Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ideli e a Escola

30 de janeiro de 2009 8

Nota publicada agora há pouco no Blog do Noblat:

Desconhecida do grande público brasileiro, a escola de samba Protegidos da Princesa, de Florianópolis, está feliz da vida. A entidade recebeu o aval do Ministério da Cultura para captar R$ 2,3 milhões de patrocínio com incentivos fiscais para o desfile de 2009. Uma quantia para fazer inveja a muitas escolas do tradicional carnaval carioca.

Prossegue:

Terceira colocada em 2008 no Rio, a Grande Rio conseguiu um valor menor: R$ 2,1 milhões. Campeã em 2006, a Vila Isabel pediu R$ 1,7 milhão, mas ainda não teve sua proposta aprovada. A popular Estação Primeira de Mangueira, por exemplo, obteve um pouco mais que a Protegidos da Princesa: R$ 2,7 milhões. O site da escola de samba catarinense informa que a “madrinha da Velha Guarda” é a senadora Ideli Salvatti (PT-SC). A petista nega qualquer relação com o projeto aprovado pelo Ministério da Cultura. Por meio da assessoria, informou que “não mistura suas atividades pessoais com sua função pública”. Nenhuma das outras quatro escolas de samba de Florianópolis conseguiu privilégio parecido. A única que teve um projeto aprovado pelo ministério foi a Copa Lord, campeã de 2008. A entidade poderá buscar, com incentivo fiscal, patrocínios que atinjam R$ 590 mil. Ideli garante que a Copa Lord é a sua escola preferida, a do coração, mas desfilou na passarela do samba catarinense em todas, inclusive na Protegidos da Princesa.

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (8)

  • Osni Dutra diz: 30 de janeiro de 2009

    Ela, a Ideli, não mistura carnaval com vida publica é???… Me lembro e amargamente muito bem quando de seu primeiro pronunciamento no senado, que vazio, a Edil cantarolou todo o hino de sua escola da época, a Copa Lord.
    Pede para ir pro mato dona Ideli

  • Laércio Duarte diz: 1 de fevereiro de 2009

    É possível que dona Ideli tenha facilitado as coisas pra Protegidos da Princesa, cujo nome então deveria ser mudado urgentemente. Nesse caso, o Ministério da Cultura é que teria sido negligente, ao situar nossa escola no mesmo nível da Estação Primeira de Mangueira. Todavia, pelos boatos que circulam no morro, o grande despachante em Brasília seria o “japa” genro do Lula, marido da Lurian, secretária municipal de São José. Dizem até que, quando a Ideli quer alguma coisa, pede pra ele.

  • Juliana diz: 31 de janeiro de 2009

    Quem diria que um dia brigou pelos professores , “apanhou” defendendo os professores.Hoje dá dinheiro para a escola de samba , e os professores , senadora Ideli?O voto deles não dá samba?Esse dinheiro poderia muito bem ajudar os desabrigados , serviria para melhorar a infraestrutura do Estado , tão penalizada com as enchentes.Fazer o que?Votaram nela.

  • Adriana diz: 31 de janeiro de 2009

    É os politicos já estão se movimentado e fazendo “CAIXA”, para as futura eleições. Cabe agora ao TCU, investigar e ver onde será aplicado todo esse dinheiro, se realmente será usado na escola de samba e quais os projetos sociais serão beneficiados com esse montante. A senadora Ideli já esteve envolvida com ONGs, com Outdoors e agora dinheiro para Escola de Samba. “OLHA O CAIXA2 AI GENTE” FISCALIZA MINISTÉRIO PÚBLICO.

  • Gilson de Souza diz: 31 de janeiro de 2009

    Essa Ídeli é cara de pau. Admiro-me que a turma que é do contra pessoas de fora sobressairem-se em floripa, não ter comentado nada a respeito.

  • Daniel Santos diz: 30 de janeiro de 2009

    Muito bom esse projeto, pois os traficantes de drogas com trânsito na diretoria da escola poderão ampliar sua cleintela.
    Foi assim que os ex-bicheiros fizeram no Rio de Janeiro e deu no que deu…
    Mas o que importa mesmo são os votos que a senadora terá para governadora…
    Abraços!

  • BRASILEIRO SEM ORGULHO diz: 1 de fevereiro de 2009

    Ideli, Ideli….

  • Carlos Alberto diz: 31 de janeiro de 2009

    Achei interessante aquele Corolla com placa de Santa Catarina (será que é oficial?) estacionado no lugar onde trabalha o Gilmar Knaesel com a placa mGK 4545. Que coincidência, as iniciais são as mesmas do nome dele. O 4545 também deve ser coincidência. Um amigo meu, se visse isso, usaria os números pra jogar no bicho!