Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Avaliação decepcionante

30 de abril de 2009 3

Os dados revelados pelo Exame Nacional do Ensino Médio deixa a educação de Santa Catarina numa situação muito ruim em relação ao resto do Brasil. O primeiro item está a merecer estudo critério do das autoridades: 60% dos estudantes catarinenses estão abaixo da média nacional.  Ficaram abaixo de 50 pontos.  É o que mostra a principal matéria da edição impressa do DC desta quinta-feira (leia aqui).

Entre as 20 melhores escolas médias de Santa Catarina, apenas uma é pública e estadual: o Colégio Feliciano Nunes Pires, da Polícia Militar do Estado, que funciona na Escola de Formação de Oficiais da PM, na Trindade, Florianópolis. As outras 19 são particulares.

Em primeiro lugar desponta o Colégio Autonomia, de Itacorubi, que oferece métodos modernos de ensino.

Na relação das 10 melhores escolas públicas, quatro são estaduais e seis federais, prova de que os Centros de Federais de Educação, as antigas escolas industriais, continuam oferecendo ensino de qualidade.

No geral, a posição catarinense na avaliação do Enem é decepcionante.

>> Clique no infográfico abaixo e confira o ranking:

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (3)

  • Joanildo diz: 30 de abril de 2009

    Continuando o “post” anterior… Esse governo (LHS/Paulo Bauer) instituiu o avanço progressivo. Porém, para não criar mais um escândalo, “jogou” na fórmula de cálculo da média final essa situação. Peça para o CEE esse novo parecer.
    Abraços.

  • Walmor diz: 30 de abril de 2009

    Pois é mas não vemos nenhuma cobrança do “operativo” Secretário da Educação de SC, porque a mídia prefere só notinhas sobre entrega e dicionários, mas sobre a qualidade do ensino nada. Ficam turbinando medidas paleativas tomadas em ano pré eleitoral, apenas de olho nas eleições, e esquecem do principal que é a qualidade do ensino.

  • Joanildo diz: 30 de abril de 2009

    Caro Moacir. Dois pontos importantes. Primeiro: O primeiro colocado no Brasil, é um colégio extremamente tradicional e não emprega Métodos MODERNOS. Segundo: O CEE mandou para as escolas estaduais nova fórmula para a AVALIAÇÃO. Segundo essa NOVA FORMULA, possibilita aos estudantes de escolas públicas serem aprovados com médias anuais inferiores a 3 pontos. Mas depois a culpa é sempre das escolas e dos professores. Nunca desse desgoverno que faz de tudo para desmoralizar a escola pública.