Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts na categoria "Programa"

Dá um play para ver ou rever novos vídeos da temporada 2016

08 de agosto de 2016 0

Para ver ou rever o programa, compartilhamos aqui no blog do Missão Casa outros vídeos da primeira temporada 2016.

Dá um play!


"A casa é uma tela em branco", hoje às 21h30min na TVCOM.

11 de julho de 2016 0

Tive o prazer de visitar mais uma vez a criativa Liliane Motta da Silveira, diretora de arte e produtora à frente de vários documentários, curta e longas. A gaúcha de Pelotas mora há uns 30 anos em Florianópolis e inaugurou uma das primeiras produtoras da Ilha. Há alguns anos fiz matéria para o antigo Casa Nova, do Diário Catarinense. Desta vez fui gravar para o programa sua mais recente morada, em Santo Antônio de Lisboa, de frente para a praia. A casa é o retrato da verve criativa de Liliane, para quem a casa é uma tela em branco a ser colorida e desenhada no dia a dia a partir de seu olhar singular para os objetos do cotidiano. 

Eu não perderia essa entrevista no quadro Jeito de Morar! É hoje às 21h30min na TVCOM.

Dá um play nos programas da temporada 2016 do Missão Casa, vale ver ou rever!

05 de junho de 2016 0

Vale a pena rever os vídeos da nova temporada do programa. Dá um play!

Arquitetura é coadjuvante em cenário privilegiado

23 de maio de 2016 0
Deck novo - fev 2014

Fotos Pousada do Bucanero, divulgação.

Uma paisagem deslumbrante, muito mimo e jeito de casa conquistam os hóspedes na Pousada do Bucanero, na Praia do Rosa. Nós fomos lá conferir esse roteiro de charme, que tem no clima de romance o seu foco e há 20 anos soma prêmios e reconhecimento internacional. Você assista hoje, dia 23 de maio, às 21h30min na TVCOM. São duas décadas construindo um cenário que encanta quem chega. Meu impacto logo na entrada foi com o cheiro da madeira, o interior que parece familiar, o espaço acolhedor e aberto à paisagem. A pousada super premiada que integra a lista dos hotéis do Roteiros de Charme, não tem brilho, não ostenta e nem exibe seu potencial logo na chegada. Ao contrário. O luxo está exatamente nos detalhes observados aos poucos, em cada canto, na acolhida pessoal, na gastronomia excepcional, nos quartos confortáveis.

Foto 7

Quinta

Luxo é contemplar o poder da natureza, do nascer do sol, a lua cheia, o canto dos pássaros, a brisa do mar e o som das ondas. Nesse cenário privilegiado, a arquitetura é coadjuvante. A topografia do terreno extremamente acidentado determinou o projeto do arquiteto Luiz Tasca e o conceito da pousada. As pedras do próprio terreno foram utilizadas e árvores existentes incorporadas aos ambientes. A ampliação com as casas Mar e Terra, com 100 m² cada, tem projeto da arquiteta Vanda Elizabeth Zanella, do escritório A Vez das Árvores. Além de fazer a matéria a convite da pousada, vivi a experiência do romance no charmoso destino que é a Praia do Rosa. Indico como uma pausa na rotina dos casais e um presente para o relacionamento! Fica a dica!

Varanda Casa Mar Foto 21 Casa Mar Romance 2

Pousada Quinta do Bucanero Quando os gaúchos Jaqueline Biazus e Cezar Pegoraro inauguraram a Quinta do Bucanero, em  1995, não imaginavam que a pousada iria se transformar em uma das mais reconhecidas do país. Planejaram um hotel de charme, com um projeto orgânico, que preservasse vegetação, recursos naturais e que oferecesse aos hóspedes um dos “esportes” fundamentais do local: a contemplação. Afinal, estamos falando da paradisíaca Praia do Rosa, 70 km ao sul de Florianópolis. Mas os desníveis, vidros e escadas usados na construção – para explorar a vista panorâmica e o clima slow life -  acabaram por transformar o Bucanero em uma pousada para adultos, sem a devida segurança para receber crianças.

Jackie 2014

Jaqueline Biazus.

sc0006f4ad

Cezar Pegoraro, conhecido como Bocão.

Panorâmica  by Pedro Malamam

Panorâmica by Pedro Malamam

Vista da Casa Mar De frente para a Praia do Rosa (Imbituba/SC) e debruçada sobre uma rara lagoa de águas salgadas, a pousada tem em seu DNA o romance, luxo despretensioso, bem-estar e sustentabilidade. Faz parte da Associação Roteiros de Charme desde a sua inauguração, em 1995, e recebeu o título de Pousada do Ano no Prêmio “O Melhor de Viagem e Turismo 2014/2015”, promovido em parceria com o Guia Quatro Rodas, considerado o mais importante evento do turismo nacional.A premiação vem somar-se a outras avaliações chanceladas pelo Guia Quatro Rodas, como “um dos melhores hotéis para casais em todo Brasil e o melhor da região” e o “Selo Sustentável por práticas ambientais e projetos sociais”. Restaurante Parte Interna Lounge novo Lounge da Lareira Club Bucanero Em 2012, o prestigiado The New York Times publicou matéria de ampla repercussão. Naquele mesmo ano, e no anterior, a National Geographic Traveler incluiu o Bucanero na lista de hotéis recomendados na América Latina, o único de toda região sul do Brasil. Nos 17 mil m2 de área verde, os hóspedes dispõem de 10 apartamentos e duas suítes – Casa Mar e Casa Terra – todos com varanda e vista panorâmica, além de acesso exclusivo à beira da praia atravessando de barquinho a Lagoa do Meio. Mimos da pousada: Piscina e jacuzzi de frente para o mar, deck panorâmico e espelho d’água com borda infinita, fitness, sauna, massagem, bar e jacuzzi interna e externa, restaurante Bistrô da Varanda, bar e sala de jogos com lareira. Bistro 2 ap. novos  - foto 2 Deck 2014 - 3

Prêmio ao talento do designer catarinense Jader Almeida

28 de janeiro de 2016 0
SJ_cab_loose_vermelho_costas

Cabideiro Loose.

Pode-se dizer que Jader Almeida foi o designer mais badalado de 2015 e entra 2016 somando mais premiações e reconhecimento: a cadeira CLAD, inspirada na arte cicládica, foi premiada no iF Design Award, considerada a mais importante premiação no setor, realizada na Alemanha. Já o The Wall Street Journal indicou o premiado cabideiro LOOSE como um dos melhores cabideiros modernos da atualidade.  A peça já havia conquistado o prêmio americano Good Design, em 2011, e em 2015 a premiação do Museu da Casa Brasileira.  Parabéns ao talento do arquiteto e designer catarinense e sua obstinada caminhada em direção à perfeição na criação e produção de mobiliário.

SJ_cad_clad_c_b_3_4_frente

Cadeira CLAD.

Dá um play para escutar nossa entrevista com Jader Almeida na época dos lançamentos, em 2015.

Apê com jeito de casa e retrospectiva no Missão Casa de hoje. Não dá pra perder!

14 de dezembro de 2015 0

estela 2 estela 7 estela 3

Um apartamento com cara de casinha. Este foi o briefing para a  arquiteta Estela Cislaghi para o decorado do Naval, empreendimento da Koerich Imóveis que tem projeto arquitetônico do escritório Methafora. Cores, tijolinhos como revestimento, madeira maciça e mobília solta foram as opções que conferiram charme e jeito de casa ao apê. A entrevista sobre o projeto eu te mostro hoje, às 23h, no Missão Casa, na TVCOM.

E dando sequência a nossa retrospectiva dos 10 anos do programa, exibimos uma reportagem gravada em 2008 no quadro Casa de Arquiteto. Quem nos recebeu foi a arquiteta Juliana Pippi e o maridão Renato para mostrar o apartamento. Acredito que esta foi a primeira entrevista da Juliana para a televisão.

Esperamos vocês às 11 da noite.

estela 5 estela 4

 

juliana

 

Agenda SC: MOSQ - Feira de Artes Visuais acontece na Pedra Branca

26 de novembro de 2015 0

A Fundação Hassis em conjunto com as promotoras culturais Denise Becker, Vania Rossi e Leilah Corrêa Vieira, está organizando a MOSQ – Feira de Artes Visuais, que irá acontecer no Passeio Pedra Branca, em Palhoça, de 27 a 29 de novembro. Mais de 500 obras de novos e consagrados artistas serão apresentadas ao público e estarão disponíveis para venda em diferentes linguagens como pinturas, gravuras, desenhos, fotografias, esculturas e xilogravuras. Destaque para obras de Elias Andrade, Rodrigo de Haro, Digo Tertchitsch, Glaucia Olinger, Juliana Hoffman, Leandro Serpa, Roberta Tassinari, Vera Sabino, Claudia Cárdenas, Lauro Maeda, Ingrid Thaler, Ilca Barcelos, entre outros. A MOSQ chega com propósito único de democratizar a arte, tornando-a acessível à contemplação e comercialização.

A MOSQ acontece em uma estrutura montada especialmente para a Feira, em uma área de 180m², e tem entrada entrada gratuita, das 10 às 22 horas. A Comissão Curatorial da MOSQ é integrada por Denise Becker, Leilah Corrêa Vieira, Denilson Cristiano Antônio e Fifo Lima (organizador da Feira de Artes de Florianópolis).

Informações, acesse: http://www.mosq.com.br/

mosqconvite

Casa&Cia Encontros e Espaços no Missão Casa

02 de novembro de 2015 0
IMG_7968

Sala de Leitura, por Marco Antonio Medeiros. Fotos minhas de celular.

Com visitação gratuita, este ano a mostra Casa e Cia aposta em outro formato ao acontecer em vários espaços da cidade. A ideia é movimentar o segmento a partir de parcerias com lojistas e construtoras que recebem os profissionais para ambientarem seus espaços já existentes. A ação acontece em 3 núcleos e várias lojas: no showroom da CFL, na SC 401; no Trompowsky Corporate da Formacco Cezarium, e no Mercado Público, com intervenções que serão permanentes. A maior concentração de ambientes está no núcleo da Trompowsky, com 35 espaços que ficaram prontos em 20 dias, entre projeto e execução – um recorde!

É ali que acontecem os encontros, com eventos no auditório e no espaço da Confraria do Chope Honesto, onde happy hours se estendem até tarde, reunindo os festeiros da mostra e convidados.

O Missão Casa esteve visitando a mostra e traz no programa de hoje alguns desses espaços. Acompanhem aqui no blog a cobertura do evento. O programa vai ao ar hoje às 23h, na TVCOM.

 

TEMÁTICA LIVRE

A temática livre do evento do Diário Catarinense entusiasmou alguns profissionais, que apostaram em suas experiências e criatividade. É o caso do arquiteto Jean Felix que não teve medo em explorar a pintura em tons suaves, na suíte Candy Colors. Rosa e azul tomam conta das paredes e pouca mobília reflete o mood escandinavo.

IMG_7972

Candy Colors por Jean Felix.

Marco Antonio Medeiros partiu do veludo de uma cadeira para escolher o azul petróleo que banha a sala de leitura, que tem poltrona em couro com a mesma costura do banco do carro da Bugatti. Bernardo Bahia usou placa cimentícia sem acabamento como elemento de fechamento, propondo uma crítica ao excesso de revestimentos. Mariana Pesca valorizou o ambiente de receber com as obras do artista Rubens Oestroem (o ambiente da Mariana irá ao ar no programa do dia 9/11).

Dos ambientes que visitei no núcleo da Trompowsky, destaco a escolha certeira de obras que valorizam artistas reconhecidos e importantes no mercado de arte local.

IMG_7980

Loft Contemporâneo por Blasi Bahia Arquitetos Associados.

Fica a dica para a visitação até 15 de novembro nas lojas participantes e nos 3 núcleos do evento: no Trompowsky Corporate da Formacco Cezarium; showroom da CFL, na SC 401; e em alguns pontos do Mercado Público.

IMG_8048

Com Karoline e Sidnei, no espaço Office by Six, da Oca Arquitetura e Interiores.

 

Núcleo Trompowsky Corporate –  empreendimento da Construtora Formacco Cezarium, na avenida  Trompowsky,  35 ambientes que se dividem entre espaços comerciais e corporativos, áreas externas, café, pub e um auditório.

Núcleo Mercado Público - 11 escritórios de arquitetura participaram de intervenções em espaços já existentes como o Centro de Atendimento ao Turista e no Armazém das Rendas.

Núcleo SC401 Square Corporate - SC 401 Square Corporate, empreendimento da CFL inclui no roteiro dois ambientes decorados – a agência de publicidade e o escritório de advocacia.

Núcleo Vitrines -  Bellacatarina, Evviva Bertolini, Portobello Shop Florianópolis, Portobello Shop Campinas, Saccaro, Todeschini, Zuhause Kretzer Móveis, Café Delfino 146, Vinho & Arte Café Pinot e na Casa Conceito Cacupé.

 

Serviço

Data: 15 de outubro a 15 de novembro

Locais: 
Mercado Público – Rua Conselheiro Mafra, 255, Centro
Bellacatarina – Av. Beira-Mar Norte, 5034, Agronômica
Saccaro – Rodovia José Carlos Daux (SC-401), 8.600, Bloco 4 Sala 01, Corporate Park, Santo Antônio de Lisboa
Evviva – Rodovia José Carlos Daux (SC-401), 4850, Loja 06, Saco Grande
Formacco – Av.Trompowsky, 291, Centro
CFL – Rodovia José Carlos Daux (SC-401), Km 05, Saco Grande
Todeschini – Rua Ângelo la Porta, 20, Centro
Portobello – Santa Mônica – Av. Madre Benvenuta, 690, Santa Mônica
Portobello – Presidente Kennedy – Av. Presidente Kennedy, 446, Campinas
Delfino 146 – Rua Luís Delfino, 146, Centro
Casa Conceito Cacupé – Rua Bico de Lacre, 203, Cacupé
Vinho & Arte e Café Pinot – Rua Padre Lourenço, 496, Santo Antônio de Lisboa

Entrada gratuita.

Saccaro celebra 30 anos de design autoral e promove coquetel para marcar ação com profissionais

19 de outubro de 2015 0
saccaro

Ninho, da coleção Capadócia, peça destaque do ambiente criado pelo escritório Marchetti Bonetti + para o Casa & Cia Encontros e Espaços. Divulgação.

Já são 69 anos de história da Saccaro, reconhecida e consolidada nacionalmente no mercado de decoração. Nas três últimas décadas a marca firmou importantes parcerias com designers renomados para assinar suas coleções. “São 30 anos de investimento em design assinado, motivos que nos fazem comemorar muito em Florianópolis”, comenta a empresária Márcia Maurano, há sete anos à frente do endereço exclusivo em Florianópolis, que recebe nesta terça-feira, 20 de outubro, convidados no seu showroom.

​O evento, marcado para começar às 19h30, ​destaca o programa cultural Relazione que leva dois profissionais para a feira Internacional de Estolcomo, na Suécia. E apresenta especialmente a linha Capadócia, lançada na última edição da Design Weekend! em São Paulo, que acaba de chegar à loja. A peça ​Ninho, da nova coleção desenhada por Roque Frizzo, compõe a ambientação assinada pelo escritório Marchetti Bonetti​ +​ para o Casa & Cia Encontros e Espaços, aberta à visitação do público.

 

Programa Encontros traz Guto Lacaz hoje, no O Sitio

16 de outubro de 2015 0
Guto - cartaz

Guto Lacaz. Fotos divulgação.

O artista Guto Lacaz é o convidado do O Sítio para participar do Programa Encontros, que já contou com a presença de nomes como Tunga, José Miguel Wisnik e Christine Greiner. Ele vem encontrar o publico local para falar de seu trabalho, suas obras e processo de criação. Sua carreira, seus erros e acertos no universo da arte contemporânea. Após sua fala, abre-se espaço para uma conversa com o público.

No dia seguinte, sábado, a partir das 15h, Guto ministra no mesmo local, uma oficina de Pop Up, onde ensinará a fazer cartões tridimensionais. As inscrições podem ser feitas através do site do Sítio: www.ositio.com.br

Quando: 17 de outubro, às 19h.

Onde: O Sítio, rua Francisca Luiza Vieira, 53. Lagoa da Conceição, Florianópolis.

fone (48) 3065.5792

Como: ingresso R$15,00

Pop Up Guto Lacaz

Pop Up

Quem é:

Figura única na arte brasileira, o paulista Carlos Augusto Martins Lacaz, mais conhecido como Guto Lacaz, é ilustrador, artista multimídia, designer, técnico eletrônico, desenhista, cenógrafo e arquiteto, além de professor.

Sua trajetória como artista plástico foi quase por acaso. Em 1978, quando ainda era estudante de arquitetura, soube de um concurso de móveis e objetos inusitados promovido pelo Museu da Imagem e do Som e inscreveu alguns dos muitos objetos malucos que já criava na época. Ele ganhou 10 prêmios, foi elogiadíssimo pela crítica e a partir dai, tornou-se artista.

As suas obras vão de esculturas lúdicas e  videoinstalações, a eletroperformances e adaptações ou ainda instrumentos científicos, o que faz dele um inventor, capaz de ampliar o horizonte da arte ao incluir a ciência e a tecnologia nas suas criações, principalmente quando constrói suas máquinas e aparelhos paradoxais ou absurdos.  “Os artistas, de modo geral, têm medo da ciência e acabam se esquecendo que, se ela for bem administrada, pode se tornar um poderoso instrumento de expressão”, diz Guto Lacaz.

Sua obra também pode ser vista como a uma espécie de antiengenharia, já que ele é decidido a aplicar o seu conhecimento técnico na desmontagem, na desorganização, na desconstrução do sistema produtivo industrial, com suas sacadas cheias de humor. Mestre da contemporaneidade urbana, joga o tempo todo com a ironia e o nonsense numa produção que reflete, brincando, as mudanças impostas pela moderna sociedade industrial à esfera da arte. Vários de seus trabalhos relacionam-se ao universo da mídia e do consumo em que ele transforma, radical e poeticamente, as funções dos objetos do cotidiano ao insólito.

Este singular artista concebe e põem em funcionamento dispositivos absolutamente inúteis e debocha de seus significados. Guto garimpa objetos usados no dia a dia, observa ambulantes em faróis e visita lojas populares e quando enxerga potencial em algum produto, compra, inventa uma nova função para ele e apresenta tudo no palco.  Ao mesmo tempo que manipula diversos elementos em performances, apresenta-se  como uma mescla de artista-ator, inventor e mágico. Suas apresentações carregam toques de Teatro do Absurdo, mas são sempre baseadas em seus estudos que permitem a descoberta do lado secreto dos objetos e com isso consegue fazer composições cinéticas surpreendentes.

Segundo o próprio artista, “A proposta é mostrar o lado cênico de um aparelho e do encontro de aparelhos que nunca se encontrariam, como máquina de escrever e guarda-chuva, taco de golfe e piano de cauda, vassoura com furadeira”.

Ele se auto intitula um artista prático e não plástico, pois seus instrumentos são pregos, martelo, fios, lâmpadas, baterias e uma infinidade de outros objetos mais  comuns numa caixa de ferramentas do que num atelier de arte. E com estas ferramentas elabora complexas geringonças que nos fazem senão pensar, divertir.  E com seu bom humor e seu espírito irreverente cativa até o mais leigo.

Segundo o critico e curador Paulo Klein, “Na pele de um cidadão calvo, supostamente normal, vive um homem que ri e faz rir”. Este é Guto Lacaz.

relogio pra perder as horas

Relogio pra perder as horas.

ilustração Guto orgasmo