Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

BR-101: a retenção

30 de setembro de 2009 1

Notícia mais tranquilizadora sobre a BR-101 vem de Brasília. Depois de ler os relatórios do Tribunal de Contas da União, a senadora Ideli Salvatti constatou que a “retenção” determinada sobre obras de duplicação da BR-101 sul referem-se à empreiteira Queirós Galvão, que tem os projetos mais adiantados e trechos concluídos. E a retenção refere-se a cerca de 4% do total. Quer dizer, segundo a senadora, não há riscos sobre a duplicação.

Melhor assim. A outra notícia positiva, constante no relatório, é a ausência de qualquer referência a Santa Catarina na lista das 41 paradas pelo TCU por irregularidades.

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Walmor diz: 30 de setembro de 2009

    Quando os administradores públicos do país vão fazer obras que não sejam interrompidas por irregularidades apontadas pelos Tribunais de Contas. O que está faltando neste país é auditor. Deveria haver em todos os órgãos que executam obras e serviços, estrutura de auditoria permanente, para se antecipar aos fatos, pois quando se descobre os problemas, o rombo já está grande e as obras e serviços adiantados, que se paralizados trarão grandes prejuízos, para nós contribuintes é claro.