Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Irritação

30 de agosto de 2008 14

A prefeitura municipal de Florianópolis continua executando os serviços de recuperação do asfalto da Beira-mar Norte. As obras provocam irritação e congestionamentos gigantescos na via mais movimentada da Capital.

O sábado foi marcado por mais protestos. Acabou sobrando para a empreiteira.

O balanço feito é muito simples. Em plena campanha, para dar maior visibilidade, a pavimentação pretendia capitalizar votos para o candidato Dário Berger.

O tiro pode estar saindo pela culatra. O candidato do PMDB, ao contrário, pode estar é perdendo apoios pelos transtornos que as obras causam à população.

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (14)

  • Shasça diz: 30 de agosto de 2008

    Aproveitando o ensejo, não quero falar bem ou mal. Apenas quero saber se alguém entendeu o que foi feito no cruzamento, já deveras perigoso, entre a rua-rodovia que desce do morro da Lagoa com a Laurindo Januário, que vai pro Canto da mesma Lagoa. Alguém pode explicar por onde os pedestres podem caminhar sem risco de serem varridos do mapa florianopolitano?! Será que faltava perigo naquela esquina?!

  • Fábio Ramos diz: 30 de agosto de 2008

    É triste. Enquanto o povo pena comendo poeira em ruas esburacadas em bairros como o Rio Vermelho e a Tapera a Prefeitura, em plena campanha eleitoral, fica “torrando” asfalto em ruas e avenidas já calçadas e asfaltadas como a Beira-Mar, Ivo Silveira e ruas do Estreito e Capoeiras. Ps: sou apartidário.

  • carolina diz: 1 de setembro de 2008

    Se é no verão ou no inverno, a noite ou de dia, isso nao interessa nesse momento o que esta pegando é a época, coisa de politicagem barata mesmo concordo com a maioria.

  • Alberto Bragança diz: 1 de setembro de 2008

    Acho que dessa vez, não vinga, infelizmente … Sou PMDB e não troco a camisa, mais pelos comentarios acho que dessa vez não vai, meu voto e do partida, apesar de partido o nosso partido, entendeu??

  • Cristiane Boechat Tavares Pereira diz: 31 de agosto de 2008

    Para mim, não se passam de obras eleitoreiras. Além de causar transtornos, vejo a casca de ovo que são os asfaltos aplicados no Balneário do Estreito, sujando de piche as demais ruas. Passado as eleições, vão se esfarelar e esburacar, como acontece em diversas ruas em São José, pós governo Dário. E a caixa preta do transporte coletivo que o Dário disse que ia abrir e resolver? Já viram tarifa única de três valores? Isso só acontece em Floripa mesmo. Não votei no Dário antes,e faço o mesmo agora.

  • Andrey Arlindo Goulart diz: 31 de agosto de 2008

    Outra coisa desagradavel, é esses buzinassos aos domingos, dia sagrado para descanso que muitas vezes é o unico de muita gente trabalhadora. A justiça eleitoral deveria, como tem feito com muita competência, proibir tambem esse tipo de manifestação eleitoreira, que nada emgrandece uma campanha politica. Não tenho duvidas que com essa lei, restringidos, varios tipos de condutas,a disputa esta bem mais acirada, alem do mais buzinar desnecessáriamente é proibido e da multa segundo o CTB.

  • Fábio Ramos diz: 31 de agosto de 2008

    César, sem falar bem ou mal de fulano ou ciclano o Travessão realmente foi uma obra meritório do atual Prefeito, mas pisa na bola quando asfalta ruas já calçadas, enquanto as outras ruas da Tapera, Rio Vermelho e campeche estão na areia e os moradores comendo pó. A Prefeita Angela Amim abandonou o sul da ilha e espalhou que a ilha tem (?) melhor qualidade de vida e acabou com a cidade. Tinha.

  • Alexandre diz: 31 de agosto de 2008

    Não tenhas duvida que o tiro esta realmente saindo pela culatra, isso é obra para o inverno e para se fazer na madrugada, pois hoje a beira mar é principal e mais movimentada avenida de Florianopolis. Eu e minha familia que estavamos na duvida, ja temos uma certeza, e por eliminatorio o atual prefeito esta fora da lista de possiveis votados. Esse tipo de politicagem barata não cola mais, só faz o eleitor um pouco mais esclarecidos ficar ainda mais desanimado com atual forma de governo.

  • marcelo pereira diz: 1 de setembro de 2008

    Asfalto? Na Mauro Ramos, onde o prefeito-empresário refez o `asfalto`, há vários pontos em que o verdadeiro asfalto, embaixo do tapete, já está aparecendo. Quanto custa o quilômetro do `asfalto` do prefeito Berger? Não está na hora desse valor aparecer? E ser comparado com obras verdadeiras, realizadas em outras cidades?
    Aliás, senhor Berger, em vez de `asfaltar“ a Mauro Ramos e a Beira Mar, que não precisam de recapeamente, que tal asfaltar de verdade as ruas do Sambaqui e Cacupé? Pára, ô!

  • Cesar diz: 31 de agosto de 2008

    Se deixassem para o verâo também falariam mal, se deixasem os buracos arrebentando rodas dos carros também falariam mal. As obras são necessárias e o horário é fora do pico. Existe má vontade da eleite da capital para com este prefeito.
    Quanto às rodovias do interior da Ilha, estão ótimas. O Travessão, do Rio Vermelho, onde moro, foi promessa de campanha da Tia durante 8 anos, o Dário asfaltou nos seus primeiros meses de governo.A ntrada dos Inglesses mudou a cara do bairro. Voto nele.

  • Alexandre diz: 1 de setembro de 2008

    Voltar para o passado não é facil, o jovem garoto não convence o o prefeito profissional, chegou para ele. Depois de 8 anos em São José e mais 4 em floripa a corda começa arrebentar. São José nunca teve polito de expressão,que nos olha-se e defendece, Florianopolis já sim, temos velhas raposas nativas que ficam em cima do governante populista, monitorando seus passos. Para um bom intendedor basta um pingo e no “I” de preferencia. Não é atoa que o homem foi eleito uma vez por cada partido.

  • MELQUIADES M. ELIAS NETO diz: 1 de setembro de 2008

    è uma vergonha essa obr eleitoreira na vespera das eleições municipais. Alias, isso é uma caracteristica do Dário Berger, obras eleitoreiras. No sabado, fiqueim mais de uma hora e meia praticamente parado, no calor, estava indo para o Norte da ilha. Que vergonha, o povo tem que protestar mesmo. Com certeza o tiro vai sair pela culatra e o prefeito vai sair pela janela da prefeitura em janeiro de 2009.

  • marcos diz: 1 de setembro de 2008

    Se esta “camada asfaltica” for igual aquela aplicada em São José, Deus nos livre. Obras em época de campanha, é muito suspeito.

  • Velci Nunes diz: 31 de agosto de 2008

    O senhor prefeito é o rei do engodo!Tomara mesmo que o tiro saia pela culatra…E livre a cidade de mais 4 anos desse populista .