Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "MASC"

Agenda de exposições de hoje

16 de dezembro de 2015 0

Agenda cheia hoje na área das artes. A partir  das 16h30min, acontece a 9ª edição do projeto Gerações Masc – Museu em Movimento terá a participação da jornalista Néri Pedroso, que atua no jornal Notícias do Dia, onde assina a coluna Mosaico e escreve sobre artes visuais. Com o título “O Homem dos Despertadores”, o encontro irá enfocar Harry Laus (1922-1992), na sala que leva o nome do crítico de arte e escritor, localizada no Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. A programação é promovida pela FCC, por meio do Núcleo de Ação-Educativa (NAE) do Masc, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (MIS/SC).

O bate-papo com o público revisitará a trajetória de Harry Laus. A jornalista apropria-se do título “O Homem dos Despertadores”, do artigo do crítico Louis Soler, publicado em 1991 na revista espanhola Confluências, nº 2, no qual ele analisa “As Horas de Zenão das Chagas” (ed. Mercado Aberto/1987), uma das mais importantes obras do catarinense. “Embora o livro atenha-se aos atributos do escritor, em analogia, é possível pensar Laus como um despertador nas artes visuais do Estado. Ele fez muito. Dedicou 16 anos de sua vida, em favor do que ele definiu como ‘consciência global de nossa classe artística, madura e apta para enfrentar salões nacionais e bienais’. Tentarei, de modo simples e sucinto, mostrar um pouco do ele fez. A ideia é refrescar um pouco a memória e estimular depoimentos da plateia”, explica Néri.

 

Às 19h mais dois eventos: abertura da exposição MULTIPLOS, na sala de exposições temporárias do Museu Victor Meirelles. No mesmo dia, às 18h,acontecerá a Conversa com a editora do caderno Plural do jornal Notícias do Dia e co-curadora da exposição, Dariene Pasternak, a artista e curadora da exposição, Letícia Cardoso, a galerista Myrine Vlavianos e a pesquisadora, professora e colecionadora Regina Melim. E na Circuito Galeria a mostra fotográfica “Outras Ilhas”, que integra a segunda etapa da trilogia expositiva, “A ILHA DE CADA UM”.Com Cláudio Brandão, Kleber Steinbach, Luciana Petrelli, Markito, Otavio Nogueira, Ronaldo Andrade, Soninha Vill e Walmor de Oliveira.

expo 1 expo multiplos
MASC –

Quando: 16/12/2015 (quarta-feira), às 16h30min.
Onde: Sala Harry Laus – Museu de Arte de Santa Catarina (Masc).
Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica – Florianópolis 
Informações: (48) 3664-2630 / 3664-2633
Entrada gratuita

 

Circuito Galeria

Horário : Às 19 horas.

Local : Auditório do Koerich Beiramar Office
Rua Demetrio Ribeiro, 51
Entrada franca.

 

Museu Victor Meirelles/IBRAM/MinC
Rua Victor Meirelles, 59 – Centro – Florianópolis – Brasil

Fone: 55 (48) 3223-3274 e 3225-4121

 

 

 

Clara Fernandes participa da 8ª edição do projeto Gerações Masc

26 de novembro de 2015 0
clara

A 8ª edição do projeto Gerações Masc – Museu em Movimento terá a participação da artista visual Clara Fernandes falando sobre a arte na década de 1990, no dia 26 de novembro, às 16h30. O encontro tem entrada gratuita e ocorrerá na sala Harry Laus do Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. A programação é promovida pela FCC, por meio do Núcleo de Ação-Educativa (NAE) do Masc, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (MIS/SC).

O bate-papo com o público irá revisitar a trajetória de Clara Fernandes, tendo como fio condutor os trabalhos apresentados pela artista no Masc entre 1993 e 2013. A artista irá relembrar a primeira exposição individual, em 1993, a convite de Pedro Paulo Vecchietti, com releituras de suas “Vinhetas”; sua participação e premiação no Salão Victor Meirelles; além das três mostras individuais que se seguiram: Iluminuras (1997), Vazante (2001) e Cartas ao Mar (2013), proporcionando um interessante panorama de passagem entre várias gerações e momentos do Museu.

Sobre a artista

Clara Fernandes nasceu em São Paulo, em 1955. Estudou na Faculdade de Psicologia da PUC e na Escola de Comunicações e Artes da USP. Vive e trabalha em Florianópolis desde 1983. Participa desde 1985 de mostras coletivas, destacando-se a XV Artistas Brasileiros, no MAM SP, RJ e BA (1996-97); Arte Contemporânea da Gravura, no Museu Metropolitano de Curitiba (1998); Perspectiva das Artes Plásticas no Estado de Santa Catarina, no Museu Marta Traba, Memorial da América Latina (2003); Faça algo errado e diga que fui eu que mandei fazer, no Sesc Joinville (2011); Armazém, no Museu Victor Meirelles, em Florianópolis (2012). Entre suas principais mostras individuais destacam-se Terral (1990); Iluminuras (1997); Impenetrável (1998), Abissais (2000), Vazante (2001); Lume (2008-2010), na Fundação Cultural Badesc e Museu Histórico de Santa Catarina; Cartas ao Mar (2010- 2013), no Memorial Meyer Filho e Museu de Arte de Santa Catarina. Realiza intervenções espaciais e urbanas desde 1989, destacando-se Terral (itinerância internacional); Vácuos (Florianópolis e São Paulo); Lume (2008-2010, em Florianópolis, Joinville e São Paulo); e Amorphobia (vídeo performance).

Serviço:

O quê: Gerações Masc – Clara Fernandes

Quando: 26/11/2015 (quinta-feira), às 16h30.

Onde: Sala Harry Laus – Museu de Arte de Santa Catarina (Masc)

Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica – Florianópolis (SC)

Entrada gratuita

Matéria sobre o processo da artista veiculada no programa.

Vera Sabino e a arte catarinense dos anos 1970 são tema do projeto Gerações do MASC

16 de julho de 2015 0

image001

A quarta edição do projeto Gerações do Masc, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) em comemoração pelos 66 anos de criação do Museu de Arte de Santa Catarina, terá como tema a arte de Vera Sabino e a geração dos anos 1970. A escritora e professora de Artes Visuais Micheline Barros conversará com o público no dia 16 de julho, às 16h30min, no evento que contará com a presença da artista. A entrada é gratuita.

Neste encontro, será abordada a relação entre a vida e a obra por meio da produção artística de Vera Sabino, as personagens, as séries que retratam o feminino, o sagrado, o profano, a natureza e o patrimônio cultural de Santa Catarina, demonstrando o contexto histórico em que surge a obra da artista e o rico universo da proeminente pintora catarinense consolidada nos anos 1970.

Micheline Barros é autora do livro “Vera Sabino: Intuição e Arte” (), resultado de sua pesquisa de mestrado em Educação e Cultura. Atualmente é professora da rede municipal de ensino e pesquisadora da arte produzida em Santa Catarina, já escreveu sobre Ricardo Ramos, Rodrigo Cunha, Giovana Zimermann, entre outros. Publica artigos acadêmicos e para os jornais locais.

Vera Sabino é florianopolitana, nascida em 1949, aos 10 anos de idade partiu com a família para morar em Brasília. Após viver em várias cidades, Vera volta a capital catarinense como artista plástica. Em 1968 promove sua primeira exposição individual. (texto MASC).

O quê: Gerações do Masc – Vera Sabino: Intuição e Arte

Ministrante: Micheline Barros
Quando: 16/07/2015, às 16h30min
Onde: Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis (SC)
Entrada gratuita
Informações: (48) 3664-2630

 

 

Design é tema da edição especial do Missão Casa nesta segunda

15 de junho de 2015 0
mont serrat 3

Instalação de equipamento urbano no Mont Serrat, resultado dos debates no grupo Coletivo Criativo, com criação do coletivo Design Possível.

 

O programa de hoje é tido sobre a Bienal Brasileira de Design 2015 Floripa, que acontece pela primeira vez na capital catarinense até o dia 12 de julho. O tour acontece no Centro Integrado de Cultura com os curadores-adjuntos da mostra Design Para Todos, os designers Célio Teodorico e Pedro Paulo Delpino, que está no Museu de Arte de Santa Catarina. Eles citaram algumas peças que representam um excelente design sob o ponto de vista do projeto. Veja ainda a exposição sobre tecnologia 3 D, que está na Sala Lindolf Bell, e a mostra Coletivos Criativos, no Museu da Imagem e do Som, da qual integro a curadoria coletiva com muita honra. Essa exposição é a única da Bienal que se relaciona diretamente com Florianópolis no sentido de  propor o debate sobre intervenções urbanas. A intenção foi deixar legados tangíveis como a instalação do Estar Urbano na rua Luiz Delfino, no centro, e em Jurere; os balanços Ninho Ovo em frente ao CIC, na Lagoa da Conceição e em Jurere; e o corrimão no Mont Serrat. Tudo isso poderá ser visto no MIS e nos locais citados.

É segunda, às 23h, na TVCOM.

IMG_4887 (600 x 450)

Célio Teodorico e Pedro Paulo Delpino em entrevista ao Missão Casa, no MASC.

IMG_4915

Estar Urbano implantado pelo Coletivo Criativo na rua Luiz Delfino, no centro de Florianópolis, com criação do coletivo Delfino 146.

Coletivos Creativos 04 Creditos Sandra Puente

Balanço Ninho Ovo instalado em frente ao CIC, co-criação Coletivo Criativo e Juliana Castro, que desenvolveu as peças e o projeto final. Foto Sandra Puente.

Coletivos Creativos 05 Creditos Sandra Puente

O banco Onda tem criação do coletivo Geodésica para a exposição Coletivos Criativos. Foto Sandra Puente.

BIENAL 2015. Estar urbano. Coletivos Criativos. Fotos Sandra Puente (4)

Eu, Abreu Jr. e Katia Véras inaugurando o parklet na rua Luiz Delfino. Penso que é o primeiro neste formato que recebeu autorização da prefeitura para ficar de forma permanente em Florianópolis. Um legado dos Coletivos Criativos com Delfino 146.

IMG_4901

Tampa de garrafa que vira brinquedo. Produto exposto no Design para Todos, no MASC.

IMG_4953

Modelos e anéis impressos em 3D para as vitrines das lojas do Antônio Bernardo. Exposto na sala Lindolfo Bell.

IMG_4879

Coleção One by One, da Melissa, premiada no IF Design Awards em 2014, é um exemplo de projeto bem resolvido. Nove modelos geram 81 combinações. Em exposição no MASC.

IMG_4486

Up em exposição no MASC foi desenhado por uma equipe 100% brasileira.

bel mooc-332_670

Peças da coleção Mooc, da arquiteta bel Lobo.

bel mooc-237_670

Coleção Mooc, da Bel Lobo para a Tok & Stok.

 

 

 

 

Assista entrevista com arquiteto Mario Figueroa sobre projeto Museu da Memória, no Chile

18 de junho de 2013 0

Destaques das Bienais - depoimentos dos arquitetos

18 de junho de 2013 0

Projeto do Museu da Memória e dos Direitos Humanos é destaque no Missão Casa

10 de junho de 2013 0

Projeto do Museu da Memória e dos Direiros Humanos, no Chile, é um dos assuntos hoje no Missão Casa, às 21h30min. Entrevistei o arquiteto Mario Figueiroa, que esteve em Florianópolis na abertura da Exposição Internacional de Arquitetura – III Destaques das Bienais, no MASC. Ainda dá tempo para conferir a exposição até dia 16 de junho.



Arquitetos reunidos na abertura da exposição. Da esquerda para a direita: Jô Vasconcellos, Pedro de Mello Saraiva, Mario Figueroa, jornalista Vicente Wissenback, e arquiteta argentina Silvana Codino.





Museu da Memória e Direitos Humanos, no Chile.





Palestras de hoje na Exposição Internacional de Arquitetura no MASC

24 de maio de 2013 0

IAB/SC lança prêmio para estudantes de arquitetura de SC

22 de maio de 2013 0

O lançamento do 1° Prêmio para Estudantes graduandos em Arquitetura e Urbanismo de SC acontece amanhã, dia 23 de maio, no MASC, durante coquetel de abertura da Exposição Internacional de Arquitetura. O objetivo é estimular a projeção de trabalhos no meio acadêmico e, consequentemente, o olhar da arquitetura e urbanismo catarinense que chega com os novos profissionais no mercado.

São cerca de 11 escolas participantes em todo o Estado, que elegerão cinco trabalhos, o que soma até 55 trabalhos concorrentes. Destes apenas quatro serão escolhidos pela comissão julgadora composta por convidados do IAB/SC. “Esse prêmio marca um novo momento da arquitetura brasileira, estimulado por iniciativas que valorizam a qualificação profissional dos recém-formados e das escolas de arquitetura de Santa Catarina”, destaca Rael Belli, presidente do IAB/SC. O prêmio conta com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU). Mais informações no site www.iab-sc.org.br


Projetos em exposição no MASC.

22 de maio de 2013 0

Publico aqui a lista de alguns projetos expostos no MASC. A relação das palestras já posto aqui também.

  • Mostra Urbanismo Sustentável – com destaque para os projetos de Santa Catarina apresentados na Bienal de Buenos Aires.

Pedra Branca: Prêmio Urbanismo.

Sala especial com maquetes atualizadas e fotos das obras que serão entregues em 2013: as duas primeiras quadras, os edifícios Office Green e Corporate Center, o shopping aberto, a praça e a primeira rua compartilhada. Junto à mostra haverá um espaço destinado à sustentabilidade.

Vita e Ocio.

Proposta de diretrizes para uma melhor ocupação das áreas costeiras e serranas de Santa Catarina.

Jardim Botânico de Florianópolis.

Apresentação do projeto para os novos espaços do Jardim Botânico em três diferentes pontos de Florianópolis. Desenvolvido por alguns dos principais arquitetos e urbanistas do Estado.

  • Prêmio Arquitetura Catarinense.

Sala especial com os projetos premiados no concurso promovido pela Asbea/SC, com apoio do IAB/SC.

  • Homenagem ao Arquiteto João Filgueiras Lima – Lelé.

  • Mostra Novos Espaços Culturais no Brasil.

Versão ampliada da exposição que representou o Brasil na Bienal de Buenos Aires. Com destaque para os novos espaços culturais de Minas Gerais e São Paulo.

Minas Gerais.

Circuito Cultural Praça da Liberdade. Maior complexo cultural do Brasil reunindo 13 espaços culturais, entre museus históricos, artísticos e temáticos, centros culturais, bibliotecas e espaços para oficinas, cursos e ateliês. Destaque para o Museu das Minas e Metais, com museografia de Marcello Dantas e arquitetura de Pedro Mendes da Rocha e Paulo Mendes da Rocha (Prêmio Pritzker de Arquitetura).

São Paulo.

Parque da Juventude, arquitetura de Aflalo & Gasperini.

Centro Cultural Maria Luiza e Oscar Americano, arquitetura de Carlos Bratke.

Projetos selecionados nas Bienais de Buenos Aires e Ibero-americana

Entre outros serão expostos projetos de:

  • Mário Corea (Espanha/Argentina)  – 1º Prêmio Internacional e Prêmio Gestão Pública na XIII BA. Reurbanização e recuperação de espaços públicos na cidade de Santa Fé, Rosário, Argentina.

  • Geraldo Caballero (Argentina) – 1º Prêmio Arquitetura Argentina + Prêmio CICA de Habitação Coletiva Argentina.

  • Alvaro Puntoni (Brasil) – Prêmio Nova Geração Latino-americana na XIII BA.

  • Josep Maria Botey (Espanha) – Prêmio Patrimônio Histórico na XIII BA.  Intervenções Contemporâneas no Patrimônio Histórico.
  • Roberto Converti (Argentina) – Exposição “El Azul en la Ciudad – O protagonismo urbano da água”, organizada pelo curador veneziano Rinio Bruttomesso, do Centro Internacional “CITTÁ d’AQUA” de Veneza (IT).  Essa mostra apresenta, significativos projetos de quatro importantes escritórios internacionais de Arquitetura e Urbanismo, “EL Protagonismo Urbano Del Agua”, sendo um deles a oficina urbana liderada por Roberto Converti.

Juntamente com essa exposição serão apresentados projetos locais.

Projetos selecionados na 9ª BIA – São Paulo

  • ·         Centro Administrativo de Chapecó
    Marcos Jobim, Silvana Calevaro, Leandro Rotolo Soares.
    Chapecó, Santa Catarina.

  • ·         Edifício Sede do CONFEA
    Pedro Paulo de Melo Saraiva, Pedro de Melo Saraiva, Fernando de Magalhães Mendonça, Ricardo Kinai, Claudio Reuss, Noemi Yassue Kayo.
    Brasília, DF.

  • ·         Edifício W305
    Isay Weinfeld. São Paulo, SP.

  • ·         Urbanização do Cantinho do Céu
    Marcos Boldarini e Melissa Matsunaga.