Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A Aprovação

31 de março de 2009 4

A sessão da Assembleia que aprovou o Código Ambiental contou com 38 deputados. Estavam ausentes Genésio Goulart, do PMDB, e José Natal, do PSDB.

As sete abstenções foram dos seis deputados do PT e do Sargento Soares, do PDT.

O PT absteve-se para manter a unidade.

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (4)

  • Luiz Saulo Lückmann diz: 31 de março de 2009

    A abstenção é o voto dos covardes.

  • Carlos Augusto diz: 31 de março de 2009

    Estavam ausentes? Estar é se fazer presente, não seria melhor dizer que não compareceram?

  • Milena Miziara diz: 1 de abril de 2009

    Oi Moacir!
    Faço assessoria de imprensa para a Fundação O Boticário e acompanhos a discussão e aprovação do Código Ambiental. E gostaria de comentar que O Cídigo ambiental aprovado pela Assembléia, que reduz a área de preservação permanente ao longo de rios e cursos d`água vai à contramão de todos os esforços mundiais em favor da conservação da natureza e da diminuição dos impactos das mudanças climáticas.

  • Renato Miranda diz: 1 de abril de 2009

    Bom dia,
    A aprovação desse código revela a total falta de respeito dos parlamentares com a população. Foi totalmente político. Deveria ser respeitado um mínimo de critério técnico.
    Por exemplo, saberia algum ilustre parlamentar, responder em quais critérios técnicos basearam-se para diminuir a distância mínima dos rios de 30m para 5m (pequena propriedades) e 10m (grande propriedades) para edificações?
    E quando houver cheias? Ou isso nunca acontece em nosso estado?
    Pensaram nisso ou só nos votos?