Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Projetos polêmicos

17 de fevereiro de 2009 14

Dois projetos polêmicos foram aprovados pela Câmara de Florianópolis.

O primeiro doa à prefeitura da Capital uma área de 3,5 mil metros quadrados para o Sapiens Park, na Cachoeira do Bom Jesus, no norte da Ilha. Objetivo: instalação de uma estação de transbordo. A oposição teme que a área seja transformada em novo lixão.

O segundo projeto muda o Plano Diretor para autorizar aumento do gabarito visando a construção de duas novas torres no Centro Administrativo do Governo.

Líderes comunitários da região entregaram um documento pedindo uma audiência pública antes da aprovação da alteração.

Ficou assim: de um lado, o prefeito Dário Berger (PMDB) quer moratória da construção de civil; de outro, aumenta o gabarito.

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (14)

  • Luiz Saulo Lückmann diz: 17 de fevereiro de 2009

    Para quê mesmo foi aprovado o plano diretor da cidade? Ah sim, ele serve para ser mudado quando alguém apresenta um projeto que não está de acordo com o que está lá determinado. Não seria mais confortável para este bando de salafrários não ter um plano diretor? Vereadores: a gente elege e eles fazem o que o “dinheiro” manda.

  • robertopolli diz: 18 de fevereiro de 2009

    Moacir, meu caro.

    A mudança de gabarito em plena reserva dos carijós, que não possui qualquer infra estrutura para a construção de duas torres é pura teimosia do Governador, que quer por que quer, construir alí as ditas.
    Não tem a mínima condição, será o fim da SC-401. Imagine a densidade do local, vai explodir!!!O que me surpreende é a UFECO que já entrou com várias Adins contra as mudanças de zoneamento, inclusive à do novo estádio do Figueira, se calar frente a essa barbárie.
    Rob. Polli

  • Carue diz: 18 de fevereiro de 2009

    Projeto então já estava aprovado? como assim.. antes da LEI?.. como sempre..bastava só comprar uns nobres para votar..o q já foi feito..inclusive deve estar no custo do projeto apresentado…

  • Adronei Milani diz: 19 de fevereiro de 2009

    Basta!!O senhor prefeito Dario Berguer e seus fieis vereadores que estão se achando ao passar por cima do PDP e as diretrizes que foram aprovadas em AUDIÊNCIAS PÚBLICAS ano passado. Esses politiqueiros proficionais devem ser urgentemente denunciado ao Ministerio Público.

  • LF diz: 17 de fevereiro de 2009

    O projeto das torres já está feito pela PROSUL, a revelia da possibilidade de se permitir a construção de 18 andares (em terreno de propriedade de terceiros)!
    Profissionais do DEINFRA deram parecer contrário ao preço do projeto e fora voz vencida pelo atual secretário da Fazenda, que os “peitou” publicamente!
    Busque a ata e verás como funciona esta governo!

  • Carlos diz: 19 de fevereiro de 2009

    Qualquer projeto começa pelo levantamento das necessidades.
    As perguntas que eu faço são primárias:
    1- Quais serviços serão instalados nessas torres e quantos funcionários serão transferidos para lá ?
    2- O gabarito atual, como daquele Centro Empresarial ao lado do Centro Administrativo não seria suficiente ?
    3- Com a Descentralização os serviços não seriam transferidos para as Secretarias Regionais reduzindo as atividades na Capital ?

  • BRASILEIRO SEM ORGULHO diz: 19 de fevereiro de 2009

    O Sapiens, fica legal lá na Palhoça. O Estudo de Impacto Ambiental, do Sapiens, relata que a região norte (onde está sendo instalado), não possui água, esgoto nem rodovia, pois teremos aproximadamente 2000 pessoas trabalhando e/ou residindo no Sapiens, (mas eles querem trabalhar e morar na praia). Considero uma controvérsia, de Sapiens somente o nome, poderia ser HOMINÍDEOS PARK .

  • Flavia Fonseca diz: 19 de fevereiro de 2009

    Prezado Colunista,
    Quanto mais eu leio sobre a Camara Municipal mais sinto que votamos errado.
    Nao desejo nem dizer o nome de quem votei, ele esta envergonhando a cidade, Deveria renunciar e pedir desculpas ao povo. o Senador Vasconcelos tem razao com relaçao ao PMDB.

  • Velci Nunes diz: 18 de fevereiro de 2009

    CANALHAS!!!

  • Velci Nunes diz: 18 de fevereiro de 2009

    Para os amigo$$$ tudo… Para os inimigos a lei…

  • Emma Becker diz: 17 de fevereiro de 2009

    Torres no Centro Administrativo? Com que infra-estrutura? Com que saneamento? Com que serviços de apoio aos servidores que trabalham lá? E estacionamento? Vamos todos sair de helicóptero como Sua Excelência?

  • Tatiana diz: 18 de fevereiro de 2009

    Falta de educação e respeito para com os cidadãos e cidadãs de nossa cidade, esse deveria ser o nome do que aconteceu onde na câmara dos vereadores. O vereador Marcio de Souza do PT por ex. saiu antes de começar , não deveria ele estar lá para dever o plano diretor? O vereador Ricardo Camargo do PCdoB começou a falar e alguns vereadores se retiraram , que educação é essa ? Que valores estamos vivendo em nossa cidade? A que interesse ? Da população? Ou melhor de que população? Pensem na cidade

  • helena hoeller diz: 19 de fevereiro de 2009

    é Flavia ,que pena que tu viu com um certo atraso o teu erro. Falta de avisos e denúncias não faltaram para abrir os olhos desse povo. Esse prefeito ainda está em clima de reeleição, pasmo, perguntando como as pessoas realmente acreditaram nele!? as vezes é mais fácil não querer aceitar a realidade e acreditar no estranho.

  • BRASILEIRO SEM ORGULHO diz: 3 de março de 2009

    ah, este projeto foi aprovado na época da Angela Amim.