre aos sábados, das 10h às 16h, na Casa do Teatro Armação, na Praça 15, no centro histórico de Florianópolis. A entrada é gratuita e todos os trabalhos estão à venda.

Os participantes já confirmados com livros de artista são o selo Armazém, Miríade edições, Edições de Percurso e edições de autor de Adriana Maria dos Santos, Fê Luz, Zulma Borges e Pamela Araújo, que vão ocupar o primeiro piso do casarão onde ocorre a Feira.

No segundo piso, desenhos, aquarelas, nanquim, fotografia e gravuras de Maria Estrázulas, Murilo Pereira, Bruno Barbi, Gabriela Hellmann, Kelly Kreis Taglieber, Miguel Etges, Márcio Henrique Martins e Milton Cazelatto. (Texto Fifo Lima).

faf 2

Notícias de Marte, livro de Diego de los Campos, Edições de Percurso.

faf

Flutuante Pendulante Ambulante Mergulha …de Pamella Araújo. Edições do Autor.

faf 1

Frouxidão, de Itamara Ribeiro, do selo Armazém.

Lançamentos na Bellacatarina

23 de julho de 2015 0

livro 2

Com três livros publicados e centenas de  palestras e cursos pelo Brasil, América Latina e Europa no currículo, Joris Marengo lança seu mais novo livro em Florianópolis, na próxima quinta-feira, 23, em uma noite de autógrafos e palestra, na Bellacatarina. A ocasião será um encontro entre a gestão do stress com a inovação, com a apresentação da primeira e única poltrona no mundo capaz de se ajustar ao corpo e reagir intuitivamente, sem botões ou alavancas.

Joris Marengo é presidente da Federação do Método DeRose de Santa Catarina e professor do método desde 1976. Seu novo livro é um pequeno manual que visa ajudar as pessoas a entender o stress, como ele afeta a qualidade de vida e a maneira de administrá-lo para a produtividade nos estudos, no trabalho e no esporte.

A noite de autógrafos e palestra sobre gestão do stress foi propositadamente escolhida para apresentar também a primeira poltrona reclinável de alto desempenho do mundo, a Re-Vive, lançamento da Natuzzi. Essa é a primeira e única poltrona capaz de se ajustar ao corpo e reagir intuitivamente, com fluidez aos movimentos, mesmo os mais imperceptíveis. Ela possui um mecanismo de compensação de peso que detecta as mudanças no corpo e na postura, tem braços dinâmicos e completa o movimento de 360 ​​graus a partir da base, além de um apoio para os pés, que também se inclina.

unnamed (1)

SERVIÇO

O que: Lançamento do livro O Método DeRose e a gestão do stress e apresentação das poltronas Re-Vive

Quando: 23 de julho, às 19h30

Onde: Bellacatarina – Av. Beira-mar Norte, nº 5034

Quanto: Entrada gratuita

Lançamento da 2ª edição do livro "As Defesas da Ilha de Santa Catarina ..." hoje na UFSC

15 de julho de 2015 0

Lançamento hoje da segunda edição do livro “As Defesas da Ilha de Santa Catarina e do Rio Grande de São Pedro em 1786“, dos arquitetos Roberto Tonera e Mário Mendonça de Oliveira, dia 15, às 19 h, no Hall da Reitoria da UFSC.

Editora da UFSC estará oferecendo o livro a preço de custo (oferta válida enquanto durar a tiragem subsidiada pelo Ministério da Cultura).

tonera