Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mais Novembrada

30 de novembro de 2009 Comentários desativados

Do jornalista Manoel Timóteo de Oliveira, via e-mail, sobre a Novembrada, há 30 anos:

“Caro Amigo Moacir Pereira

A tua coluna e o blog de hoje sobre a novembrada foram fenomenais. Participei como colaborador da antiga Agência Nacional, foi a última viagem da equipe da AN do Rio de Janeiro já que o Presidente Figueiredo estava extinguindo a Agência e criando a EBN – Empresa Brasileira de Noticias. A equipe de reportagem, som, áudio,telecomunicações, telefoto era chefiada pelo jornalista Arnaldo Fontes. Guardo comigo a credencial da Presidência da República. Fui escalado, junto com o fotógrafo Paulo Dutra para cobrir a recepção no Aeroporto Hercílio Luz, além de colocar os exemplares dos jornais diários no avião presidencial. Estava comigo na viatura da AN, Sérgio da Costa Ramos, que na época era editor do Jornal da Semana, que fez uma das melhores matérias do episódio.

No final da tarde quase cheguei junto com a comitiva no aeroporto para colocar os jornais no avião e cobrir a partida da comitiva de Brasília. Um oficial do gabinete militar da presidência da República quase me impediu, eu com uma quantidade de jornais, me identifiquei e ele me disse “Achas que o pessoal ainda vai ler os seus jornais.” Fui amparado pelo Secretário da Imprensa, Marco Antônio Kraemer, catarinense de nascimento, que depois assumiu a presidência da EBN. Era um clima tenso no aeroporto, ninguém poderia mais noticiar e os fotógrafos eram impedidos de trabalhar. Assistimos de perto e com reserva todos os acontecimentos.

Causo

O pessoal de imprensa credenciado pela Presidência devia atuar de gravata. O Paulo Dutra esqueceu da gravata . O Salim Miguel, Chefe da Sucursal da AN não gosta de gravata. Ficou na retaguarda como redator para redigir as nossas informações e do pessoal do Rio. O Paulo Dutra levou uma bronca e teve que comprar uma gravata na alfataria do Abrann, na rua dos Ilhéus, Desapareceu com fotos e tudo porque também trabalhava para o jornal da semana e ainda bem que veio um fotógrafo do Rio, da Presidência para nos ajudar.

Manoel Timoteo de Oliveira.”

Ouça o comentário de 1979 de Moacir Pereira sobre a Novembrada

Postado por Moacir Pereira

Comentários

comments

Não é possível comentar.